PROPAGANDA

[BASE] Coritiba estreia em 2020 com campanha razoável na Copinha


O Coritiba teve pouco sucesso nas competições de base em 2019. Sua melhor campanha foi no Campeonato Paranaense sub-19, onde foi derrotado pelo Londrina na final. Já no Campeonato Brasileiro sub-20, mesma categoria que disputa a Copa São Paulo de Futebol Júnior, o Coxa foi eliminado ainda na primeira fase ao ficar na 14ª colocação entre as vinte equipes participantes. Assim, a comissão técnica liderada pelo treinador Ricardo Quandt teve na Copinha uma ótima oportunidade para começar os trabalhos no ano de 2020.


#BASE
Por Eduardo Werner

O Coritba foi sorteado no Grupo 32 da competição, cuja sede foi o Estádio do Canindé na capital paulista. Os adversários da equipe curitibana na primeira fase foram a Portuguesa-SP, o São Bento-SP e o CSA-AL, o grupo mais difícil enfrentado pelo Coxa nos últimos anos na competição, sem nenhum rival pouco conhecido no futebol brasileiro. O elenco alviverde foi composto basicamente por jogadores que já integravam as categorias de base do clube no ano anterior, com destaque para Guilherme Biro (50 jogos), Natanael (49 jogos), Ângelo (41 jogos), Guilherme Pires (37 jogos) e Mateus Moura (36 jogos), os mais utilizados em 2019.

A estreia foi no dia 4 de janeiro contra a equipe do CSA-AL no Canindé. O grande nome do Coritiba na primeira rodada foi o meio-campista Paulo Mendes, que retornou de grave lesão e não disputava uma partida a mais de dois anos. Ele abriu o placar na primeira etapa com um golaço após um lindo domínio aproveitando lançamento de Yuri Ferreira e depois deu uma assistência para Daniel Mendes ampliar o placar no segundo tempo. Além disso, o meia ainda acertou um belo chute no travessão quando a vantagem no placar já estava construída. Em partida que teve transmissão na TV a cabo brasileira, o Coritiba apresentou um bom futebol e convenceu a torcida com uma vitória por 2 a 0 sobre o rival alagoano.

O Alviverde voltou a entrar em campo três dias depois contra a Portuguesa-SP, dona da casa, que havia perdido para o São Bento na rodada de estreia. Ricardo Quandt repetiu a escalação da partida anterior e a equipe conseguiu a segunda vitória na competição. O triunfo por 1 a 0 aconteceu após gol de Daniel Mendes, que subiu alto e cabeceou bem, aproveitando escanteio cobrado pelo lateral Ângelo. Com esse resultado, o Coritiba garantiu a classificação para o mata-mata da Copinha com uma rodada de antecedência.


Com a classificação já assegurada, Ricardo Quandt poupou alguns jogadores que foram titulares nas duas primeiras partidas no confronto contra o São Bento-SP na terceira rodada da fase de grupos. Um empate garantia o primeiro lugar da chave, porém a equipe da cidade de Sorocaba-SP venceu por 2 a 0 e terminou a primeira fase na liderança com 7 pontos. O Coxa terminou na 2ª colocação, com 6 pontos conquistados após duas vitórias e uma derrota. O adversário da faz seguinte final foi o Ceará, que terminou o Grupo 31 na 1ª colocação.

O confronto foi disputado no Estádio Nicolau Alayon, casa do Nacional-SP na capital paulista. Com tranquilidade, o Coritiba saiu vitorioso por 3 a 1 e garantiu a classificação para a terceira fase. Marcos Ulisses abriu o placar na etapa inicial com um golaço em cobrança de falta, Robinho ampliou ainda no primeiro tempo com um gol da entrada da área e Yuri Ferreira fez o terceiro na etapa complementar em cobrança de pênalti. O Ceará descontou na reta final da partida.

Na terceira fase, o Coritiba enfrentou novamente o São Bento-SP no Estádio do Canindé. A equipe de Sorocaba-SP havia eliminado o São Caetano-SP na fase anterior. Em um jogo bastante difícil, assim como foi na derrota pela fase de grupos, o Alviverde conseguiu a classificação apenas na reta final de partida, aos 39’ do 2ª tempo, quando Ângelo converteu pênalti sofrido por Guilherme Pires. Com a vitória por 1 a 0, o Coritiba garantiu classificação para as oitavas de final da Copinha, onde o adversário foi o São Paulo.

O confronto contra o São Paulo, campeão da competição em 2019, foi realizado no Estádio Primeiro de Maio, em São Bernardo do Campo. A partida foi marcada pela grande presença da torcida são paulina no ABC paulista e também pela forte chuva que prejudicou a qualidade do gramado. A equipe da casa abriu 3 a 0 no placar e o Coritiba descontou no fim com um gol de Daniel Mendes. Com essa derrota, o Coxa se despediu da Copinha na mesma fase em que foi eliminado no ano anterior, quando perdeu para o Vasco da Gama nas oitavas de final. A campanha do Coritiba teve 4 vitórias e 2 derrotas, com 8 gols marcados e 6 gols sofridos. Daniel Mendes foi o artilheiro da equipe com 3 gols marcados.

Apesar da campanha considerada razoável para boa na Copa São Paulo de Futebol Júnior, a situação das categorias de base do Coritiba em 2020 é preocupante. Com a queda de posições do clube no ranking da CBF, os piás do Couto podem ficar de fora de várias importantes competições nacionais de base, entre elas os Campeonatos Brasileiros sub-17, sub-20 e de Aspirantes, torneios de grande valor para o desenvolvimento de atletas, que podem ficar restritos à participação no Campeonato Paranaense sub-17 e sub-19.


APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdo extra e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Obrigado por assinar a nossa newsletter.
Em breve chegará o nosso conteúdo na sua caixa de entrada.

att.
Do Rico ao Pobre, o futebol sem divisão!

Tecnologia do Blogger.