PROPAGANDA

Maranhão, o destaque do confronto entre Aprovale e Trieste


No último domingo (20), Aprovale e Trieste jogaram no Estádio Ruben de Melo, em Guarapuva. O duelo foi válido pela primeira rodada do returno da Taça Paraná de 2019. Com a proximidade na tábua de classificação, as duas equipes entraram em campo com o sistema defensivo reforçado. Quando tudo parecia terminar com o placar fechado, o treinador Ivo Petry tira da cartola uma alteração na reta final que mudou o jogo. Confira a 35ª do álbum DRAP e a 9ª da Taça Paraná.

#TAÇA PARANÁ
Por @rafaelbuiar

O confronto entre as equipes das cidades de Curitiba e de Guarapuava iniciou quente, com uma forte marcação, principalmente, da Aprovale, que precisava vencer para entrar na zona de classificação do certame, faltando duas rodadas para o término da primeira fase. Por outro lado, o escrete do Trieste estava apenas com um ponto a frente do time da Aprovale. Ou seja, premissas que valorizam o confronto antes de a bola rolar no Estádio Ruben de Mello, em Guarapuava.

Com bola rolando, a equipe do Trieste tentou impor o seu jogo já nos primeiros minutos. Gilton, Feijão e Hideo foram responsáveis pela criação. Mas o sistema defensivo do escrete guarapuavano levou a melhor em quase que 100% das jogadas. Ou seja, faltou a devida tranquilidade no momento da conclusão. Ao passar do tempo, o time da casa passou a mudar o seu estilo de jogo, pois colocou a bola no chão e atacou em contra-ataques, principalmente, com Alcimar e Poletto.

Mas as ações ofensivas de ambos os times não conseguiram dar resultado e em muitas vezes o jogo foi parado. Período que teve o início a partir do final da primeira etapa e prosseguiu até os minutos finais do segundo tempo. Ou seja, tudo estava se encaminhando para o 0 a 0 no placar em Guarapuava. Mas o treinador do Trieste, Ivo Petry, esperou o momento certo, já que conseguiu o triunfo, colocar Maranhão na sua equipe. O ponta que abusa de sua técnica e velocidade, conseguiu deixar os zagueiros da Aprovale Jordão mais cansados. Maranhão foi a referência no ataque por pelo menos cinco minutos de jogo. Foram pelo menos três tentativas. Dentre elas, uma o camisa 20 do Trieste conseguiu colocar no fundo do gol, mas o assistente assinalou impedimento.

Ainda assim, deu tempo de comemorar, já que aos 46’ do segundo tempo a origem do único gol da partida teve a sua participação. Maranhão conseguiu um cruzamento nos minutos finais a favor do Trieste. Hídeo recebeu no flanco direito e cruzou à área. William Koslowski antecipou do marcador e acertou a testada, que fez com que a bola ficasse no fundo do gol.

Portanto, Maranhão, que entrou na retal final da partida e foi responsável pela mudança de postura da equipe do Trieste, foi o melhor da partida entre Aprovale e Trieste. Sendo assim, o camisa 20 do Tricolor da Colônia foi a 35ª figurinha do álbum DRAP de 2019 e a nona da Taça Paraná.

APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdos extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.