PROPAGANDA

[ASPIRANTES] Em jogo com dois pênaltis perdidos, Coritiba vence Ponte Preta de virada


Nesta quinta (6), Coritiba e Ponte Preta se enfrentaram no Ecoestádio Janguito Malucelli pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro de Aspirantes 2019. O jogo foi movimentado, com direito a um pênalti perdido de cada lado. A equipe campineira saiu na frente, mas com dois gols de Pablo Thomaz o Alviverde virou e ficou com a vitória por 2 a 1.

#ASPIRANTES 2019

PRÉ-JOGO: As duas equipes chegaram para o confronto buscando uma reabilitação. A Ponte perdeu as duas partidas que disputou, contra Avaí e Corinthians, ocupando a penúltima posição do grupo B. Já o Coritiba estreou bem vencendo o clássico contra o Athletico, mas perdeu para o Santos fora de casa. O Alviverde buscava o triunfo para permanecer no grupo de classificação à próxima fase, visto que começou a rodada na quarta colocação do grupo A.

O EMBATE: A partida começou com a Macaca indo ao ataque, tentando envolver o adversário com toques rápidos. A primeira chance do jogo foi campineira, com Italo balançando a rede após cruzamento da esquerda aos 5’, mas o assistente assinalou impedimento na jogada. No entanto, o escrete alvinegro seguiu ofensivo e foi recompensado aos 12’. Junior Britez carregou a bola na intermediária e disparou uma bomba no ângulo esquerdo da meta alviverde, abrindo o placar para os visitantes.

Com a desvantagem, o Coritiba saiu para o jogo e teve a chance do empate logo na sequência. Aos 13’, Igor Paixão arrancou pela direita e foi parado por Ian Carlo dentro da área. No minuto seguinte, Pablo Thomaz bateu mal a penalidade e viu a bola passar por cima da meta de Luan. Mesmo tendo desperdiçado a cobrança, o Coxa passou a ser mais agressivo, explorando principalmente o lado direito de ataque com a dupla Igor Paixão e Yan Couto. O time da casa criou duas chances perigosas: uma aos 28’, quando Pablo dominou dentro da área, bateu à queima-roupa e Anderson salvou quase em cima da linha e; outra aos 43’, quando Kady chutou de longe e o goleiro Luan segurou.

A equipe campineira recuou um pouco após o pênalti, chamando o Coritiba para esperar um vacilo e sair em velocidade, mas não conseguiu encaixar a proposta no primeiro tempo. A expectativa era de que o Alviverde conseguisse arriscar com mais perigo para que o jogo voltasse a ter a intensidade do início.


A esperança se concretizou com 16 segundos da etapa complementar. Na saída de jogo, Igor Paixão arrancou e cruzou da direita para Pablo Thomaz se jogar na bola e alcançar a redenção, empatando o jogo para o Alviverde. Com o empate o time mandante seguiu arriscando, e na segunda etapa passou a usar mais o lado esquerdo de ataque. O coxa teve uma chance perigosa aos 13’, quando Matheus Bueno recebeu na entrada área, fez bom drible e bateu próximo a traves esquerda. A resposta da Macaca veio três minutos depois, quando Heitor Roca recuperou bola na esquerda da área e arrematou pela linha de fundo.

As duas equipes mexeram por atacado para oxigenarem os ataques, e conforme o tempo ia passando o jogo ia ficando mais aberto. Aos 25’ Heitor teve outra oportunidade, mas dessa vez a bola foi na rede pelo lado de fora. Oito minutos depois, escanteio cobrado pela esquerda e o zagueiro coxa-branca Léo Andrade meteu a mão na bola. Luan Bahiano foi para a cobrança do pênalti, mas Rafael Martins espalmou.

A defesa deu a moral que o Alviverde precisava para ir atrás da vitória, e aos 41’ aconteceu o ato final da trajetória de Pablo no jogo. Após cruzamento de Kady, o camisa 9 cabeceou no canto esquerdo para dar números finais a partida. No Ecoestádio Janguito Malucelli, Coritiba 2x1 Ponte Preta.


PRÓXIMA RODADA: As duas equipes voltam a jogar na próxima quinta (13) às 15h. A Ponte recebe o Bahia no Moisés Lucarelli, enquanto que o Coritiba vai ao Barradão encarar o Vitória.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

CORITIBA: 1. Rafael Martins; 2. Yan Couto (13. Yan Santos), 3. Geovane (14. Luis Hungria), 4. Léo Andrade e 6. Vinicius Araújo (19. Angelo); 5 Matheus Bueno, 8. Anderson (17. Lalau) e 10. Kady; 7. Igor Paixão, 9. Pablo Thomaz e 11. Lucas Tocantins (18. Wellissol). Tec. Mozart.

PONTE PRETA: 1. Luan Ribeiro; 2. Emanuel, 3. Zulu, 4. Ian Carlo e 6. Anderson; 5. Julio Romao, 8. Ronald (13. Caique), 15. Galego (16. Rafael Mendonça) e 10. Junior Britez (17. Rafael Chaves); 9. Italo (14. Luan Bahiano) e 11. Heitor Roca. Tec. Angelo Marino.

FICHA TÉCNICA – CORITIBA 2X1 PONTE PRETA XXXXXXXXX

GOLS: Pablo Thomaz aos 0’16” e aos 41’ do 2° T (Coritiba); Junior Britez aos 12’ do 1°T (Ponte Preta).
CA: Lalau e Pablo Thomaz (Coritiba); Ian Carlo, Emanuel, Julio Romao, Italo e Angelo Marino (Ponte Preta).
ÁRBITRO: Murilo Klein.
ASSISTENTES: Heitor Alex Eurich (1) e Denise Akemi Simões (2).
LOCAL: Ecoestádio Janguito Malucelli, em Curitiba.

ENTREVISTAS DRAP XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX


APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdos extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.