PROPAGANDA

[SUB-19] Vai começar o Campeonato Paranaense de 2019

Coritiba foi o campeão da temporada passada ao vencer o escrete do Athletico na final
Começa nesta sexta-feira (03) o Campeonato Paranaense Sub 19. Com mais equipes e um regulamento um pouquinho diferente, a competição ocupará todo o restante do ano para os escretes de base. Assim como no ano passado, o ponta pé da competição será dado em Campo Largo


#SUB 19
Por Gabriel Sawaf

Demorou um pouco, mas enfim vai começar a competição dos meninos que estão mais próximos da categoria profissional. O Paranaense Sub 19 é a grande vitrine anual de jogadores do estado e este ano contará com novidades. Ano passado tínhamos 23 equipes, já em 2019 teremos 26. A maior parte dos escretes que disputam torneios profissionais estarão representados na principal competição de base.

O formato muda um pouco em relação ao ano anterior. Dessa vez serão cinco grupos na primeira fase, tendo quatro cinco equipes e um seis. Avançam os três primeiros colocados de cada grupo e o quarto do grupo que há mais escretes. Na segunda fase são formatos quatro grupos de quatro, na qual avançam os dois melhores de cada, que formam dois grupos de quatro, aonde serão descobertos os semifinalistas do torneio. Confira os grupos iniciais da competição:


GRUPO A - Norte e Noroeste
O grupo inicial da competição tem como destaque o Maringá, que chegou até a terceira fase da competição e por pouco não chegou as semifinais. Outra equipe que se destacou no ano passado e está nessa chave é o Apucarana Sports, que parou na segunda fase atrás de Athletico e Londrina. Paranavaí e Sport Campo Mourão não avançaram na primeira fase e tentam mudar a realidade neste ano. O Colorado fecha o grupo, vindo de um ano anterior jogando apenas o Sub 17.

GRUPO B - Norte
A chave que tem seis times é destacada pela presença do Londrina, que por muito pouco não foi finalista no ano passado e conta com seu destaque recente na base para fazer um grande torneio. Portuguesa Londrinense, Cambé e REC pararam na primeira em 2018 e tentam avançar neste ano. Já Arapongas e Nacional de Rolândia chegam após disputarem o Sub 17 para manter sequência no trabalho de formação

GRUPO C - Oeste e Centro
A região oeste do estado vem se tornando um grande celeiro de atletas nos últimos anos e as campanhas recentes dos escretes deste grupo mostra isto. O FC Cascavel se manteve invicto durante boa parte do torneio no ano passado e acabou caindo na segunda fase, mantendo um certo destaque mesmo assim. Foz do Iguaçu, Toledo e Batel foram outras equipes que chegaram até a fase seguinte ano passado, com o Porco ficando próximo da vaga para a terceira. O Verê estreia na categoria, trazendo na bagagem alguns do meninos que conquistaram o Paranaense Sub 17 ano passado, prometendo chegar com tudo também nessa nova competição.

GRUPO D - Capital e Campos Gerais
Eis que aparecem os grandes do nosso estado em um grupo que pode ser considerado o mais complicado. O Athletico, atual vice-campeão, vem com Eduardo Barros no comando, substituindo Marcão, para conquistar o caneco que não vai para a Baixada desde 2016. O Paraná também é outro que vem com novo treinador. Após a saída de Luciano Simm para o São Joseense, o Tricolor vem sob o comando de Jorge Ferreira, para tentar chegar mais longe na competição, já que ano passado parou na terceira fase. O Operário, que foi uma das grandes surpresas do ano passado, chega neste ano com muita moral para dar continuidade ao projeto, que quase resultou na classificação do Fantasma para a final do torneio. O Andraus vem com o rótulo de clube formador para tentar surpreender e o J Malucelli volta a categoria após três anos, quando foi vice-campeão.

GRUPO E - Capital, Campos Gerais e Litoral
O grupo que envolve mais regiões do estado traz como principal destaque o atual campeão, Coritiba, que também mudou de comando com Ricardo Quandt no lugar de Mozart, que foi para o time principal, luta para manter o título no Alto da Glória. São Joseense, Iraty e GRECAL tentam superar a desconfiança gerada em 2018, onde fizeram campanhas abaixo do esperado, para brigarem pelas vagas junto com o Rio Branco, que volta ao Sub 19 após ter ficado apenas no Sub-17 ano passado.

COBERTURA DRAP: A Equipe DRAP estará in loco na partida que abre a competição. Nesta sexta (03), às 15h, entre Andraus e Athletico, no CT do Andraus, em Campo Largo.


APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdos extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.