PROPAGANDA

Edinho, o destaque da partida entre Ypiranga e Vila Velha


No último domingo (19), Ypiranga e Vila Velha se enfrentaram pelo jogo de volta das semifinais do Campeonato Amador de 2019, no Estádio Municipal João Chede, em Palmeira (PR). O time da casa venceu por 3 a 2 e se classificou para a final da competição. Em um jogo onde a equipe de Palmeira fez valer seu forte sistema ofensivo e pressionou o adversário durante todo o embate, o atacante Edinho se destacou com participações determinantes, principalmente nas jogadas pelas pontas, deixando seus companheiros em situação propícia para finalizarem ao gol. Confira a 37ª figurinha do álbum DRAP 2019.

#FIGURINHA DO JOGO
Por @egoytacazc

Após o empate sem gols na primeira partida em Ponta Grossa, Ypiranga e Vila Velha tiveram duas semanas para se preparar para o jogo decisivo em Palmeira, na disputa pela vaga na final do Amador 2019. Logo nos primeiros minutos de jogo, as equipes se apresentaram ofensivamente, determinadas a conquistar a vaga. O primeiro gol do jogo saiu logo aos 2’ e foi de Felipe Rangel, para o Vila Velha.

Com a vantagem, o Vila Velha jogou a responsabilidade para o time da casa, que apostou na intensidade ofensiva. Na maioria das oportunidades, o Ypiranga apostou nas jogadas pelas pontas, já que a marcação do alviverde da Vila Jamil era concentrada pelo meio. O gol de empate saiu aos 21’, em jogada de Yo para William, que tocou tirando do goleiro e marcou para o Ypiranga: 1 a 1.

O jogo deu continuidade com o Ypiranga mandando no ataque. A boa movimentação de Edinho no ataque, com e sem a bola nos pés, propiciou oportunidades claras para sua equipe virar o placar, mas as tentativas pararam na defesa do Vila, em mais uma partida inspirada do goleiro Pepe.

No entanto, quando a bola rolou para o segundo tempo, a persistência pelo gol dividiu espaço com a tensão e o nervosismo dos jogadores. Aos 11’, o lateral ypiranguista Wellington avançou em mais uma jogada pelo lado esquerdo do ataque e cruzou na área, encontrando o zagueiro Doidão, do Vila Velha, que acabou mandando contra o próprio gol: Ypiranga 2 a 1 Vila Velha.

Não demorou para, aos 15’, o camisa 10 Gilly conseguir uma bela infiltração na defesa adversária e aparecer livre para aumentar a vantagem: 3 a 1. Nessa jogada, mais uma vez, a movimentação do sistema ofensivo da equipe foi fundamental na ligação da jogada ao ataque, assim como em sua conclusão. O Vila Velha ainda conseguiu diminuir o placar aos 27’, em gol contra de Marcelo, mas não foi suficiente para evitar o triunfo do Ypiranga. O embate terminou em 3 a 2 e o time de Palmeira avançou à final do certame.


Edinho foi substituído na segunda etapa, para a entrada de Adriano. Durante os minutos em campo, a movimentação do atacante e sua precisão com a bola nos pés criou chances claras de gol, encaixando perfeitamente na proposta ofensiva da equipe, que saiu vencedora. Sendo assim, o camisa 9 é o figurinha da partida entre Ypiranga e Vila Velha.

PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdos extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.