PROPAGANDA

[SUBURBANA] Vitória dos “italianos” e gols de goleiros marcam disputa dos jogos de ida das quartas de final da Série A


Teve início no último sábado (26), a fase de quartas de final da Série A da Suburbana 2019. Nas quatro partidas realizadas, nenhum placar teve dois gols ou mais de diferença, deixando tudo em aberto para o jogo da volta e confirmando a expectativa prévia de equilíbrio entre os classificados.

#RESULTADOS
Por Yuri Casari

Na sexta-feira, 25, falávamos aqui no site Do Rico ao Pobre sobre o equilíbrio dos confrontos das quartas de final da Suburbana. Ainda que alguns times aparecessem como franco favoritos, o histórico dos jogos da primeira fase mostrava que as equipes de maior investimento poderiam ter problemas no mata-mata. É bem verdade que nenhum dos quatro visitantes (as equipes de melhor campanha) saiu derrotado, mas os quatro duelos seguem e, aberto e prometem grandes emoções para os jogos da volta.


No Octávio Silvio Nicco, o Imperial recebeu o Trieste, líder da primeira fase. Como esperado, o Tricolor Italiano tomou as rédeas do confronto e abriu o placar ainda na primeira etapa, aos 36 minutos, com Repolho. Mas o Tricolor do Mossunguê mais uma vez demonstrou sua valentia e empatou no segundo tempo, aos 19 minutos, com Arroz. Mas aos 28 jogados, o volante Gilton marcou seu terceiro gol no certame empatando como vice-artilheiro da equipe ao lado de Lino e de Alcimar. Na próxima partida, no Francisco Muraro, o tricolor italiano tem a vantagem de um empate.

Na Arena Vermelha, o Iguaçu foi outro favorito a vencer. Mas novamente teve dificuldades diante da jovem equipe do Novo Mundo. Após um primeiro tempo sem gols, o time colorado saiu na frente com Mattos, mas levou a virada com gols de Magu, cobrando pênalti, e de Felipe Caron, pegando sobra depois de cobrança de falta. Dessa forma, o alvinegro também tem a vantagem de um empate na volta, que acontece no Egydio Ricardo Pietrobelli.

Já nas outras duas partidas, as equipes não saíram do empate. No Ozório Claudino de Barros, talvez a grande partida da primeira divisão no fim de semana. Com boa presença de público, Vila Sandra e Santa Quitéria empataram em 2 a 2. O time visitante abriu o placar com Marcelo Andrade, aos 21 minutos e o alvinegro perdeu um pênalti com Fernandinho pouco antes do intervalo. Ou melhor, Jonas defendeu a penalidade. Na volta para o segundo tempo, o Vila Sandra partiu para o ataque e virou o jogo com gols de Bruninho e Bambu, mas novamente o goleiro Jonas apareceu para decidir em cobrança de falta e empatou. Foi o sexto gol do arqueiro no campeonato, mesmo número de gols de Pablo, até então artilheiro isolado do time na competição. O jogo da volta acontece no estádio Mauricio Fruet.

Por fim, no estádio José Carlos de Oliveira Sobrinho, Capão Raso e Operário Pilarzinho confirmaram o prognóstico dado e empataram em 1 a 1. O Pilarzinho abriu o placar precocemente, com apenas cinco minutos, no faro de gol de Pedro Oldoni. Mas a tarde era mesmo dos goleiros artilheiros, e aos 20 minutos da segunda etapa, Pantera marcou um gol inacreditável. O camisa 1 do Capão Raso interceptou cruzamento e rapidamente chutou em direção ao ataque. A bola quicou na grande área e encobriu o goleiro Juliano, salvando o Tricolor de Aço da derrota. Agora, quem vencer na volta a ser disputada no Bortolo Gava avança para as semifinais. 

PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdos extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.