PROPAGANDA

[SÉRIE B] Na reestreia de Rafinha, Rodrigão decide e Coritiba vence o Cuiabá no Couto Pereira


Depois de um excelente primeiro tempo, em que o Coxa abriu o placar com Rodrigão, o Cuiabá voltou de forma surpreendente para a segunda etapa e quase estragou a manhã de quase 40 mil torcedores que estavam presentes no Couto Pereira. Mas o camisa 9 voltou a aparecer de forma decisiva e garantiu a vitória coxa-branca.

#SérieB
Por Yuri Casari

Pré-Jogo: Depois de duas rodadas sem vitórias, o Coritiba recebeu o Cuiabá no Couto Pereira para um público de mais de 37 mil pessoas. Além da necessidade de vencer, o alviverde teria a reestreia do meia atacante Rafinha com a camisa coxa-branca.

O EMBATE: Com uma formação diferente da utilizada na última partida em casa, passando do 4231 para o 4141, o Coritiba iniciou o pressionando o adversário. Desde os instantes iniciais, a equipe alviverde procurava Rafinha, buscando dar mais velocidade ao jogo. E com apenas oito minutos jogados, o novo reforço já balançou as redes em seu retorno ao Alto da Glória. Após reposição de Wilson, o zagueiro Toty tentou afastar a bola de cabeça, mas entregou nos pés de Rafinha. O meia avançou, fez a finta em dois marcadores e abelou com Patrick Brey antes de tocar a gol, mas o auxiliar marcou corretamente o impedimento no lance.

Apenas três minutos depois, Rafinha voltou a aparecer com destaque. Após entregar a bola para Rodrigão na ponta-esquerda, o meia apareceu para tabelar e serviu o camisa 9, que mesmo com pouco ângulo conseguiu abrir o placar e se recuperar dos dois pênaltis perdidos nas duas últimas partidas. Depois do gol de abertura, o Coxa seguiu melhor, tentou trabalhar o jogo, mas tinha pouca mobilidade na faixa central e não teve mais nenhuma chance clara de gol.

No intervalo, o Cuiabá fez duas alterações, e colocou um homem a mais no ataque. A substituição surtiu efeito, pois o Cuiabá passou a criar as melhores oportunidades, como aos 6 minutos, quando Toty finalizou dentro da área e Wison fez boa defesa. Aos 13, porém, o ídolo alviverde não pôde fazer nada. Em rápido contra-ataque, o time cuiabano envolveu a defesa coxa-branca, e quando Wilson tentou fechar o ângulo do chute de Escudero, o jogador teve inteligência e levantou a bola na área para Todinho completar de cabeça com o gol aberto.

O empate parcial trouxe a sensação de que mais uma vez o Coritiba desperdiçaria pontos preciosos. Umberto Louzer tentou mexer no time, mas na prática o Coritiba seguiu tendo dificuldades de atacar. Mas aos 35 minutos, em cobrança de falta pelo lado esquerdo, Matheus Sales levantou a bola e Rodrigão desviou no meio do caminho, arrancando na marra a importante vitória. Ainda teve tempo de tomar um grande susto. Aos 49 minutos, em uma última tentativa de empatar, Caio Dantas desviou a bola que veio pelo alto, e a bola passou perto da trave de Wilson, que já estava vendido no lance. Ao menos dessa vez, a sorte esteve ao lado do Coritiba, que com a vitória ultrapassou o Cuiabá na classificação e encosta no grupo dos quatro primeiros colocados da Série B do Campeonato Brasileiro.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

CORITIBA: Wilson, Diogo Mateus, Alan Costa, Romércio, William Matheus (Igor Jesus), João Vitor, Vitor Carvalho (Matheus Sales), Giovanni (Juan Alano), Patrick Brey, Rafinha e Rodrigão  T: Umberto Louzer.

CUIABÁ: Victor Souza, Toty, Douglas Mendes, Edson Borges, Jean Patrick, Danilo (Alex Ruan), Alê, Marino (Caio Dantas), Todinho, Escudero (Eduardo Ramos) e Felipe Marques. T: Itamar Schulle.

FICHA TÉCNICA – CORITIBA 2 X 1 CUIABÁ  XXXXXXXXX

GOLS: Rodrigão, aos 11’ do 1º tempo e aos 35’ do 2º tempo; Todinho, aos 13 do 2º tempo.
CA: Diogo Mateus (Coritiba); Toty e Marino (Cuiabá)
ÁRBITRO: Gilberto Rodrigues Castro Junior - PE 
ASSISTENTES:  Ricardo Bezerra Chianca - PE e Francisco Chaves Bezerra Junior - PE
PUBLICO/RENDA: 37.220 pagantes/R$ 424.519,69.
LOCAL: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba.


PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdos extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.