PROPAGANDA

[SUBURBANA] Fortaleza empata com Tanguá e conquista o título da Série B


Na tarde deste sábado (7), no Estádio Antonio Monteiro Sobrinho, Fortaleza e Tanguá realizaram o segundo confronto da final da Série B da Suburbana 2019. Em um jogo de fortes emoções, a equipe do Tanguá abriu o placar na primeira etapa. Porém, não conseguiu segurar ataque do Forta e levou o empate no início do segundo tempo. Resultado de 1 a 1 que permaneceu até o fim da partida e deu ao Fortaleza o tetracampeonato da Suburbana.

#SUBURBANA 2019
Por @rafaelbuiar

PRÉ-JOGO: A equipe do Fortaleza venceu o primeiro duelo da final no Estádio Francisco Thiago da Costa pelo placar de 3 a 2. Mas para a partida de volta teve três desfalques. Tico Love, Roberto e Halyson, os destaques da equipe do forta no campeonato. Já o time do Tanguá entrou com a perspectiva de vencer por mais de dois gols de vantagem para levar no tempo normal. O triunfo por 1 a 0 levaria nas penalidades. Além disso, o time rubro-negro também teve dois desfalques para a partida, Julio que foi expulso na partida anterior e Vandinho, lesionado.

O EMBATE: Os primeiros minutos do confronto teve um Fortaleza mais ofensivo, com as jogadas sendo iniciadas pelos flancos com Piwi e Michael. Mesmo assim, o primeiro arremate da partida foi dos pés de Cafú, que aproveitou a bola espirrada no meio de campo e arrematou de longa distância, mas fora da meta. A pressão continuou, com jogada de bola parada, que Marcão cabeceou sozinho dentro da área, mas para fora.

A partir deste lance, a equipe do Forta passou a ficar nervosa e teve discussão ente os próprios jogadores. Devido a isso, a equipe do Tanguá aproveitou, pois passou apertar a marcação e forçar o erro na saída de bola do Forta. Não deu outra, Sabino teve duas oportunidades de abrir o placar após a metade da etapa inicial. Na primeira ganhou da marcação na corrida e arrematou sobre a meta. Na sequência, o arremate foi do meio da rua e quase surpreendeu Felipe. Mas aos 32’ o time do Fortaleza não conseguiu segurar, Russo aproveitou o momento de desequilibro e abriu o placar no Antonio Monteiro Sobrinho, com um belo chute de fora da área. Sem chances para o goleiro Felipe.

Nos minutos finais da primeira etapa, a equipe do Forta, nervosa, conseguiu chegar somente uma vez à meta do Macaxeira. Neguinho cobrou falta e Lê com uma cabeçada, sozinho, perdeu a oportunidade de empatar o placar na primeira etapa inicial. Depois disso, o árbitro Mendonça decretou fim do primeiro tempo.


A conversa do intervalo fez com que a equipe do Forta entrasse mais motivada e mais focada na partida. O resultado disso foi um escrete mais ofensivo. Sempre com o destaque Piwi e Michael, que chamaram a responsabilidade no setor de criação. Por isso, ambos foram os jogadores mais explorados na etapa complementar. Não deu outra, a pressão inicial deu resultado, pois aos 15’ Cafú empatou. Evandro fez jogada individual e puxou até a linha de fundo para cruzar na medida ao camisa 9 do forta, que do lado da trave teve o trabalho de cabecear e empurrar a bola no fundo do gol.

Depois do gol do empate, o treinador Marcão realizou duas alterações e deixou o time do Tanguá mais ofensivo, com 21’. Não deu outra, o duelo entre as duas equipes passou a ter mais emoção com aproximação do fim da partida. Tanguá buscando o gol de desempate e o tricolor do Gabineto buscando o gol de contra-ataque. A tensão ficou ainda maior quando Emerson do forta foi expulso depois de levar o segundo amarelo. Mas ficou nisso mesmo, o time do Tanguá não conseguiu furar o bloqueio do Fortaleza e terminou empatado, com o time do Fortaleza conquistando o Tetracampeonato.


OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

FORTALEZA: 1 Felipe; 3 Lê, 14 Marcão, 4 Gean e 6 Neguinho; 5 Baresi, 20 Evandro, 19 Emerson e 7 Piwi; 11 Michael e 9 Cafú. Tec.  Vilmar Assunção.

TANGUÁ: 1 Macaxeira; 2 Juninho, 3 Carlinhos, 4 Jiló e 6 Fabinho (18 Fernando); 5 Jansen, 8 Asiático, 7 Andrezinho (15 Matheus) e 10 Jonatas (20 Alisson); 9 Russo (14 Alcides) e 11 Sabino (19 Eliab). Tec. Marcão

FICHA TÉCNICA – FORTALEZA 1 X 1 TANGUÁ XXXXXXXXXXXXXXXXXX


GOL: Russo aos 32’ do 1º tempo (Tanguá) e Cafú aos 15’ do 2º tempo (Fortaleza)
CA: Felipe, Gean, Emerson, Evandro e Michael (Fortaleza) | Jiló, Carlinhos, Andrezinho (Tanguá)
CV: Emerson, Vilmar Assunção (Fortaleza)
ÁRBITRO: José Mendonça da Silva Jr.
ASSISTENTES: Roberto Rivelino dos Santos Junior e Eduardo Luis Teixeira Furiatti
LOCAL: Estádio Antônio Monteiro Sobrinho, em Curitiba

ENTREVISTAS DRAP XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX



APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdo extra e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Obrigado por assinar a nossa newsletter.
Em breve chegará o nosso conteúdo na sua caixa de entrada.

att.
Do Rico ao Pobre, o futebol sem divisão!

Tecnologia do Blogger.