PROPAGANDA

Pato - Série Heróis do Subúrbio [9]


A série Heróis do Subúrbio já estreou na Liga de Futebol Amador de Ponta Grossa. Para a edição número #9, a equipe Drap escolheu o centroavante que já conquistou o certame ponta-grossense em três oportunidades. A trajetória de Fábio Mysczak no futebol amador local começou há 15 anos com a camisa do extinto Grêmio Kurashiki. Com o apelido “Pato”, o goleador fez história nos gramados locais e hoje comanda o setor ofensivo do Ajax, representado a região do Jardim Maracanã. Por isso, o site Do Rico ao Pobre decidiu contar um pouco da história do atacante Pato - um Herói do Subúrbio.

#ENTREVISTAS
Por Allyson Santos

No fim de 2019, Pato recebeu uma proposta ousada do Ajax Jardim Maracanã, uma jovem equipe no cenário amador de Ponta Grossa. Desde então, o camisa 9 se tornou a grande esperança de gols do alvirrubro nesta temporada. A experiência de quem já conquistou o tricampeonato da Liga vem sendo fundamental para as pretensões do Ajax, que luta por uma vaga nas fases decisivas do certame.

Natural do município de Pato Branco, Fábio não demorou muito para ostentar o apelido quando veio para a região do Campos Gerais em 2005. Logo no primeiro ano de amador, o jovem atacante teve de mostrar serviço com a camisa do Grêmio Kurashiki. Com dois treinos, Pato logo foi integrado ao time titular e foi peça importante da equipe naquele ano.

Os títulos vieram depois. Com a camisa da Arcampi, Pato foi campeão em cima do América dentro do Estádio Miró de Freitas em 2008. Na época, o vencedor da Liga municipal ainda disputava a Taça Paraná. Pelo certame estadual, a Arcampi chegou até as semifinais em uma das melhores campanhas recentes entre as equipes de Ponta Grossa. As outras duas taças que marcam presença na galeria de troféus do centroavante foram conquistadas pelo América (2012) e pelo Carambeí (2013).

Com 35 anos de idade, Pato garante que ainda tem fôlego para se dedicar ao máximo no futebol e espera incentivar outros garotos da cidade a participar ativamente do esporte e fortalecer a Liga cada vez mais. Além das histórias dentro das quatro linhas, o centroavante também faz uma análise do atual cenário amador de Ponta Grossa. Confira na íntegra a entrevista:



ATENÇÃO: O site Do Rico ao Pobre conta com VOCÊ para continuar essa série! Deixe nos comentários a sua sugestão. O indicado pode ser atleta ou já ter pendurado as chuteiras. E aí? Quem merece estar nesse grupo seleto?

EDIÇÕES ANTERIORES:
- Paulo Sérgio – [8]

APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdo extra e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

No comments

Powered by Blogger.