PROPAGANDA

[SÉRIE B] Londrina vence Brasil de Pelotas e mantém 100% de aproveitamento no certame


Na noite desta sexta-feira (3), o Londrina recebeu o Brasil de Pelotas-RS, no Estádio do Café, em jogo válido pela segunda rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O jogo não agradou ao torcedor, que viu duas equipes muito abaixo tecnicamente. Quem acabou se dando melhor foi o Tubarão, que aproveitou jogada no último lance do primeiro tempo, marcou com Anderson Oliveira e saiu vitorioso.

#SÉRIE B 2019

PRÉ-JOGO: O Tubarão vinha embalado de duas vitórias consecutivas, uma delas contra o CRB-AL fora de casa pela estreia da Série B. O time buscava mais três pontos para confirmar o bom momento e conseguir uma ‘gordurinha’ neste início de competição. Mas para isso, o técnico Alemão teve que modificar parte do elenco por lesões. Se por um lado contou com o retorno de Germano, por outro perdeu Dagoberto, Luquinha, Wallace e Arthur Caculé.

Já o Brasil-RS não fazia um bom ano. Quase rebaixado no Campeonato Gaúcho, perdeu em casa na estreia da competição nacional para o RB Bragantino. Além disso, o Xavante também vinha com problemas no elenco. Bruno Santos e Pará estavam lesionados, e Bruno Paulo não foi regularizado a tempo.

O EMBATE: O Londrina, que já contava com quatro desfalques, teve mais um antes do jogo começar. Anderson Leite se lesionou no aquecimento e deu lugar a Rômulo. Sem o meia, o Tubarão sofreu muito na partida, pois perdeu um dos principais componentes na saída de bola do time. Higor Leite, que fazia a reestreia no time, foi marcado individualmente por Leandro Leite e não jogou bem, o que também dificultou o esquema do escrete alviceleste.

Já o Brasil se postou de forma defensiva no começo do jogo, buscando contra-ataques nos erros do Londrina. A primeira chance só foi acontecer aos 15’ em cabeceio de Carlos Jatobá. O Xavante buscava mais os avanços pela ponta esquerda com Branquinho, nas costas de Rômulo que não entrou bem. O Londrina só foi finalizar aos 18’ com Raí Ramos de fora da área, mas continuava com dificuldades na partida.

Anderson Oliveira e Marcelinho não conseguiam se desvencilhar da marcação para realizarem infiltrações, enquanto que Safira era marcado pelos dois zagueiros e não aparecia para tabelas. As coisas não iam bem, mas foi o torcedor do Londrina que saiu para o intervalo comemorando. Aos 46’, após lateral longo de Raí Ramos, Safira escorou e Anderson Oliveira apareceu, driblou o zagueiro e bateu cruzado, fazendo 1x0 no último lance do primeiro tempo.


A segunda etapa teve um Brasil saindo mais para o jogo e controlando a posse de bola, enquanto o Londrina esperava o adversário e buscava contra-ataques com seus pontas. Mas novamente o quesito técnico pesou, e os dois times não se impuseram na partida.

O Xavante teve a primeira chance aos 7’, em finalização de fora da área com Juba. Aos 15’, a melhor chance para o Londrina ampliar. Anderson fez boa jogada na ponta esquerda, enfiou para Safira, que ajeitou de letra; a bola sobrou para Marcelinho, mas o goleiro Carlos Eduardo defendeu.

O escrete gaúcho passou a buscar jogadas pela ponta esquerda, mas a zaga do LEC fez grande jogo e evitou quase todos os avanços. A última chance do time pelotense surgiu aos 27’, quando Ednei cruzou da direita e Douglas Baggio apareceu sozinho na área para cabecear, mas errou o alvo.

No mais, o Brasil buscou pressionar, enquanto o Londrina se propunha a contra-atacar, mas não houve mudanças no placar até o juiz encerrar a partida. No Estádio do Café, Londrina 1x0 Brasil de Pelotas-RS.

PRÓXIMA PARTIDA: O Tubarão retorna à campo na próxima quinta-feira (9) para o primeiro clássico paranaense desta Série B, quando vai a capital encarar o Coritiba, às 21h30, no Couto Pereira. Já o Brasil-RS retorna ao Bento Freitas no sábado (11), recebendo o CRB-AL às 19h.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

LONDRINA: 1 Matheus Albino; 2 Raí Ramos, 3 Augusto, 4 Sílvio e 6 Felipe Vieira; 8 Germano, 22 Rômulo (18 Bertotto) e 10 Higor Leite (16 Matheus Bianqui); 11 Marcelinho, 7 Anderson Oliveira e 9 Safira (20 Diego Gonçalves). Tec.  Alemão.

BRASIL-RS: 1 Carlos Eduardo; 2 Ricardo Luz (16 Ednei), 3 Leandro Camilo, 4 Bruno Aguiar, 6 Souza; 5 Leandro Leite, 8 Juba, 10 Murilo Rangel; 7 Carlos Jatobá (17 Marcinho), 11 Branquinho e 9 Fabrício (19 Douglas Baggio). Tec. Rogério Zimmermann.

FICHA TÉCNICA – LONDRINA 1 X 0 BRASIL DE PELOTAS - RS XXXXXXXX

GOLS: Anderson Oliveira, aos 46’ do 1°T (Londrina).

CA: Bertotto, Raí Ramos e Diego Gonçalves (Londrina); Juba e Sousa (Brasil).

ÁRBITRO: Gilberto Rodrigues Castro Junior.
ASSISTENTES: Francisco Chaves Bezerra Junior (1) e Bruno Cesar Chaves Vieira (2).

LOCAL: Estádio do Café, em Londrina.

PÚBLICO/RENDA: 1466 pessoas, com a renda de R$ 24.619,00.

PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdos extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.