PROPAGANDA

[TAÇA PR] Iguaçu e Nova Geração ficam no empate no jogo de abertura da Taça Paraná 2019


Na tarde deste sábado (27), Iguaçu e Nova Geração jogaram no Estádio Egydio Ricardo Pietrobelli, em confronto válido pela primeira rodada da Taça Paraná de 2019. O duelo iniciou com a equipe da cidade de Araucária saindo na frente no placar com gol de Márcio, mas ainda na primeira etapa o alvinegro conseguiu o empate com o lateral Neto. Mesmo assim, a equipe do Iguaçu foi surpreendida pela escrete visitante, pois não conseguiu furar novamente o sistema defensivo e o placar ficou empatado em 1 a 1 até o apito final do embate.


#TAÇA PARANÁ 2019
Por @rafaelbuiar

PRÉ-JOGO: A equipe do Iguaçu conseguiu a vaga para a disputar o certame com o título da Taça Paraná de 2018. Porém, o plantel alvinegro apresentou peças diferentes em relação ao time do ano passado. Destaque para as posições de meio de campo, com Nilvano, Magú e Baroni. Já no lado do Nova Geração, um plantel de garotos, com destaque para Matheusinho, artilheiro da Taça Paraná de 2019. O representante da cidade de Araucária conseguiu a vaga com a conquista da Liga de Araucária de 2018.

O EMBATE: Com atraso de um membro da arbitragem, o duelo iniciou com 15’ depois do horário previsto – 15h30. Com bola rolando, a equipe do Iguaçu teve mais volume de jogo desde os primeiros minutos de partida. Mas quem conseguiu assustar primeiro foi o time do Nova Geração, que optou por jogadas de contra-ataque, principalmente com Matheusinho. Não deu outra, aos 8’ aconteceu o primeiro arremate com Luis Carlos e a bola acertou a trave. O lance deu um gás de ânimo para o Nova Geração, que aos 11’ conseguiu inaugurar o placar. Matheusinho foi abusado pelo flanco direito, passou pelos adversários e deixou a bola tranquila para Márcio, que só teve o trabalho para empurrar para o gol.

Com a mudança no placar, o time do Iguaçu ficou mais nervoso e o meio de campo passou a errar diversos passes, dificultando a armação do escrete alvinegro. O pesadelo poderia ser pior, pois aos 20’ o time do Nova Geração conseguiu ampliar com Eduardo. Mas o auxiliar levantou a bandeira e assinalou impedimento. Tento que acordou o time da casa, pois em sua primeira troca de passes que deu certo entre Baroni, Alex Pinhais e Magú, o alvinegro quase empatou com um chute forte e rasteiro no arqueiro João Vitor, que defendeu em dois tempos.

Na sequência, com a descoberta do caminho, Vitor Tilly lançou para área, o sistema defensivo do Nova Geração não conseguiu afastar e a bola caiu certeira para Neto, que dominou e chutou firme. Sem chance para o goleiro João Vitor evitar o gol de empate do Iguaçu aos 25’. Com o placar em igualdade, o time da casa continuou com mais volume de jogo, mas com dificuldades de furar o bloqueio do Nova Geração. Ou seja, não encontrou o caminho do gol de desempate e o primeiro tempo terminou com o placar de 1 a 1.


No retorno à segunda etapa, o time alvinegro mudou. Saiu Helton e entrou Caron para dar mobilidade no sistema ofensivo. O troca-troca deu resultado nos primeiros minutos, mas não por muito tempo. Pois o time da casa ainda esteve nervoso e os erros de passes aconteceram com frequência. Devido a isso, o time visitante ficou fechado e tentou encontrar o caminho do desempate em uma bola de contra-ataque. Mas quem conseguiu assustar e quase virar o placar foi o time do Iguaçu. Baroni fez a jogada descendo pela direita e deixou a bola com Alex Pinhais, que teve uma boa oportunidade de alterar o placar. Mas o arremate não terminou em gol, para frustração do time alvinegro.

Lance que deixou o time da casa mais avançado, em busca do gol da virada. Porém, os espaços para o contra-ataque ficaram expostos. Ou seja, não deu outra. O time do Nova Geração conseguiu chegar aos 27’ com Matheusinho, em jogada pela esquerda. Mas o camisa 7 do representante da cidade de Araucária desperdiçou o arremate com a perna esquerda, em ótima posição. Sendo essa, a última chance clara da partida da equipe do Nova Geração. Enquanto que o time do Iguaçu teve uma chance com Bruninho, que de vôleio, quase surpreendeu o goleiro João Vitor, aos 37'. Mesmo com 5’ de acréscimo, o duelo terminou com o placar empatado.


PRÓXIMA PARTIDA: A equipe do Iguaçu irá desafiar o Palmeiras no Estádio Miró de Freitas, em Ponta Grossa. Enquanto que o time do Nova Geração irá jogar no Estádio Manoel Garcia de Andrade contra Araguari.

ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

IGUAÇU: 1 Rodrigo; 2 Neto, 3 Emerson, 4 Aderaldo e 6 Tilly; 5 Helton (18 Caron), 7 Magú, 8 Nilvano (17 Diego Bianchini) e 10 Baroni (20 Bruninho); 9 Diego (19 Leo) e 11 Alex Pinhais. Tec. Luizinho Netto

NOVA GERAÇÃO: 1 João Vitor; 2 Renan, 4 Vitor Hugo (16 Zé), 17 Vinicius (13 Barbosa) e 14 Lucas; 8 Luis Carlos, 12 André, 10 Eduardo e 5 Juliano; 7 Matheus e 9 Márcio. Tec. Marcos William

FICHA TÉCNICA IGUAÇU 1 X 1 N.GERAÇÃO XXXXXXXXXXXX

GOLS: Márcio aos 9’ do 1º tempo (Nova Geração) e Neto aos 25’ do 1º tempo (Iguaçu)
CA: Aderaldo (Iguaçu) | Renan (Nova Geração)
CV: Renan (Nova Geração)
ÁRBITRO: Diego Grubba Schitkovski
ASSISTENTES: Danilo Padilha e Jadriel Louri (ausente)
LOCAL: Estádio Egydio Ricardo Pietrobelli, em Curitiba

REPORTAGEM DRAP XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX


APOIE O PROJETO DRAP - Com o seu apoio, a equipe DRAP terá chancela de produzir conteúdos extras e de exclusividade, além de ajudar nos custos os integrantes da equipe, com transporte e entre outros. Conheça a nossa campanha de apoio colaborativo na @catarse - http://catarse.me/drap

Um comentário:

  1. Parabéns a todos da diretoria do Iguaçu que nós receberam com carinho e respeito.E parabéns as duas equipes que fizeram um ótimo jogo

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.