PROPAGANDA

[TAÇA PR] Trieste vence XV de Novembro e termina líder do grupo B


Na tarde deste sábado (8), o Estádio Francisco Muraro, em Curitiba, recebeu a partida entre Trieste e XV de Novembro, válida pela última rodada da primeira fase da Taça Paraná 2019. Em campo, as duas equipes fizeram um primeiro tempo parelho. Porém, na segunda etapa, Thiaguinho entrou para desequilibrar a partida e garantir a liderança do Trieste no grupo B.


#TAÇA PR
Por Larissa Turko

PRÉ-JOGO: O Trieste recebeu o XV Novembro em partida válida pela última rodada da primeira fase da competição. Ambas as equipes já entraram em campo classificadas à próxima etapa e decidiram a liderança do grupo B. A equipe visitante precisa de um simples empate, enquanto que para o tricolor da colônia apenas a vitória interessa. Na rodada anterior, o time do Trieste venceu o Vila Sandra pelo placar de 4 a 0, enquanto o time do XV de Novembro perdeu para a Aprovale.

O EMBATE: Com a bola presa na intermediária as equipes contrastavam em um início de pressão. O XV mais fechado em seu campo de defesa, deixou apenas o atacante Rodolfo à frente, livre para se aproveitar de possíveis contra-ataques. A aposta do Trieste foi liberar os jogadores Repolho e Marquinho Lima na lateral direita. Ambos abusaram de uma avenida com pouca marcação para avançar e criar perigo. A primeira oportunidade de abrir o placar foi dos donos da casa, com Lino aos 10', em cobrança de falta. No lance o camisa seis mandou uma bola venenosa que carimbou o travessão.

Com as zagas bem fechadas, o recurso mais utilizado foram os lançamentos direto na área, lance atrás de lance r a bola choveu lá dentro. Com a dificuldade na troca de passes, pouco se viu de jogadas criadas no chão, em alguns momentos a bola ficou mais no ar do que no campo. O nervosismo foi evidente, com os jogadores não se entendendo em diversos lances. O XV usou de Jonathan em dupla função, o atleta defendeu com roubadas de bola e apoiou no ataque chegando para aproveitar a sobra.

Depois que começou a trabalhar a bola melhor, e usou dos espaços também no lado direito do Trieste, a equipe de Colombo teve uma sequência de três chances de abrir o placar. As duas primeiras com Marcelinho, ambos os lances parecidos. Recebeu sozinho no ataque, avançou em velocidade e driblou o marcador, mas só pecou na finalização que parou no goleiro. Contudo, embalados pelas investidas, conseguiram quebrar a defesa do rival e abrir o placar. Na jogada que deu origem ao lance, Juninho estava sem marcação na área, recebeu rasteiro e de frente para o gol mandou uma bomba. O final do primeiro tempo foi pegado, mas sem qualquer interferência no placar parcial que terminou 1 a 0 para o XV de Novembro.


Na volta dos vestiários, uma pressão total do Trieste que atrás do placar, teve logo de cara duas ótimas chances de empatar, mas desperdiçou. A melhor foi com Thiaguinho que em grande jogada individual driblou Jonathan e mandou por cima do gol. A equipe foi para cima, e assim como na etapa inicial apertou nas jogadas. Isso se deu com Marcelo Andrade que chegou de surpresa vindo de trás e cabeceou mandando no travessão. Arriscando de todas os lados o tricolor conseguiu seu gol com Willian. Depois do goleiro Neto fazer boa defesa, acabou dando à sobra, o camisa nove em boa posição precisou apenas mandar para as redes para empatar para o tricolor.

O técnico Gabriel fez algumas mudanças no ataque  alvinegro que não estava rendendo da forma esperada, colocando Marciano para ganhar em poder de decisão. O Trieste também ganhou mais rapidez com a entrada de Thiaguinho, pois o driblador deixou a zaga adversária zonza. Em uma dessas, Thiaguinho saiu pela lateral e tocou para Willian. O centroavante na primeira tentativa parou em Jonathan. Na sequência, o camisa 9 recuperou a bola e com muita calma soube trabalhar, passou no meio de dois adversários e chutou para fazer a virada para o tricolor da colônia, o seu segundo gol no jogo.

A sequência da partida se deu com muito toque de bola, coisa que faltou no primeiro tempo. Ambas as equipes trabalhavam com mais calma as jogadas. Quando o XV finalmente voltou a ganhar entrosamento na partida, Thiaguinho apareceu para ser decisivo outra vez. Em grande jogada, aproveitou erro do adversário, roubou a bola e frente a frente com o goleiro marcou o terceiro para dar a vitoria para os donos da casa. O XV apostou todas suas fichas nas substituições, mas ainda assim não conseguiu reverter o placar que terminou com a vitória do Trieste pelo placar de 3 a 1. Com esse resultado o tricolor assume a liderança do grupo B e na próxima fase decide em casa.


PRÓXIMA PARTIDA: Na semifinal a equipe do XV de Novembro enfrenta o Iguaçu. Já o Trieste aguarda o seu adversário entre Palmeiras e Nova Geração.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

TRIESTE: 1 Juninho; 2 Repolho (19 Thiaguinho), 3 Jair, 4 Muriel e 6 Lino; 5 Gilton, 8 Marquinho Lima, 10 Hideo e 18 Marcelo Soares (11 Feijão); 7 Marcelo Andrade (13 Baloy) e 9 Willian Kieslowski. Tec. Ivo Petry

XV DE NOVEMBRO: 1 Neto; 2 Tedeski, 3 Du, 4 Márcio e 6 Jonathan (Chuchu); 5 Bruno, 8 Juninho (17 Gigante), 10 Willian (Didi) e 11 Marcelinho (18 Motta); 7 Zé Nunes (16 Elton) e 9 Rodolfo (19 Marciano). Tec. Gabriel Pereira

FICHA TÉCNICA – TRIESTE 3X1 XV DE NOVEMBRO XXXXXXXXXX

GOLS: Juninho aos 45' do 1º tempo (XV) Willian aos 9' e 20' do 2° tempo e Thiaguinho aos 40' do 2° tempo (Trieste)
CA: Rodolfo (Trieste) e Repolho, (XV)
ÁRBITRO: Danilo Simao Lagroteria Oliveira Faria
ASSISTENTES: Wesley Waldir Marmitt (1) e Alessandro Antonio Gonçalves (2)
LOCAL: Estádio Francisco Muraro, em Curitiba

ENTREVISTAS DRAP XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX


APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdos extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.