PROPAGANDA

[COPINHA] Em jogo eletrizante, Vila Torres vence Imperial fora de casa


No último sábado (18) o Imperial recebeu o União Vila Torres no Estádio Octávio Silvio Nicco, em duelo válido pela terceira rodada da Copa de Futebol Amador da Capital. O time visitante abriu o placar no primeiro tempo e levou o empate no início da segunda etapa, mas confiando na qualidade de seus jovens jogadores, o Vila fez o segundo gol com Lucas Braido e garantiu o triunfo por 2 a 1.

#COPINHA 2019

PRÉ-JOGO: No duelo de invictos, o Imperial jogava em casa buscando manter 100% na competição e a ponta do grupo A. Para tentar quebrar essa hegemonia, o Vila Torres, que tinha uma vitória e um empate, apostava nos contra-ataques para vencer o jogo nos domínios do seu adversário.

O EMBATE:  As expectativas que cercavam o jogo momentos antes do seu início se confirmaram. Como as duas equipes não sabiam o que era derrota na competição, não queriam dar mole e sair com o revés.

O Vila Torres veio com uma postura de ditar o ritmo do jogo, de maneira surpreendente por ser o visitante, tendo as melhores chances e maior posse de bola no início do embate. A primeira oportunidade de destaque aconteceu em contra-ataque puxado pela esquerda, aos 15 minutos, quando Lucas Braido recebeu livre dentro da área e, sem goleiro, bateu de canhota. De maneira heroica, o zagueiro Thiago deu um carrinho e livrou sua equipe de tomar o gol.

Esse lance acordou o time da casa, que respondeu logo em seguida em cobrança de escanteio pela canhota. Shed ergueu na área para Fernandão, o Capitão do Imperial subiu mais que a zaga e testou firme, mas o goleiro Reis estava atento e fez ótima defesa, mandando a bola pela linha de fundo.

Pelo ritmo frenético que o jogo estava se encaminhando, o gol não demoraria a sair, e o Vila Torres levou a melhor. Em descida pela direita com Gregory, aos 35’, o lateral-direito invadiu a área e bateu cruzado; o goleiro Tiago chegou a tocar na bola na tentativa de afastar, mas ela sobrou limpa no segundo pau para Mateus José que, bem posicionado, colocou o pé na bola e deixou o Vila Torres em vantagem no jogo.

No prejuízo, o Imperial se lançou ao ataque, ensaiando uma pequena pressão a poucos minutos do término da primeira etapa. A melhor chance veio em uma cobrança de falta, quando Arroz mandou por cima da barreira, mas por capricho a bola raspou na trave direita e foi para fora.


A equipe da casa voltou para a segunda etapa com a mesma postura que terminou o primeiro tempo. Buscava o empate a todo custo logo no início para ter mais tempo para virar o placar.

Na primeira finalização, em mistura de sorte com habilidade, Shed arriscou chute da intermediária esquerda; a bola viajou e morreu no ângulo esquerdo do goleiro, um golaço para igualar o placar.

O Vila Torres tinha a intenção de segurar o placar na segunda etapa, mas teria que construir novamente o resultado após o empate. A bola parada parecia uma boa alternativa, visto que em um escanteio pela direita Bruno subiu e testou firme, obrigando o goleiro Tiago a fazer boa defesa.

O Jogo ficou franco novamente, chances lá e cá. Mas a insistência e a velocidade do ataque da equipe do Vila Torres prevaleceram. Aos 37’, Lucas Braido penetrou na área pela direita, finalizou com qualidade de canhota e colocou novamente o time visitante em vantagem.

O Imperial não se conformava com o resultado, colocando o time novamente de forma ofensiva. A melhor oportunidade veio novamente em cobrança de falta, Shed mandou com efeito na gaveta, mas Reis foi buscar.

No entanto, o lance não foi o suficiente para evitar a derrota. Fim de um bom jogo de futebol no Octavio Silvio Nicco, Imperial 1x2 Vila Torres.


PRÓXIMA RODADA: O Imperial irá visitar o Urano no Estádio Manoel Garcia de Andrade. Já o Vila Torres irá receber o Sergipe no Estádio Mário Vendramel. Ambos os jogos serão no sábado (25) às 15h30.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX 

IMPERIAL: 1. Tiago; 2. Vermelho, 3. Fernandão, 4. Thiago, 6. Shed; 5. Zeti, 8. Nathan (17. Japa)., 7. Samuca, 10. Arroz; 11. Ronaldinho e 9. Geovani. Téc. Jardan Okoinski.

UNIÃO VILA TORRES: 12. Reis; 2. Gregory (15. Daniel), 3. Ferreira, 14. Bruno, 6. Mateus Jose; 5. Lucas (13. Paulo), 8. Anderson, 7. Marcelo, 10. Matheus; 11. Lucas Braido (4. Eduardo) e 17. Thiaguinho (20. Sarnoski). Téc. Julio Cesar de Oliveira.

FICHA TÉCNICA IMPERIAL 1 X 2 VILA TORRES XXXXXXXXXX

GOLS: Mateus José, aos 35’ do 1ºT e Lucas Braido, aos 37’ do 2ºT. (Vila Torres); Shed, aos 10’ do 2ºT (Imperial).

CA: Zeti (IMPERIAL); Gregory, Ferreira, Lucas e Bruno (VILA TORRES).

ARBITRAGEM: Kleber Ariel Golçalves Silva.
ASSISTENTES: Remy Neves Stephan Moro (1) e André Assunção Estevan (2).


LOCAL: Octávio Silvio Nicco, em Curitiba.

PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdos extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.