PROPAGANDA

[COPINHA] Ipiranga e São Braz passam pelas semifinais com autoridade e garantem vaga na decisão


Quatro equipes duelaram na tarde do último sábado (06) em busca da vaga na grande final da Copa de Futebol Amador da Capital de 2019. Dois jogos únicos definiram as duas equipes classificadas para a decisão. O Ipiranga derrotou o Palmeirinha por 3 a 0, enquanto o São Braz recebeu o Capão Raso e levou a melhor, vencendo pelo placar de 2 a 0. Agora, Ipiranga e São Braz começam a decidir o título já no próximo sábado, dia 13, pela partida de ida da final, na casa do São Braz. O segundo jogo, que definirá o grande campeão, acontece no dia 20 de julho, na casa do Ipiranga.


#COPINHA
Por Marcus Benedetti

Nas semifinais desta edição da Copinha, os mandantes se impuseram e venceram com tranquilidade seus jogos, ao contrário do que havia acontecido nas quartas de final, em que o Ipiranga conseguiu a vitória de virada nos minutos finais contra o Bangú e o São Braz passou pelo Urano somente nos pênaltis, após empate sem gols no tempo normal. Desta vez, as defesas das equipes mandantes se destacaram e os finalistas se classificaram sem levar gols na semifinal. 

Grêmio Ipiranga 3 x 0 Palmeirinha
O time mandante se impôs desde os primeiros minutos e saiu na frente do placar logo aos 6’ da primeira etapa, em belo gol de falta de Mineiro. No segundo tempo, o Ipiranga ampliou aos 30’, com Juliano e aos 38’, com Willian (contra), que tentou afastar cruzamento de Moura e acabou mandando a bola contra sua própria meta. Além disso, o Ipiranga também teve um gol anulado, de Juliano, ainda no início da partida e duas reclamações de pênaltis não marcados. Agora, a equipe do Ipiranga se prepara para a grande final e tem a vantagem de jogar a segunda partida da decisão em seus domínios.

São Braz 2 x 0 Capão Raso
O duelo foi marcado pelas fortes divididas e duras faltas que compuseram o jogo quase em sua totalidade. Foram três expulsões (duas para o São Braz e uma para o Capão Raso) e quatro cartões amarelos no total. Com a bola rolando, o São Braz foi mais eficaz e saiu na frente do placar aos 26’, após cabeçada de Tripa. Ainda na primeira etapa, aos 40’, o Capão Raso perdeu a chance de empatar após Sorocaba desperdiçar pênalti, cobrando a infração para fora. No final da segunda etapa, aos 40’, o São Braz aproveitou contra-ataque puxado por Rômulo, e Davi definiu o placar, em novo gol de cabeça. Com o resultado, o São Braz chega em uma final inédita e começa a decidir o título já no próximo sábado, jogando em casa.




APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdo extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.