PROPAGANDA

[BASE] Tranquilidade na fase de grupos e dificuldades na fase eliminatória foi a Copinha do Furacão


A participação do Athletico na Copa São Paulo de Futebol Júnior foi a melhor entre as equipes paranaenses da competição. O Furacão chegou até as quartas de final, quando foi eliminado pelo Corinthians, por 1 a 0. Mas, mesmo com a eliminação, a equipe rubro-negra teve resultados para se comemorar, visando o futuro das categorias de base do clube. Confira como foi a trajetória do rubro-negro paranaense no certame mais tradicional de base no cenário brasileiro.


#BASE
Por João Paulo Pacheco

O grupo do Furacão era composto por Gama, Rio Claro e Paulista. Na primeira partida, enfrentando a equipe do Gama, os comandados de Rafael Guanaes venceram por 2 a 0. Destaque para o atacante Vinicius Mingotti, que pelo segundo ano seguido marca na estreia do Furacão na Copinha. A partida seguinte foi contra a equipe do Rio Claro, o placar foi favorável ao Furacão, vencendo por 4 a 2. Além da vitória, o Athletico conquistou a classificação para o mata-mata de forma antecipada. Destaque para o atacante Jajá, que marcou dois gols no jogo.

A última partida do Rubro-Negro, na fase de grupos, foi contra o Paulista. O Furacão não perdoou a equipe “mandante” e aplicou uma goleada por 5 a 1. Na fase seguinte, o Athletico enfrentou o Bahia e teve dificuldades. Em um primeiro tempo dominado pelo tricolor baiano, o técnico Guanaes teve que modificar a equipe. O Furacão perdia por 1 a 0, quando Iago que recém tinha entrado na partida, cruzou e encontrou Paulo Victor que testou para o gol e empatou o jogo. Com o 1 a 1 no placar, a partida foi para os pênaltis. Nas penalidades, o goleiro Léo Linck foi fundamental para a classificação do Athletico. O arqueiro do Furacão agarrou dois pênaltis e a equipe paranaense venceu o jogo, avançando de fase.


O Tupi, de Minas Gerais, foi o adversário do Furacão e deu trabalho para a piazada do Athletico. Saindo atrás do placar, a solução para virar a partida saiu do banco. O gol de empate veio no segundo tempo, com gol de Mingotti que havia sido colocado na partida no intervalo. O jogo manteve-se disputado, mas aos 29’ da etapa final, Jajá colocou o Furacão na frente e garantiu a vitória difícil do Athletico, classificando-se para as oitavas de final.

Da mesma maneira, difícil, que havia sido os dois últimos jogos, a partida contra o Taboão da Serra não foi diferente. O Furacão começou vencendo com gol de Paulo Victor na primeira etapa. A pressão da torcida do Taboão fez efeito apenas na segunda etapa, quando aos 34’ a equipe paulista empatou o jogo. Mesmo com o desgaste da partida, as duas equipes buscaram a vitória no tempo normal. Mas foi o Furacão que conseguiu o tento da vitória. Após cruzamento de Iago, faltando 20 segundos para acabar o jogo, a bola chegou em Jajá que cabeceiou e na tentativa de tirar a bola, o zagueiro do Taboão mandou para o fundo do gol, marcando o gol que classificou o Athletico para as quartas de final.

O adversário foi um velho conhecido de Copinha para o Furacão, o Corinthians, maior campeão do torneio e oponente da única final disputada pelos paranaenses em 2009 e que cumpriu o papel, prometendo fortes emoções. Em uma partida disputada de forma equilibrada, a equipe paulista conseguiu a classificação para a semifinal, vencendo por 1 a 0. O Furacão teve chances para o empate, mas não aproveitou as oportunidades e acabou sendo eliminado.

Os frutos da Copinha já estão sendo colhidos pelo Furacão. O atacante Jajá foi integrado ao grupo de aspirantes que disputam o Campeonato Paranaense, junto com o volante Ramon. Os outros dois jogadores em destaque foram o zagueiro Luan Patrick e o atacante Paulo Victor, um dos artilheiros da equipe na competição, junto com Jajá.

APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdo extra e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Obrigado por assinar a nossa newsletter.
Em breve chegará o nosso conteúdo na sua caixa de entrada.

att.
Do Rico ao Pobre, o futebol sem divisão!

Tecnologia do Blogger.