PROPAGANDA

[SUBURBANA] Pilarzinho vence Trieste e volta a decisão da Série A após cinco anos


Neste sábado (26), a equipe do Trieste recebeu o Operário Pilarzinho no Estádio Francisco Muraro pelo confronto de volta das semifinais da Série A da Suburbana 2019. O time visitante fez um primeiro tempo seguro e uma segunda etapa mais agressiva, marcando com Bitoca e Thomas Guedes. Hideo diminuiu, mas o 2 a 1 classificou o Pilarzinho para a final da Suburbana.

#SUBURBANA 2019

PRÉ JOGO: O confronto era o terceiro entre as equipes na edição 2019 da Divisão Especial da Suburbana, o primeiro tendo o Trieste como mandante. Na primeira fase, o Pilarzinho venceu por 3 a 2, enquanto que há duas semanas, pelo jogo de ida das semifinais, os dois times empataram por 0 a 0. Quem vencesse avançava à decisão, enquanto que um novo empate levaria a disputa para as penalidades.

O EMBATE:  A partida começou com um lance quente logo aos cinco minutos, quando Hideo foi derrubado dentro da área. Lino foi para a cobrança da penalidade, mas bateu fraco no canto direito e Juninho defendeu sem maiores problemas. Após esse início animado, o jogo ficou mais preso na intermediária e os times cometeram muitas faltas. As chances mais perigosas vinham de chutes de fora da área, e cada escrete teve duas oportunidades criadas dessa maneira.

Aos 22’ Murilo arriscou e a bola desviou na zaga visitante pela linha de fundo. Quatro minutos depois foi a vez de Repolho arrematar, mas a bola passou à direita de Juninho. O Pilar respondeu aos 35’ e aos 44’ com Rodriguinho. Na primeira ele acertou o travessão, enquanto que na segunda o Juninho do Trieste fez ótima defesa. O Pilarzinho melhorou na parte final da primeira etapa ao explorar os lados do campo, principalmente o setor esquerdo, o que gerava a expectativa de um time mais agressivo no segundo tempo.


Foi o que aconteceu na volta dos vestiários. Com seis minutos jogados, a bola foi cruzada da esquerda e Bitoca recebeu livre na área, tocou no canto direito e abriu o placar para o time de Bortolo Gava. O Trieste precisava encurralar a defesa adversária e aumentar a pressão na saída de bola, mas as coisas pioraram aos 12’ quando Repolho caiu no campo de ataque e o árbitro entendeu que ele simulou uma falta, lhe dando o segundo amarelo e o expulsando.

Com a vantagem numérica, o treinador Marquinhos Passaúna promoveu a entrada de Thomas Guedes na equipe, o que deu mais velocidade e fez a defesa triestina ter problemas. Aos 28’, ele entrou pela direita da área e chutou para bela defesa do Juninho. Um minuto depois, Wesley teve uma chance clara, no entanto cabeceou na trave. Todo o volume visitante teve efeito aos 34’, quando Thomas bateu novamente da direita da área, mas dessa vez sem chances para a defesa mandante, ampliando o marcador.

O Trieste precisou partir para o abafa e diminuiu aos 42’ em bela cobrança de falta de Hideo. O time tentou o empate pela esquerda com Thiaguinho, que entrou no segundo tempo, mas não conseguiu superar a defesa adversária. Fim de jogo no Francisco Muraro, Trieste 1x 2 Pilarzinho.

PRÓXIMA PARTIDA: O Pilarzinho fará a decisão contra o Iguaçu nas próximas duas semanas, primeiro jogo no próximo dia 30 em Bortolo Gava e a volta no dia 7 no Egydio Ricardo Pietrobelli. Vencendo ou perdendo, o time já garante vaga na Taça Paraná do ano que vem. O Trieste volta as suas atenções para o ano de 2020.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXx
TRIESTE: 1- Juninho; 2- Murilo, 3- Linno Ribeiro (19- Edimar), 4- Jair e 6- Lino (17- Fernando); 5- Grilo (13- Bruno Santos), 7- Gilton, 8- Repolho e 10- Hideo; 11- Alcimar (18- Thiaguinho) e 9- Willian Koslowski. Téc. Ivo Petry.

OPERÁRIO PILARZINHO: 1- Juninho; 2- Guilherme, 3- Everson, 4- Bruno Alves e 6- Dionata; 5- Aroldo, 8- Baroni (16 – Gean), 7- Rodriguinho e 10- Bitoca (15- Kelvin); 11- Paulinho (17- Thomas Guedes) e 9- Wesley. Téc. Marquinhos Passaúna.

FICHA TÉCNICA: TRIESTE 1X2 OPERÁRIO PILARZINHO XXXXX

GOLS: Hideo aos 42’ do 2°T (Trieste); Bitoca aos 6’ e Thomas Guedes aos 34’ do 2°T (Pilarzinho).
CA: Repolho (2x) (Trieste); Juninho, Aroldo, Rodriguinho, Paulinho, Thomas Guedes e Marquinhos Passaúna (Pilarzinho).
CV: Repolho (Trieste).
ARBITRAGEM: Lucas Paulo Torezin.
ASSISTENTES: Ivan Carlos Bohn (1) e Alessandro Gonçalves (2).

LOCAL: Estádio Francisco Muraro, em Curitiba.

REPORTAGEM DRAP XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX




APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdo extra e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.