PROPAGANDA

[AMADOR PG] Em duelo equilibrado, Ypiranga e América empatam no primeiro duelo da final


O Ypiranga enfrentou a equipe do América na manhã deste domingo (25), em duelo válido pelo jogo de ida da final da Liga de Futebol Amador de Ponta Grossa. A partida realizada no Estádio Dr. Nilton Salles Rosa terminou empatada em 1 a 1. Com o resultado, ambas os escretes dependem de uma vitória simples para conquistar o título do certame.

#AMADORPG
Por Allyson Santos

PRÉ-JOGO: As duas melhores campanhas do certame chegaram à decisão. Com oito vitórias e duas derrotas no campeonato, o América vinha embalado pela goleada sobre o Metalurgente, nas semifinais, por 10 a 2 no placar agregado. Do outro lado estava o Ypiranga, que garantiu presença na final após vencer o Vila Velha por 3 a 2. A equipe comandada pelo técnico Júlio Cesar Vida já havia vencido os americanos em uma goleada por 4 a 1, ainda na fase de grupos. O alvirrubro de Palmeira veio a campo com algumas mudanças. Vinícius ganhou oportunidade na zaga titular, fazendo com que o capitão Marcelo fosse deslocado para a função de volante. No América, Fabrício compôs a zaga titular na vaga de William e Edilson começou a partida na meia cancha. O camisa 7 substituiu Pelé, destaque na última partida.

O EMBATE: Os primeiros minutos refletiram o equilíbrio entre os dois melhores escretes da competição. Com muitas faltas, a intensidade da partida se concentrava na faixa central do gramado. A primeira boa chance do jogo veio justamente em uma bola parada aos 11’ decorridos, quando Graxa arriscou finalização de muito longe. O goleiro Guilherme acompanhou a bola que passou raspando o poste esquerdo do América.

A resposta dos visitantes aconteceu minutos depois, em cobrança de escanteio pela esquerda. O goleiro Paulo saiu mal do gol e a zaga do Ypiranga afastou o perigo após uma confusão na pequena área. A equipe de Palmeira tinha mais posse de bola, mas esbarrava no forte sistema defensivo americano. A presença de Marcelo como primeiro volante fez com que o Ypiranga ganhasse o setor de meio campo, dificultando os avanços da equipe ponta-grossense. A equipe comandada pelo técnico Walter acionava a dupla de atacantes formada por Luiz e Farinha por meio de ligações diretas, apostando na velocidade dos dois atletas. A bola aérea também era um dos pontos fortes do América.

Aos 20’ jogados, o camisa 9 americano recebeu lançamento nas costas da zaga, invadiu a grande área e bateu cruzado. O chute balançou as redes pelo lado de fora. Já na reta final da primeira etapa, foi a vez do Ypiranga levar perigo à meta adversário. Gilly conseguiu passe em profundidade na direção de Guinho. O centroavante recebeu cara a cara com Guilherme, que saiu bem do gol para evitar o primeiro tento do embate.


Logo no início da segunda etapa os americanos saíram na frente após ótimo cruzamento pela direita. O zagueiro Fabrício subiu mais alto que a marcação e desviou de cabeça na pequena área para abrir o placar. Os visitantes não sentiram o gol e logo aos 15’ partiram para cima do América. Wellington recebeu passe em profundidade pela esquerda e cruzou para trás. A zaga dos visitantes afastou mal e a bola caiu nos pés de Yo. O camisa 7 dominou na marca do pênalti e bateu por cima do gol.

Mais uma vez na bola parada, foi a vez de Biro criar mais uma chance para os visitantes. Em cobrança de falta com efeito, o lateral-esquerdo obrigou Paulo a fazer grande defesa no canto. Em busca de mais alternativas para empatar o duelo, Júlio César Vida apostou na entrada de Robson na meia cancha. O camisa 15 deu mais criatividade aos ataques do Ypiranga e facilitou a quebra de marcação no sistema defensivo adversário. Foi dele o passe em profundidade para Gilly, que avançou pela ponta direita e chutou cruzado para empatar a partida aos 30’ do segundo tempo. Com o empate, as duas equipes agora iniciam a preparação para o segundo jogo, onde será definido o campeão da Liga de Futebol Amador de Ponta Grossa.


PRÓXIMO JOGO: O jogo de volta entre os dois escretes acontecerá no próximo domingo (02), às 10h, no Estádio Miró de Freitas.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXX

YPIRANGA: 1-Paulo, 2-Graxa, 4-Vinícius (19-Pedro Lucas), 3-Edimar, 6-Wellington (15-Robson), 5-Mascote, 8-Marcelo, 7-Yo, 10-Gilly, 18-Edinho, 11-William (9-Guinho). Téc.: Júlio Cesar Vida.

AMÉRICA: 1-Guilherme, 22-Adriano, 3-William, 4-Caco, 5-Batata, 6-Biro, 7-Edílson, 20-Ivan (8-Pelé), 9-Farinha, 10-Rodriguinho (23-Di Maria), 11-Luiz (25-Leandro).  Téc.: Waltermir Franckievicz.

FICHA TÉCNICA – AMÉRICA 1 X 1 YPIRANGA XXXXXXXXXX

GOLS: Gilly (YPI) Fabrício aos 5’ da segunda etapa (APFC)
CA: Marcelo e Robson (YPI) Edílson (APFC)
ÁRBITRO: Luiz Marcelo Casagrande
ASSISTENTES: Leandro Polli Glugoski (1) e Jonathan Evers Dias (2)
LOCAL: Estádio Dr. Nilton Salles Rosa, em Ponta Grossa.

ENTREVISTAS DRAP XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX


APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdos extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.