PROPAGANDA

[SÉRIE B] Em partida eletrizante, Operário vence o Londrina em casa e foge do Z-4


Operário Ferroviário e Londrina se enfrentaram na noite deste sábado (13), em duelo válido pela 9a rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. A partida realizada no Estádio Germano Krüger terminou com vitória alvinegra por 2 a 0. Com o resultado, o Fantasma deixou a zona de rebaixamento e agora ocupa a 15a posição. Já o Tubarão permanece vivo na luta pelo acesso, mesmo após a derrota. Com 16 pontos na tábua de classificação, o Londrina hoje é o 5o colocado.


#SERIEB
Por Allyson Santos

PRÉ-JOGO: Operário e Londrina entraram em campo em situações opostas no certame. O alvinegro de Vila Oficinas necessitava dos três pontos para respirar na tabela e deixar a zona de rebaixamento. A equipe ponta-grossense realizou dois amistosos durante a parada da Copa América, onde empatou em 2 a 2 com Palmeiras e em 0 a 0 contra a Chapecoense. Entre os desfalques do Fantasma para o jogo de hoje estavam o volante Chicão e o goleiro Thiago Braga, ambos lesionados. O zagueiro Sosa seguia em fase de recuperação de um problema pulmonar, e também não esteve à disposição do técnico Gérson Gusmão.

O Tubarão vinha de uma campanha consistente nesta Série B. A equipe somava 16 pontos na competição e buscava a vitória fora de casa para se consolidar cada vez mais no G-4. O Londrina vem de vitória sobre o Corinthians por 2 a 1 em amistoso realizado durante a intertemporada. Para a partida de hoje, Dagoberto, Silvio, Bruno Paulista e Hélder desfalcaram o alviceleste por lesão.

O EMBATE: Logo nos primeiros minutos de jogo, o Operário tomava conta das ações ofensivas. Com três minutos decorridos, Maílton foi acionado em velocidade pela direita e conseguiu bom cruzamento na direção do gol, obrigando Matheus Albino a fazer boa defesa para afastar o perigo. Dois minutos depois, foi a vez de Cleyton arriscar da entrada da área. A bola passou rente ao travessão. Com muita intensidade na marcação, o Fantasma de Vila Oficinas dificultava a saída de bola alviceleste e concentrava as ações ofensivas pelo lado direito. Aos 10’ jogados, Felipe augusto recebeu cruzamento preciso e desviou de cabeça para abrir o placar. A resposta londrinense veio aos 23’ com Paulinho Moccelin. O camisa 11 do Tubarão recebeu em velocidade pela esquerda e arriscou cruzamento perigoso. A bola veio em direção ao gol e Simão espalmou para a lateral do gramado.
       
O Fantasma recuou suas linhas de marcação na metade da primeira etapa e começou a ceder espaços aos visitantes, que não finalizavam com perigo. Aos 35’ decorridos, Anderson Oliveira recebeu na entrada da área após sobra de escanteio e bateu cruzado. O chute explodiu na marcação. Logo na sequência, em bola alçada na área, Germano desviou de cabeça e a zaga do operário afastou. Já na reta final do primeiro tempo, o Operário anotou o segundo tento na partida com Marcelo. O camisa 10 de Vila Oficinas recebeu nas costas da zaga, saiu cara a cara com Matheus Albino e deslocou o arqueiro para ampliar.

A primeira chance clara de gol na segunda etapa foi dos mandantes. Felipe Augusto recebeu pela esquerda, invadiu a área e bateu cruzado. O zagueiro Marcondes foi preciso no corte. A resposta do Londrina veio em bola parada. Após cruzamento na direção do gol, Higor Leite não alcançou o passe e apenas observou a bola rapar o poste direito do goleiro Simão.
       
Com dificuldades na criação de jogadas, o Londrina apostava em cruzamentos e jogadas de bola parada enquanto o Operário cadenciava o resultado construído na primeira metade do duelo. Mesmo com a marcação alviceleste mais alta, era o Fantasma quem criava as principais jogadas ofensivas através de contra-ataques. A equipe de Vila Oficinas soube se defender nos minutos finais e conquistou o resultado positivo.


PRÓXIMO JOGO: No próximo sábado (20), às 19h, o Operário recebe o CRB. Já o Londrina viaja para Santa Catarina, onde enfrentará o Figueirense na sexta-feira (19), às 19h15.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXX

OPERÁRIO: 1-Simão; 2-Maílton, 3-Rodrigo, 4-Lázaro, 6-Allan Vieira; 5-Jardel, 8-Índio; 10-Marcelo (21-Jean Carlo), 11-Cleyton, 7-Felipe Augusto (18-Rafael Chorão); 9-Uilliam (19-Lucas Gaúcho). Téc: Gérson Gusmão.

LONDRINA: 1-Matheus Albino; 2-Raí Ramos, 4-Marcondes, 3-Agusto, 6-Breno; 8-Germano (14-Neris), 5-Anderson Leite (20-Arthur Caculé); 10-Higor Leite, 11-Paulinho Moccelin, 7-Anderson Oliveira 9-Carlos Henrique (19-Léo Passos). Téc: Alemão.

FICHA TÉCNICA – OPERÁRIO 1 X 4 LONDRINA XXXXXXXXXXX

GOLS: Felipe Augusto, Marcelo (OFEC)
CA: Índio, Lázaro, Rodrigo, Jardel (OFEC) Neris, Paulinho Moccelin (LON)
ÁRBITRO: Daniel Nobre Bins
ASSISTENTES: Elio Nepomuceno de Andrade Jr. (1) e André Silva Bitencourt (2)
LOCAL: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa.
PÚBLICO: 4.502 | RENDA: 50.135 reais

APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdo extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.