PROPAGANDA

[SÉRIE B] De virada, Londrina perde para Ponte Preta no Estádio do Café

Foto: Assessoria Londrina
O Londrina perdeu para a Ponte Preta por 3 a 1 nesta segunda-feira (10), no Estádio do Café, em partida válida pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro Série B. O Tubarão saiu na frente com Bertotto, mas sofreu a virada. Matheus Vargas, Renan Fonseca e Marquinhos marcaram os gols da Macaca. Apesar do revés, o Londrina permanece no G-4.


#SÉRIE B 2019
Por @danielmunizs

PRÉ-JOGO: Após vencer o Cuiabá, o Londrina buscava manter a sequência de oito jogos sem perder no Estádio do Café. O técnico Alemão, preocupado com o desgaste físico, fez três mudanças na equipe: Arthur Caculé, Diego Gonçalves e Paulinho Moccelin assumiram a titularidade. Em quinto na tabela no início da rodada, a Ponte Preta, que empatou com o Botafogo-SP na última sexta (7) tinha a missão de vencer e entrar no G-4 da Série B. Para isso, o técnico Jorginho contava com o retorno do volante Edson, que cumpriu suspensão.

O EMBATE: Com as duas equipes buscando um resultado positivo, o início do duelo entre Londrina e Ponte Preta foi de muita marcação e poucas finalizações. O Tubarão tinha a posse de bola, mas a Macaca, nos contra-ataques, chegava com mais perigo. Aos 19 minutos, Abner, da ponta esquerda, tocou para Roger que, na meia-lua, passou para Matheus Vargas. O meia entrou na área e finalizou na rede do lado de fora.

Aos 21, o Londrina abriu o placar. Arthur Caculé cobrou escanteio na primeira trave e Bertotto desviou de cabeça para os fundos da rede.
Em desvantagem, a Ponte adiantou sua marcação e passou a pressionar a equipe da casa. O resultado foi imediato. Dois minutos depois do gol alviceleste, Matheus Vargas avançou pelo meio, driblou Bertotto e arriscou uma finalização forte de fora da área. A bola viajou e estufou a rede do gol de Matheus Albino, que não conseguiu fazer a defesa e impedir o empate dos visitantes.

A Macaca passou a assumir o protagonismo no jogo, trocando passes com mais tranquilidade, apesar da pressão alviceleste, encontrando espaços nas laterais e chegando ao ataque com tabelas entre o trio Roger, Matheus Vargas e Marquinhos. Aos 47, Matheus Vargas recebeu a bola de Claudinho na direita e tentou mais um chute de fora da área, mas o goleiro do Londrina conseguiu espalmar para fora. Na sequência, Gerson Magrão cobrou escanteio. Airton desviou, a bola bate na trave e sobra para o zagueiro Renan Fonseca, que finaliza rasteiro da pequena área para virar o placar.

Foto: Assessoria Londrina
Com a entrada de Anderson Oliveira e Anderson Leite na volta do intervalo, o Tubarão correu atrás do placar incessantemente durante o início da segunda etapa. Logo aos 6 minutos, Arthur Caculé tentou uma finalização rasteira de fora da área, mas a bola parou nas mãos de Ygor, goleiro da Ponte Preta. Entretanto, apesar da pressão da equipe mandante, a Macaca soube explorar os contragolpes e ampliar a vantagem no Estádio do Café. Matheus Vargas aproveitou a falha de Anderson Oliveira para arrancar pelo meio e tocar para Roger, na ponta esquerda. O experiente camisa 9 cruzou em direção à pequena área, onde Marquinhos estava para finalizar e marcar o terceiro gol pontepretano.

O Tubarão aumentava a pressão, mas a Ponte Preta se mostrava sólida na defesa e perigosa nos contra-ataques. Aos 30, Paulinho Moccelin avançou pela direita e bateu cruzado. A bola desvia na defesa visitante e Ygor joga para escanteio. Na sequência, Safira recebe a bola e tenta o cabeceio, mas Ygor, mais uma vez, salva a Ponte Preta.  Aos 43, em contra-ataque, Roger recebeu passe de Camilo, chutou nas mãos de Matheus Albino e desperdiçou a chance de fazer o quarto gol da equipe visitante.

O Londrina tentou diminuir o placar em jogadas aéreas, mas foi impedido pela dupla de defesa adversária, Renan Fonseca e Airton, soberanos na etapa complementar, que garantiram a vitória da equipe de Campinas. Safira ainda foi expulso no final da partida, após, com o jogo parado, tentar fazer um gol com o braço.


PRÓXIMA PARTIDA: O Campeonato Brasileiro Série B faz uma pausa para a Copa América 2019 e só volta em julho.  Na nona rodada, o Londrina enfrenta o Operário, em Ponta Grossa, e a Ponte Preta recebe o Oeste em casa. Ambos duelos ainda não têm data definida.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

LONDRINA: 1. Matheus Albino; 2. Raí Ramos, 3. Augusto, 4. Marcondes, 6. Felipe Vieira; 5. Romulo (18. Anderson Leite), 8. Bertotto, 10. Arthur Caculé (22. Luidy); 11. Paulinho Moccelin, 7. Diego Gonçalves (17. Anderson Oliveira), 9. Safira. Tec.  Alemão

PONTE PRETA: 1. Ygor; 2. Arnaldo (16. Diego Renan), 13. Airton (26. Trevisan), 4. Renan Fonseca, 6. Abner; 5. Edson, 11. Gerson Magrão, 10. Matheus Vargas; 8. Camilo, 7. Marquinhos (Dadá), 9. Roger. Tec. Jorginho

FICHA TÉCNICA – LONDRINA 1 X 3 PONTE PRETA XXXXXXXXX

GOLS: Bertotto, aos 21 minutos do 1º tempo (Londrina) Matheus Vargas, aos 23 do 1º tempo, Renan Fonseca, aos 48 do 1º tempo, e Marquinhos, aos 8 do 2º tempo (Ponte Preta)
CA:  Safira, duas vezes (Londrina) Ygor e Airton (Ponte Preta)
CV: Safira (Londrina)
ÁRBITRO: Diego Pombo Lopez
ASSISTENTES: Elicarlos Franco de Oliveira e Jucimar dos Santos Dias
LOCAL: Estádio do Café, em Londrina
PÚBLICO/RENDA: 9.603 pessoas para uma renda de R$ 94.366,00

APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdo extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.