PROPAGANDA

[COPINHA] Vila Torres e São Braz ficam na liderança dos grupos após terceira rodada


A terceira rodada da Copa de Futebol Amador de Curitiba colocou frente a frente as equipes que melhor iniciaram na competição. E quem levou a melhor nestes confrontos diretos foram o Vila Torres, que assumiu a liderança do Grupo A, e o São Braz, que se manteve na primeira colocação do Grupo B

#Copinha
Por Yuri Casari

Com uma média de 4,5 gols por jogo e nenhum empate em 0 a 0, a terceira rodada teve empate com muitos gols, goleadas e definição de forças dentro da competição.

Grêmio Ipiranga 4x4 Capão Raso
No Elba de Pádua Lima, um jogão de oito gols manteve as duas equipes invictas, e voltou a deixar claro o desequilíbrio do Capão, que ainda busca não sofrer tantos gols. O Tricolor de Aço abriu 2 a 0 no placar com menos de dez minutos, mas dos 26 minutos aos 35, ou seja, em apenas nove minutos, sofreu a virada. O Ipiranga ampliou para 4 a 2 no segundo tempo, mas o Capão conseguiu buscar o empate.

Imperial 1x2 Vila Torres
Valendo a liderança, o Imperial recebeu o Vila Torres no Octavio Silvio Nicco. Em um jogo com bastante equilíbrio, o time visitante abriu o placar aos 35 minutos da primeira etapa, mas o Tricolor do Mossunguê empatou no início do segundo tempo. A de minutos do fim, porém, o Vila Torres voltou a balançar as redes e assumiu a liderança do Grupo A.

Urano 3x1 Sergipe
O Urano conseguiu a primeira vitória no certame com uma atuação excepcional de Cesinha, ex-Palmeirinha, que marcou os três gols do Azulão contra o lanterna Sergipe.

Nacional 3x0 União Ahú
Depois de ter feito dois bons jogos, o União Ahú sucumbiu ao Nacional do Boqueirão, que assim como o Urano conquistou a primeira vitória na competição, com destaque para Guilherme, autor de dois gols.

Palmeirinha 1x2 Shabureya
O Shabureya não vencia uma partida oficial desde o dia 1º de outubro de 2016, quando goleou o licenciado Diamante por 4 a 1, pela 11ª rodada da Série B da Suburbana. Neste fim de semana, venceu o Palmeirinha de virada com dois gols de David, e quebrou o longo jejum.

Tanguá 2x4 Olímpico
Na segunda partida do Olímpico, a equipe treinada por Neri Santos manteve os 100% de aproveitamento e é o único clube que ainda não perdeu pontos. Com um início arrasador, o Olímpico fez três a erro com apenas seis minutos. O Tanguá reagiu e diminui para 3 a 2, mas nos acréscimos, o Olímpico garantiu a vitória.

São Braz 5x0 Uberlândia

O Uberlândia parecia ter se recuperado da estreia ruim, e todos esperavam um grande duelo pela liderança do Grupo B no Monte Bérico. Mas o São Braz teve um excelente desempenho e aplicou a maior goleada do campeonato até aqui. A dupla de ataque do líder funcionou bem, com três gols marcados por Luizinho e dois por Carlos. 

PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdos extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.