PROPAGANDA

Seleção "Do Rico ao Pobre" do Campeonato Paranaense de 2019


O Campeonato Paranaense de 2019 terminou no último domingo (21) e o escrete do Athletico, que venceu nas penalidades o Toledo, no Estádio Joaquim Américo Guimarães, em Curitiba, consagrou-se como campeão da temporada. Foram quase três meses do certame estadual e por isso, conforme realizamos em outras competições, a equipe do site Do Rico ao Pobre criou a seleção do campeonato. Confira como ficou o escrete dos melhores jogadores do Paranaense de 2019.


#PARANAENSE 2019
Por @doricoaopobre

O certame deste ano iniciou no fim do mês de janeiro e se prolongou até a terceira semana de abril. Ou seja, aproximadamente três meses de duração, com 74 embates, com a Taça Barcímio Sicupira Júnior (1º turno), a Taça Dirceu Kruger (2º turno) e os dois embates da decisão. Neste ano, a equipe rubro-negra da capital novamente disputou a final, mas dessa vez o adversário foi o escrete do Toledo, campeão do primeiro turno. Melhor para o escrete rubro-negro, que mesmo perdendo a primeira partida da final em 1 a 0, venceu a última no tempo normal por 1 a 0 e levou a decisão à penalidades, que terminou com triunfo a favor do Athletico e levantou o caneco em casa. Devido a isso, em um contexto geral, a equipe campeão foi a que mais teve integrantes na seleção, em relação as demais.


O escrete rubro negro teve no total quatro jogadores. Começando pelo sistema defensivo, Khellven foi o lateral direito, Lucas Halter foi o zagueiro. Na volância, Erick. O Atacante e craque do campeonato, Marquinho.

Para completar a seleção, o time do Toledo, vice-campeão, teve dois representantes como o goleiro André Luiz e o volante Revson. Ambos já foram negociados com o Operário para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série B. Fechando os onzes, o time do Coritiba teve dois representantes, Alan Costa como zagueiro e o atacante Rodrigão, que terminou como artilheiro da competição com 7 gols. Na mesma quantidade, a equipe do Londrina, que teve o meia Luquinha e o atacante Anderson Oliveira. Fechando o escrete, o lateral William Simões, que jogou pelo FC Cascavel.

Para treinar esta seleção, o comandante Alemão do escrete do Londrina. A revelação foi o jovem Luqinha do Londrina. O craque da competição foi Marquinho. A eleição foi realizada após a final do certame realizada no último domingo (21) pelos integrantes da equipe DRAP.


APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdos extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.