PROPAGANDA

2013: O ano para o Atlético não esquecer


A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou, na sexta-feira passada (13), o ranking nacional dos clubes de 2013. Dentre as 221 equipes do país, constam apenas nove paranaenses. Destaque para o “trio de ferro” que, junto ao “intruso da capital” (J.Malucelli), ficaram entre as melhores colocadas no estado do Paraná em uma análise conjunta dos últimos cinco anos.

#CLUBES
Por Rafael Buiar

O ano de 2013 não poderia terminar de outra forma para a equipe Rubro negra. Depois de conquistar o acesso da Série B no ano passado o Atlético foi a equipe paranaense mais bem colocada no ranking da CBF, subindo três posições em relação ao ano passado. Ao todo, o Furacão somou 12.952 pontos, 28 atrás do Santos e 272 a frente da equipe do Palmeiras, que neste ano conquistou o título da Série B de 2013. Os números atleticanos foram resultado da boa campanha no Campeonato Brasileiro e o vice campeonato da Copa do Brasil. Já o seu rival, o Coritiba, perdeu três posições em relação ao ano passado. Atualmente, o clube Alviverde está na 14ª colocação, com 11,492 pontos. Pontuação esta que deixa o clube atrás do Goiás e a frente do campeão da Libertadores de 2013, Atlético-MG.

Giuliano Gomes/Folhapress
Diferente da dupla Atletiba, o Paraná Clube se manteve na mesma posição que o do ano anterior, a 27ª, em que soma 5,393 pontos. Com isso, o Tricolor da vila ficou a frente do América-MG com uma diferença de 7 pontos, já o 26º, que é o Criciúma está a frente com 345 pontos de diferença do time da Vila Capanema. Um pouco distante do "trio de ferro" encontra-se outra equipe de Curitiba, considerado pelo Do Rico ao Pobre como o "intruso da capital", J. Malucelli, que está na 80ª com a pontuação de 765 pontos, quatro colocações a menos que 2012.

A equipe do interior paranaense mais bem colocada é a do Cianorte, que está na 83ª com 706 pontos, um a menos que o Comercial do Piauí e dois a mais que o Uberaba de Minas Gerais. Esta pontuação foi gerada através das colocações do Brasileirão da Série D de 2011, que ficou no 14° lugar e de 2012 , no 5° lugar. Na sequência, o Operário na 104ª com 489 pontos e o Londrina na 107ª com 30 a menos que a equipe dos Campos Gerais. O Tubarão foi a equipe do Paraná que teve melhor desempenho em relação ao Ranking da CBF, subiu 34 posições. Uma a mais que o Arapongas, que subiu 33 e ocupa a 112ª com 459 pontos.

Roberto Custódio / Jornal de Londrina
Por fim, outra equipe dos Campos Gerais, o Iraty, que não participou em nenhuma competição nacional este ano, mas com o retrospectos das últimas temporadas ainda está dentre os 221 melhores times do Brasil ficando na 142ª. com 258 pontos. Confira na íntegra todo o ranking da CBF.

PONTOS CORRIDOS
Além de ser o primeiro dos paranaenses no ranking da CBF, o Furacão é o líder do estado no total de pontos conquistados no novo sistema do Campeonato Brasileiro - pontos corridos. Com 18 vitórias e 10 empates na competição deste ano, o Atlético chegou a 568 pontos e ocupou a nona colocação no ranking - 20 pontos atrás do Tricolor gaúcho. O ataque do Furacão marcou 581 gols, enquanto a defesa sofreu 559.  

Diferente da equipe rubro negra, o Coritiba somou 435 pontos e está na 15ª colocação. O time alviverde disputou 324 jogos, venceu 117, empatou 84 e perdeu 123 vezes em 8 participações, duas a menos que o rival. O ataque coxa branca comemorou 426 vezes, enquanto a defesa sofreu  420 gols. O Paraná Clube, que está desde 2007 fora da elite do Brasileirão, soma 281 pontos e está na 19ª colocação. Nos cinco campeonatos disputados, o Tricolor da Vila conquistou 79 vitórias, 44 empates e 87 derrotas, com 296 gol ao seu favor e 312 contra. Apenas 39 equipes estão nesta classificação, confira a tabela completa.
  

2 comentários:

  1. Esse ano o furação realmente sobrou, confesso que não esperava tanto, talvez nada além do que lutar contra o rebaixamento no ano seguinte ao acesso, além de continuar sem sua casa por conta das obras na Arena da Baixada. Decepção grande foi o Coritiba mesmo antes da estreia no nacional a expectativa era grande com a chegada do Alex, começou promissor e esteve onde eu inicialmente acreditei que estaria o Atlético-PR.

    ResponderExcluir
  2. Quanto ao Paraná foi uma grata surpresa vê-lo forte na Série B, cheguei a acreditar em seu acesso, especialmente depois do excelente primeiro turno que fez, mas depois os tropeços vieram por conta dos problemas financeiros. Meu Santinha esta lá atrás nessa lista, os anos de Série C e D quase no mesmo momento de criação da lista nos deixaram muito atrás, apenas agora começamos a reagir.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.