PROPAGANDA

Seleção "Do Rico Ao Pobre" da Taça Paraná de 2018


A edição de número 55 da Taça Paraná terminou na primeira semana de julho com a final entre Iguaçu e Atalanta, em que o escrete alvinegro consagrou-se como campeão depois de 45 anos. O certame deste ano teve quase 24 jogos dentre as 5 equipes participantes e dezenas de jogadores. Dentre eles, os integrantes do site Do Rico ao Pobre montaram o escrete com os principais jogadores da competição.


#SELEÇÃO DRAP
Por @DoRicoaoPobre

O certame iniciou em 8 de abril e fechou em 8 de julho. Ou seja, três meses de competição. Neste ano, o sistema foi similar ao do ano anterior, mas em quantidade de escrete. Os clubes se enfrentaram em turno/returno para classificar os quatro primeiros e garantir a fase semifinal. Iguaçu e Atalanta disputaram até a última rodada quem ficaria na ponta na primeira fase. Nesta disputa, o alvinegro levou a melhor e garantiu o primeiro lugar. Disputa que encaminhou até a decisão do certame, já que na fase semifinal, Iguaçu derrotou o Jatobá e o Atalanta o Aprovale. No confronto final entre as duas equipes o equilíbrio apareceu novamente e a decisão foi finalizada nas penalidades, que terminou com o Iguaçu sendo campeão.

Devido a isso, a equipe do Iguaçu foi quem teve o maior número de jogadores na seleção DRAP, seguida de Atalanta. Confiram a seleção dos melhores jogadores da Taça Paraná de 2018 criada pelo site Do Rico ao Pobre, com a formação de 4-1-3-2.

O time do Iguaçu foi representando com o goleiro Filipe; o lateral direito Tonton, o zagueiro Emerson e os meias Léo Gago e Hideo. Depois do alvinegro, com quatro representantes, o Atalanta teve o zagueiro Jair, o lateral esquerdo Marabá, o meia campista Magú e o atacante Romarinho. Representando o escrete da cidade de Araucária, Jatobá, o meia Matheusinho; e o atacante e artilheiro da competição, Edimar, da Aprovale, representante da cidade de Guarapuava.

A equipe DRAP também escolheu o meia do Jatobá, Matheusinho, como revelação do campeonato. Já o craque do campeonato, o zagueiro Emerson do Iguaçu. O treinador da seleção foi Luisinho Neto.



Concorda? Discorda? Trocaria alguém? Mudaria a tática? Solte a sua voz nos comentários.
drap
Tecnologia do Blogger.