PROPAGANDA

[SUBURBANA] Em jogo movimentado, Fortaleza vence Tanguá e abre vantagem em busca do título


Neste sábado (02), Tanguá e Fortaleza disputaram o primeiro jogo da final da Série B da Suburbana 2019 no Estádio Francisco Thiago da Costa, em Almirante Tamandaré. Com um início forte, o Fortaleza fez o primeiro gol na metade da primeira etapa e o segundo no início do tempo complementar. O Tanguá, que teve Júlio expulso, foi atrás do prejuízo e diminuiu com Russo, mas o Forta marcou o terceiro e logo em seguida perdeu Tico Love expulso. A partir daí o Tanguá pressionou muito e conseguiu novamente diminuir o placar, dessa vez com Jansen. O 3 a 2 dá uma pequena vantagem ao time do Gabineto, mas mantém viva a esperança do Tanguá.

#SUBURBANA2019
Por: @adson_sovinski

PRÉ JOGO: As duas equipes venceram nove vezes em 13 jogos disputados, mas o Fortaleza perdeu duas e o Tanguá três. Além disso, a diferença também ficou na quantidade de empates, sendo dois ao time do Gabineto e um para o Tanguá. Sendo assim, a tábua de classificação geral apontava o Fortaleza como líder com 29 pontos, contra 28 do escrete rubro-negro.

O EMBATE: O jogo começou com uma intensidade alta. O Fortaleza, mesmo estando fora dos seus domínios, foi quem tomou a atitude nas ações ofensivas da partida. A equipe chegava com facilidade pelo lado direito, onde surgiram as melhores chances do Forta. Em uma dessas, Tico Love ingressou sem marcação na área, mas na hora de fazer o gol chutou em cima do goleiro.

O Tanguá apostava em escapadas em velocidade, principalmente com Sabino, mas não levava maiores perigos. Aos 35 minutos o Fortaleza descolou uma falta frontal à meta do goleiro Macaxeira. Tico Love foi para a cobrança e de pé esquerdo acertou o canto direito do goleiro, abrindo o placar para os visitantes. No final do primeiro tempo o Tanguá perdeu Júlio expulso, dificultando ainda mais a vida do time da casa.


No segundo tempo o Fortaleza entrou com a intenção de liquidar a fatura. Pressionou no começo até chegar ao gol: Após cobrança de escanteio, Abacaxi subiu e cabeceou a bola pra dentro da meta. Com vantagem no placar e no número de jogadores em campo, o Fortaleza relaxou. Com isso o Tanguá cresceu no jogo e logo em seguida diminuiu o marcador. Em cobrança de escanteio Russo subiu mais que todo mundo e testou firme para dentro do gol.

A partida ficou franca, chances para os dois lados. O Fortaleza chegou ao seu terceiro gol com Andrey, que após um bate e rebate na área só teve o de empurrar a bola para dentro do gol. No entanto, o escrete do Jardim Gabineto perdeu Tico Love, expulso logo em seguida, fator que deu ainda mais ânimo para o Tanguá. Em uma falta frontal, Jansen mandou uma bomba de pé direito e o goleiro Felipe aceitou, gol que diminuiu o placar para a equipe do Tanguá. O jogo ficou dramático no final, com o Tanguá indo com tudo para cima e encurralando o adversário, mas o empate não veio. No Francisco Thiago da Costa, Tanguá 2 a 3 Fortaleza.


PRÓXIMA PARTIDA: No próximo sábado (07), as equipes se enfrentam novamente pelo jogo de volta da decisão. A partida está marcada para às 15h30 no Estádio Antônio Monteiro Sobrinho.

NOTA PÓS-JOGO: Alguns minutos depois do fim da partida, ocorreu um episódio que não gostaríamos de relatar. Após algumas provocações verbais entre as torcidas, alguns torcedores do Tanguá arremessaram líquidos, mesas e cadeiras contra a torcida do Fortaleza, terminando o dia com um clima que não condiz com o espetáculo do futebol e do ambiente tranquilo que foi instaurado ao longo de boa parte da tarde.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXx

TANGUÁ: 1- Macaxeira; 2- Vandinho (14- Carlos Haro), 3- Jansen, 4- Jandson, 6- Fábio; 5- Arantes (18- Alcides), 8- Júlio, 10- Asiático; 7- Jhonatan (19- Russo), 11- Sabino (17- Eliabe), 9- Fernando (16- Andrezinho). Téc. Antônio Marcos.

FORTALEZA: 1- Felipe; 2- Abacaxi, 3- Lê, 4- Gian, 6- Eto; 5- Baresi, 8- Roberto, 7- Piwi, 10- Tico Love; 11- Michael (20- Andrey), 9- Cafú (19- Evandro). Tec. Vilmar Assunção.

FICHA TÉCNICA TANGUÁ 2 X 3 FORTALEZA  XXXXXXXXXX

GOLS: Tico Love, aos 35’ minutos do 1°T; Abacaxi, aos 14’ do 2°T; Andrey, aos 38’ do 2°T. (Fortaleza); Russo, aos 22’ minutos e Jansen aos 42’ do 2°T. (Fortaleza).
CA: Júlio (2x), Eliabe e Andrezinho (Tanguá); Michael, Abacaxi, Vilmar Assunção e Tico Love (2x) (Fortaleza).
CV: Júlio (Tanguá); Tico Love (Fortaleza).
ARBITRAGEM: Lucas Paulo Torezin.
ASSISTENTES: André Luiz Severo (1) e Alessandro Gonçalves (2).
LOCAL: Estádio Francisco Thiago da Costa, em Curitiba.

ENTREVISTAS DRAP XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX


PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdos extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.