PROPAGANDA

[SUBURBANA] Shabureya empata com Bairro Alto e conquista classificação inédita


Na tarde deste sábado (19), no estádio Pedro de Almeida, o Shabureya fez história na Suburbana. A equipe caçula do futebol amador federado de Curitiba conquistou um tardio empate em 1 a 1 diante do Bairro Alto e alcançou pela primeira vez em sua história a classificação na Série B da Suburbana. O Shabu terá pela frente o Grêmio Palmeirinha nas quartas-de-final.

#Suburbana
Por Yuri Casari

Pré-Jogo: O duelo entre Bairro Alto e Shabureya era decisivo. O tradicional time da casa precisava vencer e ainda torcer por um resultado negativo de São Braz ou Vasco.  Já o Shabu, em situação mais confortável pela melhor campanha em sua história, precisava apenas de um empate para avançar de fase.

O embate: O primeiro tempo foi bastante burocrático, e nem parecia um jogo entre duas equipes que buscavam a classificação. Apenas um único chute foi dado em direção ao gol nos primeiros 45 minutos. É claro que isso aconteceu também pela cautela adotada, principalmente pelo Shabureya. Ciente de que o empate era o suficiente para avançar, o Shabu iniciou a partida concentrado apenas em marcar, e tentava sufocar a saída de bola do Bairro Alto.

O time anfitrião tentava rodar a bola, mas mostrou grande dificuldade em acelerar as jogadas, e a maioria das bolas que chegavam ao campo de ataque eram logo facilmente rebatidas pela defesa visitante. Algumas tentativas de finalização até foram ensaiadas por ambos os times, mas apenas uma acertou a direção. Aos 36 minutos, Jonatan arriscou de esquerda da intermediária e André defendeu com tranquilidade.


No segundo tempo, foi novamente o meia Jonatan quem mais mostrou vontade de atacar. Com apenas dois minutos, o camisa 7 avançou pela intermediária e chutou com grande precisão, acertando o canto esquerdo de André, sem qualquer chance de defesa. Um golaço que naquele momento colocava o Bairro Alto entre os quatro melhores do Grupo B. A situação poderia ter ficado ainda melhor para o BA aos 8 minutos, quando Jonatan, mais uma vez, arriscou de fora da área e acertou a trave direita de André.

Aos 14 minutos, nova chance do Bairro Alto. Em uma jogada pelo meio, Cristiano Bicudo recebeu em ótimas condições pelo lado direito e chutou cruzado na saída do goleiro, mas a bola saiu pela linha de fundo. Confiante com o resultado parcial, o Bairro Alto dominava e via o Shabureya ficando nervoso, cometendo cada vez mais faltas. Enquanto isso, a comissão técnica do Shabu ia realizando as substituições, tentando encontrar um caminho que mudasse a quase certa eliminação.

Até que aos 39 minutos, em uma falta lateral pelo lado direito de ataque, Serginho chutou em direção do gol, a bola percorreu toda a extensão da área, quicou e morreu no fundo da rede sem que ninguém desviasse ou impedisse a trajetória da esférica. O gol era tão surpreendente que nem os próprios jogadores do Shabureya sabiam como reagir. Cada um corria para um lado diferente em um tocante êxtase.

Já na jogada seguinte o Bairro Alto quase voltou a marcar. Em uma bola alçada na área, Cristiano Bicudo desviou de cabeça encobrindo André. A bola ia caprichosamente para o gol quando Luizinho impediu o gol com uma bicicleta, decidindo o resultado em favor do Shabureya, que no quarto ano de participação na Suburbana consegue sua primeira classificação para a segunda fase da competição.


Próximo jogo: O chaveamento definiu que o Shabureya, quarto colocado do Grupo B, enfrenta no próximo final de semana, pela ida das quartas-de-final, a equipe do Grêmio Palmeirinha, líder do Grupo A, e desde o princípio da competição uma das equipes favoritas ao acesso.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

BAIRRO ALTO: 1. Lucas Gadiel, 2. Rafael (18. Jonatas), 3. Marafigo, 4. João e 6. Nine; 5. Edivaldo, 8. Egeu (16. Rato), 7. Jonatan (13. Zé) e 10. Maicon (14. Cristiano Bicudo); 9. Alex (19. Alexandre) e 11. Gabriel. T: Eduardo Lazzarotto.

SHABUREYA: 1. André, 2. Gui, 4. Odair, 15. Wesley (3. Murian) e 16. Serginho; 5. Leandro, 8. Canhoto (21. Borges), 13. Luizinho e 10. David; 11. Dimas (22. Lucas) e 20. Sasa (9. Pernalonga). T: David Allan da Silva (suspenso).

FICHA TÉCNICA – BAIRRO ALTO 1x1 SHABUREYA XXXXXXXXXX

GOLS: Jonatan, aos 2’ e Serginho, aos 39’ do 2º tempo.
CA:  Egeu, Jonatan, Gabriel, Nine e Rato (BA); David, Odair, Lucas, Leandro, Luizinho e André (SHA).
ÁRBITRO: Diego Henrique Bueno Paschoal.
ASSISTENTES: Luis Henrique Amadori e Lucas Henrique Gowatiski.
LOCAL: Estádio Pedro de Almeida, em Curitiba.

PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdos extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.