PROPAGANDA

Coritiba e Toledo venceram nas penalidades e decidem a Taça Barcímio Sicupira


Na tarde do último domingo (17) foram definidos os finalistas da Taça Barcímio Sicupira, o primeiro turno do Campeonato Paranaense de 2019. Coritiba e Toledo empataram no tempo normal, venceram nas penalidades FC Cascavel e Operário, respectivamente, e fazem a decisão que será realizada no Estádio Couto Pereira, em jogo único.


#RESULTADOS

No Estádio Olímpico Regional, em Cascavel, o alviverde venceu o FC Cascavel nas penalidades por 5 a 3, após empatar em 0 a 0 no tempo regulamentar. Enquanto isso, no Estádio 14 de dezembro, em Toledo, na outra semifinal entre Toledo e Operário, 1 a 1 no tempo normal, nos pênaltis, 3 a 1 para o porco.  

FC Cascavel 0(3) x 0 (5) Coritiba
A atmosfera foi favorável para o FC Cascavel, pois além do aumento da capacidade público do Estádio de 10 mil para mais de 26 mil torcedores para a partida, teve aproximadamente 20 mil camisas vendidas ao longo da semana, no valor de R$ 29,00.

Com bola rolando, a equipe da região Oeste foi melhor durante os 90 minutos. Aos 18’ da primeira etapa, ocorreu a melhor oportunidade para o FC Cascavel, o lateral Everton cruzou, a bola passou por todo mundo e foi na trave, Ricardo Lobo dividiu com Wilson, mas nenhum dos dois alcançaram. Porém, o destaque do escrete aurinegro foi com William Simões na lateral-esquerda. Minutos depois, o time do Coritiba chegou e foi aos 38’, após bola na área, Rodrigão cabeceou na trave e desperdiçou a melhor chance alviverde. O centroavante fez uma excelente partida, mesmo com dificuldades que o Coxa teve para criar e fazer com que a bola chegasse ao ataque.

Aos 26’ da segunda etapa, a serpente quis dar o bote, atacou com seu veneno. William Simões foi derrubado por Vitor Carvalho dentro da área. O árbitro assinalou pênalti. Ricardo Lobo foi para a cobrança e bateu rasteiro, no canto esquerdo de Wilson. O arqueiro alviverde defendeu. O número 12 do Coritiba teve o antídoto para o veneno. O goleiro coxa-branca foi o grande destaque do confronto, nesse momento e depois na decisão das penalidades. Lucas Tocantins, jovem revelação do FC Cascavel, entrou bem, e até chegou com perigo pelo lado esquerdo de ataque da equipe da casa. Entretanto, Tocantins desperdiçou uma cobrança na decisão das penalidades, bateu colocada no canto esquerdo e Wilson defendeu, garantindo a classificação para o Coritiba pelo placar de 5 a 3. Alegria dos alviverdes e tristeza para os mais 11 mil torcedores da serpente.

Toledo 1(3)x1(1) Operário
Os dois clubes foram os melhores colocados no Grupo A, em uma chave extremamente equilibrada. Prova disso é que na última rodada cinco escretes tinham condições de classificação. Mas quem chegou a fase semifinal foram o porco e o fantasma, que foi disputada no Estádio 14 de dezembro, em Toledo.

O Toledo venceu o Operário nos pênaltis e garantiu a vaga na final da Taça Barcímio Sicupira. Aos 7’, Eduardo abriu o placar para Toledo, em lançamento de Júlio Pacato na área do Operário, Tiaguinho e Peixoto dividiram, mas a gorduchinha sobrou para o zagueiro do porco que bateu rasteiro no canto direito de Simão. A melhor oportunidade do fantasma nos 45 minutos iniciais foi com Dione, aos 28’, após chutar no canto de André Luiz, que fez ótima defesa.

O Operário pressionou na segunda etapa. O fantasma chegou com Peixoto, que finalizou com perna esquerda e goleiro do porco salvou a grande oportunidade. Depois, Cleyton aos 43’ que pegou uma sobra e acertou o cantinho. Porém, mais uma vez André Luiz brilhou. Um minuto depois, Cleyton driblou dois jogadores do Toledo e invadiu a grande área, bateu firme e a bola acabou desviando na defesa do porco e balançou as redes do adversário. Sendo essa, a última cartada dos 90’, que terminou em 1 a 1.  

O pé estava mal calibrado ou as duas equipes não treinaram batidas de pênaltis durante a semana. Para o operário: Schumacher chutou longe do gol, Cleyton parou no travessão e Lucas Batatinha viu André Luiz defender sua penalidade, e só Robinho fez para o fantasma. Do outro lado, Eduardo e Neto bateram e Simão defendeu. Revson, William Darros e Guilherme Rend marcaram para o time da casa. No fim: 3 a 1 para o Toledo. Resultado que credenciou o porco na finalíssima do 1º turno do Campeonato Paranaense, diante do Coritiba. 
drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.