PROPAGANDA

Kazu, o destaque da partida entre Milan/Santa Mônica e Olinda


No último domingo (24), o Milan/Santa Mônica enfrentou o Olinda no Estádio André Mulaski, em Ponta Grossa. A partida foi válida pela segunda rodada da Liga de Futebol Amador de Ponta Grossa de 2019 e terminou com vitória de virada do Olinda pelo placar de 4 a 2. O início de jogo foi difícil para o time alviverde, que mesmo saindo atrás do placar, conseguiu manter a tranquilidade para assumir o controle das ações do jogo ainda na primeira etapa. Resultado que teve grande contribuição do Volante Kazu. Confira a 3ª figurinha de Ponta Grossa e a quarta do álbum DRAP de 2019.

#FIGURINHA DO JOGO
Por Marcus Benedetti

Jogo difícil, elencos nivelados e cada time como uma tática adotada. Foi assim que se desenrolou o confronto entre Milan/Santa Mônica e Olinda. O time rubro-negro apostou na velocidade de seus meias-atacantes Jhonatan e Jean Peter, enquanto o Olinda procurou trocar passes rápidos, com jogadas de tabelas, aproximação e manutenção da posse da bola. A estratégia do Milan/Santa Mônica pareceu melhor quando Jhonatan abriu o placar logo aos 3’, mas o Olinda não mudou sua característica e permaneceu tocando a bola com paciência para furar o bloqueio defensivo adversário.

Para isso, foi necessário um jogador de meio-campo que soubesse administrar o jogo e que tivesse paciência, qualidade e técnica para armar as jogadas. Esse jogador foi Kazu, que, atuando como segundo volante, teve êxito ao executar todos os passes com a maestria e calma necessária. Kazu fez parecer fácil os passes rápidos, certeiros, as viradas de jogo e a movimentação imprescindível que um segundo volante precisa ter no futebol atual. Além disso, o capitão e camisa 8 do Olinda foi premiado com um gol no final do primeiro tempo. Kazu se posicionou bem, apareceu como elemento surpresa na segunda trave, foi mais rápido que os defensores adversários e cabeceou com categoria para o fundo do gol, com um cruzamento que veio da esquerda.

Além do gol marcado e da categoria nos passes, Kazu foi implacável na movimentação. O camisa 8 recebeu a bola, dominou, tocou e já aparecia para receber novamente. Não guardava posição, abria espaços na defesa a todo momento. Por vezes, Kazu apareceu correndo pelas laterais se aventurando como um ponta ou às vezes até como um típico meia armador no círculo central. O capitão do Olinda pareceu estar em todos os lugares ao mesmo tempo, fez o papel de “box-to-box” do volante moderno, que significa basicamente o papel do jogador que percorre toda a extensão do campo de uma área até a outra, ajudando em lances ofensivos e defensivos.

Ou seja, o mesmo que fez Kazu ao longo do jogo entre Milan/Santa Mônica e Olinda, que apesar do destaque com a bola nos pés, também ajudou em diversas jogadas defensivas ao lado do outro volante do Olinda, Danilo, anulando o meio-campo do Milan/Santa Mônica que não conseguiu trocar passes no campo ofensivo. Sendo assim, o volante e capitão Kazu é a figurinha da partida entre Milan/Santa Mônica e Olinda.
drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.