PROPAGANDA

[BR SUB-20] Coritiba para na trave e perde para o Cruzeiro em casa

Foto: Rodrigo Dorneles/Agência DRAP
Na tarde desta quarta-feira (31), no Estádio Janguito Malucelli, em Curitiba, Coritiba e Cruzeiro jogaram em duelo válido pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro Sub20 de 2019. O confronto teve o triunfo da equipe mineira pelo placar de 1 a 0 sobre o Coritiba, que conseguiu colocar a bola quatro vezes na trave. Sendo assim, o time do Cruzeiro entra na zona de classificação, enquanto que o Coritiba fica mais uma rodada sem vencer no certame.

#BRASILEIRO SUB-20
Por @rafaelbuiar

PRÉ-JOGO: As duas equipes chegaram para o confronto da 8ª rodada com um revés na última semana. Enquanto que o Coritiba perdeu no litoral paulista para o escrete do Santos pelo placar de 3 a 1, o time de Minas Gerais perdeu em casa para o Fluminense pelo placar de 2 a 1. Ou seja, ambas chegam para este confronto em busca da reabilitação na tábua de classificação, pois mesmo com a distância grande em relação a colocação – Cruzeiro é o 9º o Coritiba é o 16º, a diferença de pontos é de apenas dois pontos.

O EMBATE: O duelo iniciou com um leve domínio de posse de bola da equipe alviverde, que conseguiu trocar passes no meio de campo. Mas com o passar do tempo, o Coritiba não conseguiu entrar na defesa do time mineiro. Aos 5’, susto do time alviverde, com cobrança de falta do meia campista Yan Couto, que retornou da seleção brasileira de categoria de base. Depois disso, a equipe do Cruzeiro passou a ter mais controle de jogo e em uma roubada de bola, ainda no meio de campo, conseguiu abrir o placar no Janguitão, aos 10’. O camisa 7, Welinton, recebeu no flanco direito e cruzou na medida para Thiago, que firme cabeceou. Sem chances para o goleiro Marco Antonio.

Próximo dos 20’, a equipe do Coriitba passou a utilizar o trio ofensivo de atacantes - Pablo Thomaz, Guilherme Dubas e Nathan; com mais intensidade. Dentre as jogadas, algumas faltas próximas a área do Cruzeiro foram marcadas. Mas sem sucesso e perigo de gol. Enquanto que o time mineiro chegou pouco, mas quando chegou assustou. E mais uma vez, Thiago de cabeça quase surpreendeu o goleiro Marco Antonio. A origem da jogada aconteceu no flanco direito em erro do sistema defensivo na saída de bola.

Ao passar da metade da etapa inicial e prosseguir até os minutos finais do primeiro tempo, o time do Coritiba persistiu no ataque, principalmente, pelos flancos. Mas o arremate certeiro foi o que faltou para conseguir chegar ao empate ainda nos primeiros 45’ do duelo. O lance mais capital na retal final da primeira etapa foi com Guilherme Dubas, que recebeu de Angelo Neves e acertou um forte chute no travessão. Sendo essa, a última oportunidade clara de gol no primeiro tempo.
 
Rodrigo Dornelles/ Agência DRAP
A etapa complementar iniciou com alteração na equipe do Cruzeiro. Saiu o atacante Zé Eduardo e entrou Mateus Pereira. Mesmo assim, o time do Coritiba entrou com a mesma postura que terminou o primeiro tempo. Ou seja, com o time buscando o gol. Não deu outra, aos 6’ o camisa 10 alviverde arrematou firme e quase surpreendeu. A bola passou muito próximo da trave esquerda do goleiro Vinicius. Minutos depois, aos 14’, a equipe do Cruzeiro deu a resposta. Ryan ganhou na roubada de bola de Natanael e cruzou na medida para Thiago, que com classe subiu e testou à meta de Marco Antonio. O arqueiro alviverde pulou como gato e afastou o perigo para escanteio, que na sequência não foi aproveitado pela equipe mineira.

Passados dos 20’ da etapa complementar, as duas equipes realizaram mais alterações. Porém, o ritmo diminuiu e o jogo passou a ser mais faltoso no meio de campo. Mas dentre as jogadas de ataque, destaque para as finalizações de Pablo Thomaz, que quase terminaram com o gol do atacante. Aos 35’, em mais uma tentativa alviverde, a bola bateu na trave novamente. Desta vez, Yan Couto arrematou cruzado e a bola teve o destino alterado, já que a bola bateu no pé do zagueiro cruzeirense e terminou carimbando a trave. Três minutos depois, Pablo Thomaz acertou duas vezes a trave. Na primeira um chute forte no rebote de jogada de escanteio e na sequência um voleio, que foi defendido pelo arqueiro da celeste.

Depois disso, o Coritiba passou a pressionar com frequência o time do Cruzeiro, que conseguiu ficar bem postado e se armou para o contra-ataque. Dente essas jogadas, João Luiz desceu em profundidade, com bola roubada no meio de campo, e cruzou na medida para Caio chutar rasteiro e quase marcar o segundo gol aos 49’. Mesmo assim, o time visitante conseguiu sair com vantagem no placar final dentro do Janguito Malucelli. Triunfo que deu a reabilitação ao time mineiro na competição, enquanto que o time do Coritiba teve o segundo revés seguido e vê seus adversários aumentarem a distância.


CORITIBA: Como em outras partidas pelo Brasileiro Sub-20, a equipe alviverde teve mais posse de bola e as jogadas de ataques passaram pelos pés do trio ofensivo – Nathan, Pablo Thomas e Guilherme Dubas. Mas nesta partida não foi só o sistema defensivo do Cruzeiro que evitou os arremates do Coxa, pois a bola bateu quatro vezes na trave.

FIQUE DE OLHO: O lateral esquerdo alviverde teve uma participação bastante ativa. Angelo Chaves conseguiu criar, atacar e também executou o tiro em algumas faltas pelo flanco. Com destaque pelo futebol apresentando na primeira etapa, o camisa 6 alviverde teve pelo menos três ataques perigosos que originaram de seus pés.

CRUZEIRO: O time mineiro conseguiu ter um destaque defensivo e também utilizar os flancos, principalmente em jogadas de contra-ataque, que serviram o atacante Thiago. Uma das principais armas da equipe celeste.

FIQUE DE OLHO: O camisa 11 da equipe do Cruzeiro, Thiago, é o principal finalizador da equipe mineira. As jogadas de ataque quase sempre terminaram com arremate do atacante. Ou seja, com jogadas pelos flancos ou no meio, Thiago sempre procurou fugir da marcação para finalizar. Destaque para o  atributo de cabeceio.

PRÓXIMA PARTIDA: A equipe do Coritiba irá até São Paulo enfrentar o time do Palmeiras, enquanto que o Cruzeiro jogará em casa contra o escrete do Botafogo. Ambos os confrontos estão previsto para a próxima quarta-feira (7) e às 15h.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

CORITIBA: 1 Marco Antonio; 2 Natanael, 3 Mateus Moura, 4 Vermudt e 6 Angelo Chaves; 5 Yuri Moço, 8 Vinicius Araujo e 7 Yan Couto; 10 Pablo Thomaz, 11 Nathan e 9 Guilherme Dubas (16 Daniel Mendes). Tec. Ricardo Quandt

CRUZEIRO: 1 Vinicius; 2 Luiz Gustavo, 3 Cesinha, 4 Paulo e 6 Ryan; 5 Jonathan (15 Alexandre Souza), 8 Rômulo, 10 Marco Antonio (17 João Luiz) e 7 Welinton (16 Caio); 11 Thiago e 9 Zé Eduardo (14 Matheus Pereira). Tec. Ricardo

FICHA TÉCNICA – CORITIBA X CRUZEIRO XXXXXXXXXXXXX

GOLS: Thiago aos 10’ do 1º tempo (Cruzeiro)
CA: Yan Couto, Vinicius Araújo, Mateus e Daniel Mendes (Corititba) | Luiz Gustavo (Cruzeiro)
ÁRBITRO: Robson Babinski
ASSISTENTES: Daniel Cotrim de Carvalho e Wagner Junior Bonfim
LOCAL: Estádio Janguito Malucelli, Curitiba.

ENTREVISTA DRAP XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX



APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdo extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.