PROPAGANDA

[SUBURBANA] Shabureya vence Ypiranga e entra na zona de classificação


Na tarde deste sábado (7), a equipe do Shabureya venceu o time Ypiranga pelo placar de 4 a 1, no Estádio Octávio Silvio Nicco, em duelo foi válido pela quarta rodada da Divisão de Acesso da Suburbana 2019. Com este triunfo, o escrete do Shabu conquistou a segunda vitória seguida na competição e ingressou no G4, enquanto que o Ypiranga caiu algumas posições na tábua de classificação e chegou a sua segunda derrota seguida no certame.

#ACESSO 2019
Por @rafaelbuiar

PRÉ-JOGO: Na rodada anterior, a equipe do Shabureya conquistou a primeira vitória ao derrotar o time do Tanguá, pelo placar de 3 a 2, no Estádio Octávio Silvio Nicco. Ou seja, chegou para o duelo diante o alviverde do bairro do Água Verde motivado, com a perspectiva de entrar na zona de classificação. Já no lado do Ypiranga, a situação é o contrário. A equipe alviverde perdeu a primeira na rodada anterior, para o Desportivo no placar de 3 a 2. Devido a isso, o duelo diante o Shabu teve a premissa de recuperação na competição para se manter ou ficar próximo dos primeiros colocados

O EMBATE: A intensidade foi o forte nos primeiros minutos no Estádio Octávio Silvio Nicco para o duelo entre Shabureya e Ypiranga. As jogadas rápidas de ambas as equipes foram a tônica dos escretes. Por isso, os gols não demoraram para sair. Aos 9’, em lance de escanteio a favor da equipe do Ypiranga, a bola bateu no marcador do Shabureya e o árbitro assinalou pênalti. David cobrou e converteu a favor do Ypiranga. Minutos depois, o time do Shabureya respondeu rápido. Canhoto aproveitou a intensidade no setor de ataque da equipe da casa e arrematou firme, sem chances para o goleiro Rafa, aos 11’.


Passados da metade da etapa inicial, o time do Shabureya foi conquistando a posse de bola e também trabalhando a movimentação no setor de ataque. Com isso, arremates na meta de Rafa aconteceram com frequência. Enquanto que o time do Ypiranga chegou, mas somente nas bolas paradas e também em lances de contra-ataque. Aos 28’ a equipe do Shabu quase conseguiu desempatar com Wesley, que ficou de frente com o goleiro Rafa. Mas o arqueiro venceu o duelo e manteve o placar empatado. Destaque da jogada que foi um erro de saída de bola e a marcação em alta do Shabu fez com que recuperasse com rapidez a bola.

Não deu outra, o ritmo da equipe do Shabureya se manteve quando colocaram a bola no chão. David foi quem chamou a responsabilidade ao realizar jogada individual, passar por três marcadores dentro da área e arrematar firme aos 35’ da etapa inicial. Desempatando a partida em 2 a 1. Mesmo com o placar à frente, o time da casa conseguiu manter o ritmo e explorou as jogadas pelo flanco. Mas dessa vez, o sistema defensivo ficou exposto e o time visitante conseguiu realizar alguns ataques. Mas sem sucesso de alterar novamente o placar no primeiro tempo.


Na volta do intervalo, as duas equipes realizaram alterações. Mas o sistema de jogo pouco mudou, pois o time do Shabu continuou com mais volume de jogo. Porém, aos 5’, um lance que mudou e esfriou a sequência do jogo, que foi paralisado para atendimento no zagueiro Rob, que dividiu com o goleiro André e levou a pior. Lance que esquentou o clima dos jogadores de ambas as equipes e as jogadas passaram a serem mais duras.

Mesmo assim, quem aproveitou foi o time do Shabu que conseguiu marcar duas vezes com Wesley. No terceiro gol, o camisa 6 e capitão do Shabureya aproveitou o bate rebate dentro da área e conseguiu colocar no fundo da rede aos 18’, já o segundo gol foi em jogada de ataque rápido, que explorou o flanco esquerdo. Wesley ficou de frente com o goleiro Rafa e fuzilou o barbante do Ypiranga aos 28’ da etapa complementar, colocando o placar em 4 a 1 a favor do time da casa.


Depois do quarto gol, o jogo ficou paralisado mais uma vez e os jogadores ficaram parados por 20’ para a entrada do carro da ambulância, que prestou atendimento ao zagueiro Rob do Ypiranga e levou para o hospital mais próximo do estádio. Após a retomada, o treinador Davi Silva realizou algumas alterações na equipe do Shabu, que teve mais volume de jogo. Porém, nada de diferente aconteceu na partida e o placar no Estádio Octávio Silvio Nicco persistiu em 4 a 1 até o apito final do árbitro Regis.

PRÓXIMA PARTIDA: A equipe do Ypiranga irá desafiar o escrete Vasco da Gama, no Estádio Jardim Independência. Enquanto que o Shabureya irá até o Estádio Monte Bérico, enfrentar o São Braz.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

SHABUREYA: 1 André; 16 Serginho (2 Gui), 14 Edu, 23 Cristiano e 6 Wesley; 5 Leandro, 8 Canhoto, 13 Luizinho e 10 David (22 Lucas); 7 Wesley (20 Sassá) e 19 Pernalonga. Tec. Davi Silva

YPIRANGA: 1 Rafa; 14 Fabiano, 3 Guinho, 4 Rob (18 Adriano) e 6 Jaison; 15 Manaus (16 André), 8 Wallace, 7 Rato e 10 Kevinho; 11 Cafú e 9 David. Tec Edilson

FICHA TÉCNICA – SHABUREYA X YPIRANGA XXXXXXXXXXX

GOLS: David aos 9’ do 1º tempo (Ypiranga) e Canhoto aos 11’ do 1º tempo, David aos 35’ do 1º tempo, Wesley aos 18’ do 2º tempo  (Shabureya)
CA: Sassá, André (Shabureya) | Fabiano (Ypiranga)
ÁRBITRO: Regis Eduardo Silveira
ASSISTENTES: Marco Aurélio e Matheus de Andrade
LOCAL: Estádio Octávio Silvio Nicco, em Curitiba

ENTREVISTAS DRAP XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX




APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdo extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.