PROPAGANDA

[TAÇA PR] Vila Sandra e Trieste empatam na estreia da Taça Paraná 2019


Vila Sandra e Trieste se enfrentaram na tarde deste sábado (27), no Estádio Ozório Claudino de Barros, em Curitiba. A partida foi válida pela primeira rodada da Taça Paraná, categoria adulta. Em uma partida marcada por dois tempos distintos, onde no primeiro o Trieste dominou e no segundo o Vila foi melhor. Com várias chances desperdiçadas e uma grande atuação do goleiro Pantera, as equipes ficaram apenas no empate em 1 a 1 na abertura do certame.

#TAÇA PARANÁ
Por Larissa Turko

PRÉ-JOGO: Mesmo sem o brilho de outras edições, a Taça Paraná continua sendo a principal competição do futebol amador. O campeão passa a representar o estado em competições amadoras pelo Brasil como o Campeonato Sul-Brasileiro de Futebol Amador. Neste ano ela começa com um grande embate entre o Vila Sandra vencedor da Divisão de Acesso do ano passado, e que fez sua última participação em 2017. Do outro lado, o Trieste atual campeão da Suburbana e da Taça Kaiser. O tricolor que é o maior vencedor volta à competição depois de onze anos. Os dois destaques da temporada passada entram em campo querendo mostrar serviço. Vale lembrar, que nessa primeira fase as oito equipes se dividem em dois grupos, e jogam em turno e returno entre si, se classificam para a semifinal os dois melhores de cada.

O EMBATE: Com um início de partida de muita marcação, enquanto o Trieste vinha pelas laterais buscando abrir espaços, o Vila marcava firme a saída do rival forçando a falta. As duas equipes tiveram bons lances, mas quem começou assustando foi o time Alvinegro. O Trieste não deixou por menos e chegou perto de abrir o placar também. Na primeira oportunidade do Tricolor, Marcelo Soares fez boa jogada pela lateral e viu o lance parar na defesa de Pantera. O goleiro viria a fazer outra importante agora no chute forte de Feijão. O Trieste pressionava e ficava rondando a área adversária. Hideo e Marcelo Soares criaram várias chances pela lateral e meio. Já o Vila se fechou no seu meio de campo e insistia na ligações diretas. A equipe tinha dificuldades na parte criativa. O Trieste  estava mais entrosado e bem postado em campo, isso fazia com o jogo fluísse melhor no seu lado.

Na metade do primeiro tempo, o técnico Ivo Petry teve que fazer sua primeira substituição, depois de Bruno Santos sofrer uma falta dura ele sentiu e teve que sair, em seu lugar Muriel para tentar seguir com a mesma consistência defensiva. A equipe de Santa Felicidade dominava a partida e teve várias oportunidades, mas pecava na finalização. O Vila Sandra tinha dificuldade na troca de passes, e o meio pouco criava. Sem mais lances, a partida foi para o intervalo em 0 a 0. Na segunda etapa, o Vila veio com uma postura mais ofensiva. A equipe teve uma boa chance logo de início. O goleiro Juninho fez boa defesa, na sobra a bola tocou na mão do jogador do Trieste, mas o árbitro mandou seguir. Com a bola presa no meio de campo, nenhuma das duas equipes conseguia dar continuidades nas jogadas. O Vila que mudou sua postura de jogo foi recompensada com o gol. No lance, Geovane abriu pela lateral e cruzou na área para Leomar tocar e empurrar para as redes.


A felicidade do Alvinegro entretanto durou pouco tempo, já que o Trieste não demoraria a empatar a partida. O Tricolor  cruzou na área e na jogada o zagueiro do Vila colocou a mão na bola fazendo pênalti. O escolhido para a cobrança foi o camisa seis Lino, que não exitou e bateu firme para empatar.

As duas equipes trabalhavam em busca do segundo gol. O Trieste teria a oportunidade de virar a partida depois da marcação de novo pênalti, mas Pequi acabou parando no goleiro Pantera que fez enorme defesa para assegurar o empate. O zagueiro Vinícius que já tinha cartão pelo lance do pênalti, terminou expulso depois de matar um contra ataque do Trieste e tomar o segundo amarelo. Foi nesse ritmo que a partida se encerrou, empatado com um gol para cada lado.


PRÓXIMA PARTIDA: No próximo sábado a equipe do Vila Sandra enfrenta o XV de Novembro. Já o Trieste recebe no domingo, a equipe do Aprovale no Estádio Francisco Muraro. Ambos os jogos acontecem às 15H30.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

VILA SANDRA: 1 Pantera; 2 Felipe, 3 Pedro, 4 Vinicius e 6 Adson; 5 Herick, 8 Kaique, 10 Sabão (19 Marcelinho) e 11 Dionatan (14 Tiquinho); 7 Geovane e 9 Leomar (13 Adriano). Tec. Junior Saunry

TRIESTE: 1 Juninho; 2 Raul, 3 Jair, 4 Bruno Santos (13. Muriel) e 6 Lino (9 Thiaguinho); 5 Grilo (17 Marcelo Andrade), 8 Marquinho Lima (16 Repolho), 7 Gilton (20 Marabá) e 10 Hideo; 18 Marcelo Soares (19 Pequi) e 14 Feijão. Tec. Ivo Petry 

FICHA TÉCNICA – VILA SANDRA 1 X 1 TRIESTE XXXXXXXXXX

GOLS: Leomar aos 15' do 2º tempo (Vila) Lino aos 20‘ do 2° tempo  
CA: Kaique, Herick, Vinicius (Vila) e Grilo, Raul, Jair (Trieste)
CM: Vinicius (Vila)
ÁRBITRO: Murilo Ugolini Klein
ASSISTENTES: Tom Gomes Rocha (1) e Remy Neves Stephan Moro (2)
LOCAL: Estádio Ozório Claudino de Barros, em Curitiba

APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdos extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.