PROPAGANDA

[SÉRIE A] Em jogo marcado por VAR e expulsão, Athletico domina o Grêmio e vence na Arena da Baixada


Na noite desta quarta-feira (27), o Athletico recebeu o Grêmio na Arena da Baixada em partida válida pela 35ª rodada do Brasileirão Série A de 2019. Precisando de uma vitória para alcançar o tricolor gaúcho na classificação, o Furacão abriu o placar ainda no primeiro tempo com Márcio Azevedo. Na segunda etapa, após revisão do VAR, Nikão foi para a marca do pênalti e aumentou a vantagem athleticana. Diego Tardelli deixou o Grêmio com um jogador a menos na segunda etapa após entrada por baixo em Nikão.


#SÉRIE A
Por Eduardo Werner

PRÉ-JOGO: O Athletico chega para a partida contra o Grêmio com números recentes de respeito. O Furacão está há 9 jogos invicto, não sofreu nenhum gol nos últimos 529 minutos em campo e tem a melhor campanha fora de casa desde 2004.       No último domingo, vitória fora de casa por 1x0 contra o Atlético Mineiro. Uma vitória hoje contra o Grêmio deixa a equipe curitibana com o mesmo número de pontos do tricolor gaúcho, que está na 4ª colocação. O Grêmio, por sua vez, venceu o Palmeiras fora de casa na última rodada por 2x1 com gols de Everton e Pepê.

O EMBATE: A equipe curitibana começou a partida pressionando, e a primeira oportunidade de gol foi dos donos da casa. Aos 9’ do 1° tempo, Rony foi lançado na linha de fundo, achou espaço onde quase não havia mais ângulo para cruzar e tocou para Marcelo Cirino, que chegou finalizando forte por cima do gol. Aos 18’ foi a vez do Grêmio responder: Diego Tardelli tocou para Everton Cebolinha na ponta, que devolveu para o atacante finalizar de fora da área, mas a bola foi fraca no meio do gol.

O Grêmio voltou a ter boa chance de gol aos 25’ da primeira etapa, quando Everton recebeu tabela de Luciano na ponta esquerda, cruzou para Alisson que apareceu livre dentro da área e cabeceou por cima do gol. Três minutos depois foi a vez de Cebolinha finalizar forte e rasteiro após receber passe de Cortez, mas Santos agarrou firme.  O Athletico voltou a dominar as movimentações ofensivas da partida na reta final do primeiro tempo. Aos 29’ da etapa inicial, Rony recebeu na ponta esquerda, partiu pra cima de Rafael Galhardo e finalizou forte no canto esquerdo para bela defesa de Paulo Victor.

O gol athleticano saiu aos 33’ do 1° tempo, quando Rony e Márcio Azevedo fizeram bela tabela no campo de ataque, o lateral invadiu a área como quis e finalizou forte, a bola ainda bateu na trave antes de morrer no fundo da rede. Esse foi o primeiro gol de Márcio Azevedo desde 2013, quando ainda defendia o Botafogo antes de uma passagem longa pelo futebol do Leste Europeu. O Furacão ainda teve mais uma chance na primeira etapa aos 35’, quando Rony fez boa jogada na ponta esquerda, tocou para Marcelo Cirino que chegou finalizando forte e rasteiro, mas para fora.


A segunda etapa começou de certa forma equilibrada, com as duas equipes trocando finalizações sem muito perigo. A partida começou a tomar um novo rumo a partir dos 15’ do 1° tempo, quando Matheus Henrique colocou a mão na bola dentro da grande área do Grêmio. O lance seguiu e depois foi revisado pelo árbitro no monitor, assinalando a penalidade a favor do Athletico. Nikão foi pra bola e bateu muito bem, alto e forte no canto esquerdo, sem chance de defesa para Paulo Victor. Logo no minuto seguinte o Rubro-negro teve a chance de ampliar ainda mais o marcador quando Marcelo Cirino recebeu na ponta direita e tocou para Rony dentro da área, que teve que dominar a bola e finalizou fraco no meio do gol.

Aos 21’ da etapa complementar, Diego Tardelli recebeu o cartão vermelho direto após acertar Nikão por baixo quando a jogada já estava parada. Com um jogador a mais em campo, o Athletico partiu pra cima em busca do seu terceiro gol. Aos 31’ do 2° tempo, Rony fez linda jogada na ponta direita, tocou para Léo Cittadini que rolou para Nikão na entrada da área chegar finalizando forte por cima do travessão. A última finalização perigosa da partida foi de Erick aos 35’ da etapa final, pouco depois de sair do banco de reservas, quando recebeu de Rony e arriscou um chute forte de fora da área. Fim de jogo na Arena da Baixada, uma bela atuação do Athletico que resultou numa importante vitória sobre o forte Grêmio de Renato Gaúcho.


PRÓXIMA PARTIDA: O Athletico volta a entrar em campo no próximo sábado fora de casa contra o Ceará. Existe a possibilidade desta partida ser realizada com portões fechados na Arena Castelão. Já o Grêmio recebe o São Paulo em Porto Alegre no domingo.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

ATHLETICO: 1. Santos; 2. Jonathan (21. Adriano), 4. Léo Pereira, 44. Thiago Heleno e 6. Márcio Azevedo; 3. Lucho (18. Léo Cittadini), 5. Wellington e 15. Camacho (26. Erick); 7. Rony, 10. Marcelo e 11. Nikão. Tec. Eduardo Barros.

GRÊMIO: 1. Paulo Victor; 42. Rafael Galhardo, 3. Pedro Geromel, 4. Kannemann e 12. Cortez; 5. Michel, 14. Matheus Henrique e 23. Alisson (37. Darlan); 11. Everton, 9. Diego Tardelli e 18. Luciano (25. Pepê). Tec. Renato Gaúcho.

FICHA TÉCNICA – ATHLETICO 2X0 GRÊMIO XXXXXXXXXXXXX

GOLS: Márcio Azevedo (33’ do 2° tempo) e Nikão (18’ do 2° tempo) (Athletico)
CA: Wellington e Camacho. (Athletico) | Cortez, Matheus Henrique, Kannemann e Michel. (Grêmio)
CV: Diego Tardelli (Grêmio)
ÁRBITRO: Bruno Arleu de Araujo.
ASSISTENTES: Luiz Claudio Regazone (1) e Michael Correia (2).
LOCAL: Estádio Joaquim Américo Guimarães, em Curitiba.
PÚBLICO TOTAL: 21.709 presentes | RENDA: R$ 572.985,00


APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdos extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.