PROPAGANDA

[ESPECIAL] Dupla no comando ajuda o Vila Sandra alcançar o melhor desempenho da história do clube na Série A


Após sequências de acessos e rebaixamento nos últimos anos, Vila Sandra se diferenciou em relação aos adversários ficando com dois técnicos na equipe. Deu resultado, pois o alvinegro da Vila Sandra faturou bons resultados na última temporada e teve o melhor desempenho da história na classificação final da Série A da Suburbana de 2019. Mas Altevir Salles e Marcos Franco querem algo a mais para o Vila Sandra na próxima temporada.

#AMADOR CURITIBA
Por JoaoEduardoP_

Dois treinadores comandando uma equipe é uma prática muito comum e alguns esportes, como no Futebol Americano. No nosso futebol essa atitude é mais inusitada, mas ela ocorre em algumas equipes de categorias de base e até no profissional, mas em times amadores o fato não é tão comum. Devido a essa ação, em que teve dois comandantes, o Vila Sandra foi um dos destaques da Suburbana 2019. Marcos Alberto Franco – Marquinhos – e Altevir Sales mostraram um trabalho conjunto de muito sucesso e promissor à frente do Vila.


Após sequência de acessos e rebaixamento a equipe do Vila Sandra mostrou na última temporada que pouco a pouco está buscando se firmar na elite da Suburbana e conquistar seu espaço entre os gigantes da cidade. Em 2016, Marcos assumiu como técnico a equipe para disputa da Série B. Naquele ano, a equipe levou o caneco com 12 vitórias, sete empates e apenas uma derrota. No ano seguinte a equipe acabou não conseguido a manutenção e terminou o certame na zona do descenso. Em 2018, Marcos voltou ao comando da equipe, após se desligar no início da Suburbana passada, e conduziu a equipe a novamente ao título da Série B.

O ano de 2019 começou com um breve desligamento do treinador Marcos Franco, mas durante a Taça Paraná o comandante retornou ao alvinegro. Mas dessa vez Marquinhos não foi sozinho comandar a prancheta alvinegra. A equipe técnica ficou completa com a chegada do experiente Altevir Sales, que havia se desligado da equipe do Novo Mundo. “Quando o Novo Mundo anunciou mudanças para disputa da competição e o professor Altevir saiu da equipe, ele me avisou. Ele me mandou mensagem às 18h contando, acho que às 18h02 ele já estava no Vila Sandra”, completa Marcos Franco, que conta com humor a chegada de um dos comandantes do Vila Sandra. A dupla já havia trabalhado junto em outras duas oportunidades no campeonato municipal de Campo Largo.


Com objetivo inicial de não cair a equipe começou o campeonato com um bom jogo, mas foi derrotado pelo Triste por 2 a 1. A primeira vitória aconteceu na 3ª rodada diante do Santa Quitéria fora de casa por 2 a 1, numa virada com dois gols do atacante Fernandinho. “Ali a equipe firmou e mostrou que poderia ir longe no campeonato e não só brigar para não cair”, comenta Marquinhos sobre a primeira vitória e a trajetória da equipe. O Vila Sandra terminou a 1ª fase da competição em 7º colocado com 17 pontos, cinco vitórias, dois empates e quatro derrotas.

O trabalho no comando é conjunto, mas os treinadores dividem algumas vezes as funções. “Nós temos alguns pontos de vistas diferentes, o Marcos cuida mais do ataque, eu por ser um ex-goleiro sempre dei mais atenção para a defesa. Mas sempre chegamos ao denominador comum pensando no melhor da equipe”, comenta o ex-jogador e técnico Altevir sobre o convívio com Marquinhos no comando do Vila Sandra.

Altevir é um dos rostos mais conhecidos da Suburbana, como goleiro atuou no Coritiba, Londrina, Botafogo de Ribeirão Preto, mas o time que mais teve sucesso foi no Athletico, clube qual conseguiu a marca de 1.066 minutos sem tomar gols, sendo a 17ª maior marca reconhecida pela FIFA.


Marquinhos também comenta mais sobre a temporada positiva e sobre o futuro na equipe. “A nossa vitória na 10ª rodada diante do Pilarzinho foi muito importante, pois ali batemos a equipe que seria campeã e isso mostra que estamos no caminho certo. Nosso pensamento é que esse ano seja de frutos melhores ainda, devagar e organizadamente vamos dando momentos de glórias ao Vila Sandra”, finaliza o treinador Marcos Franco.

Com o fim da temporada de 2019, Marcos e Altevir entraram na história do Vila Sandra com a melhor campanha da equipe na Suburbana. A equipe parou nas quartas de finais da competição ao ser derrotado pelo Santa Quitéria, após um empate em casa por 2 a 2 na ida e uma dolorosa derrota fora por 2 a 0, no Estádio Maurício Fruet. Ambos estão confiantes para a próxima temporada, que trabalham com ideia da manutenção para que os bons resultados virem rotina da equipe. “Nesse momento a saúde é prioridade, mas acreditamos que o futebol volte ainda esse ano, e nosso objetivo é novamente buscar a classificação e aos poucos ir se acostumando com as finais da Suburbana” relata Altevir.

APOIE O PROJETO DRAP - Queremos dar voz para o futebol marginalizado e mostrar a transformação que este esporte é capaz, em diversas atmosferas – amador, base e feminino. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse; - http://catarse.me/drap

No comments

Powered by Blogger.