PROPAGANDA

[ESPECIAL] Iguaçu tem o ataque mais positivo somados os últimos 8 anos, mas a melhor média é do Vila Sandra

Foto: Gabriel Sawaf
O alvinegro de Santa Felicidade foi a equipe que marcou a maior quantidade de gols somados os últimos oito anos - 2012 e 2019; ficando com nove à frente do Vila Sandra, que marcou 352 gols. Mas, em relação a quantidade de jogos, o alvinegro da Vila Sandra é quem teve a melhor média, com um pouco mais de dois gols por jogo. Confira o levantamento do portal Do Rico ao Pobre sobre times que mais marcaram gols nos últimos oito anos.


#AMADOR CURITIBA
Por @rafaelbuiar

O ataque do Iguaçu foi o mais positivo somados os últimos 8 anos dos campeonatos com o selo da Federação Paranaense de Futebol (FPF). Apenas no ano de 2016, o Galo alvinegro de Santa Felicidade não ficou entre os 10 ataques mais positivo da temporada. Nestes oito anos foram registrados 6520 gols, com as 40 equipes que marcaram presença nas competições - Séries A e B, Taça Paraná e Copinha. Dentre as 40 equipes que disputaram os certames nos últimos oito anos, apenas 31 escretes seguem ativos. Enquanto que Flamengo, Caxias, Umbará, Rio Negro, Renovicente, Arbesc, Diamante, Olympique e Boqueirão estão licenciadas ou não existem mais. Dentre essas esquipes, apenas Renovicente (129) e Caxias (113) ultrapassaram a casa dos 100 gols.

A partir disso, o portal DRAP elaborou um levantamento de todas as competições para pontuar alguns quesitos em relação aos gols/temporada, como o ataque mais positivo, a melhor média, quem mais disputou jogos e a zaga menos vazada durante os últimos anos.

TOP 10 - ATAQUES MAIS POSITIVOS
No primeiro ponto analisado, o ataque mais positivo, destacamos as 10 primeiras equipes do ranking de gols. Atualmente, apenas quatro escretes estão na Série B da Suburbana e somente o Palmeirinha não disputou todos os anos, já que em 2012 e 2013 a equipe do Tatuquara ainda não era filiada junto à FPF. Dentre as equipes que estão no top 10 dos ataques mais positivos, apenas Bangú, em 2015, e Uberlândia, em 2012, ficaram na zona vermelha – ataque menos positivo na temporada. Porém, a regularidade nas outras temporadas fez com que os escretes ficassem entre os melhores. Destaque para os anos de 2015 (Uberlândia) e 2018 (Bangú) em que ambas as equipes marcaram 55 gols no ano. Confira o top 10 das equipes mais positivas no ataque dos últimos oito anos no futebol amador de Curitiba. 

APERTE NA IMAGEM PARA AMPLIAR
TOP 10 - MÉDIA DE GOLS
Por outro lado, o escrete do Iguaçu, que disputou 189 embates nos últimos anos – time com a maior quantidade de jogos somadas as oito temporadas analisadas; não teve média de gols superior que sete equipes, ficando em oitavo no ranking referente a média de gols. Neste quesito, quem se deu melhor foi outro alvinegro, o da Vila Sandra, que atingiu a marca de um pouco mais de dois gols por partida. Destaques para as temporadas de 2016 e 2018, em que foram marcados 80 e 84 gols respectivamente. O auriverde do Grêmio Ipiranga vem logo na cola, com uma diferença de 0,2. No Top 10, Fortaleza e Combate Barreirinha ingressaram. Enquanto que Uberlândia e Vila Fanny caíram ao comparar com o ranking da quantidade de gols. As equipes de Palmeirinha, Combate Barreirinha e Fortaleza jogaram menos temporadas em relação as demais equipes. 

APERTE NA IMAGEM PARA AMPLIAR
TOP 10 - ATAQUE MAIS POSITIVOS POR TEMPORADA
O Vila Sandra que marcou 352 gols, somado os últimos oito anos, teve dois anos de gala quando falamos em ataques mais positivos em uma temporada. Nos anos de 2016 e 2018, quando o alvinegro da zona oeste de Curitiba consagrou-se como o campeão da Série B da Suburbana, conseguiu também o recorde de gols em uma temporada com a marca de 84 gols, em 2018. A segunda posição também é do alvinegro, com 80 gols, em 2016; - Zé Ricardo e Adriano marcaram mais da metade destes gols – 48 no total, sendo que Zé Ricardo marcou 26 e Adriano 22. Além disso, poucas equipes atingiram a casa dos 50 gols/temporada. O tricolor de aço foi quem chegou mais perto nesta marca nos anos de 2014 e 2015, com 78 e 72 gols, respectivamente.

APERTE NA IMAGEM PARA AMPLIAR
Em um contexto geral, a temporada de 2018 foi a que teve o maior número de gols, com o total de 920. As equipes que mais disputaram jogos nos últimos anos foram Iguaçu (189), Capão Raso (168), Vila Sandra e Uberlândia (159) e Grêmio Ipiranga (150). O recorde em uma temporada foi o número de 29 partidas, com Uberlândia (2016) e Iguaçu (2017 e 2018) atingindo esta marca. Por outro lado, o ano que teve mais embates foi em 2014, quando foi criada a Copa de Futebol Amador da Capital. Nesta temporada foi registrado 875 gols, sendo essa a terceira maior marca entre os últimos oito anos. A segunda marca em relação a quantidade de gols foi o ano de 2016, que teve 880, 40 gols a menos que em 2018.

- Não foram contabilizados a Taça Paraná de 2012 e os Sul-Brasileiros.

APOIE O PROJETO DRAP - Queremos dar voz para o futebol marginalizado e mostrar a transformação que este esporte é capaz, em diversas atmosferas – amador, base e feminino. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse; - http://catarse.me/drap

No comments

Powered by Blogger.