PROPAGANDA

[AMADOR PG] Olinda vence Milan/Santa Mônica de virada e ultrapassa o adversário


Na manhã deste domingo (24), Milan/Santa Mônica e Olinda se enfrentaram no estádio André Mulaski pela 2ª rodada da Liga de Futebol Amador de Ponta Grossa. O time rubro-negro saiu na frente do placar com Jonathan, mas Danilo (2x), Kazu e Josenei viraram para o Olinda. No fim da partida o Milan/Santa Mônica descontou com Valdeir, mas não conseguiu evitar a derrota por 4 a 2.

#AMADOR PG

PRÉ-JOGO: Após iniciar o campeonato empatando em 3 a 3 contra o Santa Paula, o Olinda entrou em campo em busca da primeira vitória da equipe na competição. Por outro lado, o Milan/Santa Mônica foi a única equipe do Grupo A que estreou com vitória no certame, após derrotar o W-03 pelo placar de 1 a 0. O escrete rubro-negro chegou para a partida com a expetativa de se manter na liderança do grupo.

O EMBATE - A partida começou com muita intensidade por parte das duas equipes. Logo no primeiro minuto o Olinda chegou com perigo com Elieser, que quase aproveitou cruzamento de Gabriel, mas acabou perdendo o tempo da bola. A resposta do Milan/Santa Mônica aconteceu rapidamente, aos 3’, quando Jhonatan fez o primeiro gol do confronto. O camisa 10 aproveitou sobra dentro da área e finalizou forte de perna esquerda no canto direito do goleiro Ronaldo.
Após o gol logo no início, os 10 primeiros minutos continuaram sendo de muita movimentação dos dois lados. O Olinda tentava trocar passes rápidos para chegar ao ataque com a bola no chão, enquanto o Milan/Santa Mônica passou a apostar em contra-ataques, aproveitando a velocidade de Jean Peter e Jhonatan.

Foi em um desses lances que o Milan chegou a balançar as redes novamente, aos 15’, mas o gol foi anulado pelo árbitro. O camisa 7 Jean Matheus recebeu passe de Jean Peter e tocou na saída do goleiro, mas o assistente alegou impedimento do meia-atacante no lance. Depois dos primeiros 15 minutos marcados pelo equilíbrio, o Olinda melhorou na partida e passou a ter mais posse de bola. Aos 17’ a equipe alviverde chegou com perigo pela primeira vez, quando o zagueiro Ederson cabeceou forte após cobrança de falta na área, mas o goleiro Carlos Henrique fez a defesa. A melhora do Olinda surtiu efeito aos 25’, quando o time chegou ao gol de empate. Após boa troca de passes, o camisa 11 Elieser foi derrubado e sofreu falta; na cobrança, o volante Danilo chutou forte, a bola passou da barreira e foi parar no fundo da rede.


Após o gol a partida ficou disputada no meio de campo, com ambas as equipes errando muitos passes e com o Milan/Santa Mônica apostando em lançamentos longos para explorar a velocidade de seus pontas. Aos 30’, o time rubro-negro quase conseguiu o segundo gol após cobrança de falta de Rodrigo, mas a bola subiu e passou rente ao travessão do goleiro Ronaldo. Três minutos depois o Olinda respondeu com Elieser, que recebeu passe em profundidade e saiu na cara do goleiro, mas a finalização passou à esquerda do gol adversário. A equipe do Olinda conseguiu chegar ao gol da virada aos 38’, novamente com Danilo. O goleiro Carlos afastou mal um levantamento na área e a bola sobrou nos pés do camisa 5, que dominou próximo a meia-lua e finalizou colocado no canto direito alto para fazer o segundo dele e do Olinda no duelo.

O time do Olinda cresceu na partida, passou a ter o controle das ações ofensivas e aos 40’ conseguiu o terceiro gol com o atacante Josenei. Após cruzamento na área, o goleiro Carlos Henrique falhou ao tentar encaixar, Elieser disputou a bola, mas ela sobrou nos pés de Josenei, que livre de marcação só empurrou para marcar o terceiro do Olinda. Antes do fim da primeira etapa, o Olinda aproveitou o bom momento para ampliar a vantagem no placar. Aos 46’, após troca de passes rápida, o volante Kazu recebeu cruzamento na segunda trave e cabeceou forte para fazer o quarto da equipe alviverde no confronto.

A segunda etapa começou em um ritmo menos acelerado, com o time do Olinda trocando muitos passes no campo e gastando tempo por conta da vantagem no placar. Já o Milan/Santa Mônica trouxe sangue novo para a segunda etapa, com a entrada de Elifaz, Valdeir e Ronny. O primeiro lance de perigo do segundo tempo aconteceu aos 13’, a favor do Olinda, quando o lateral-esquerdo Jonatan recebeu passe na ponta-esquerda e finalizou forte de fora da área, mas Carlos Henrique espalmou o perigo para longe. Logo em seguida, aos 14’, o Olinda teve a chance de fazer o quinto gol na partida após o árbitro assinalar pênalti de Ronny em cima de Josenei. O próprio camisa 9 cobrou a penalidade, mas o goleiro pulou no canto esquerdo para defender.



A partir dos 20’, o jogo perdeu qualidade técnica e as trocas de passes e jogadas rápidas deram lugar a lançamentos longos e divididas fortes. O Milan/Santa Mônica realizou 7 substituições para tentar reagir na partida, mas foram poucas as jogadas de perigo real do time rubro-negro. Uma delas aconteceu aos 24’, quando o lateral-direito Aguinaldo, que saiu do banco, fez bela jogada e tocou para Gabriel Camargo, que também começou como suplente, mas a bola tocou na forquilha antes de sair. Aos 30’, o Milan/Santa Mônica teve outro gol anulado, quando Índio recebeu cruzamento de Valdeir e aproveitou a falha do goleiro Ronaldo para cabecear no fundo do gol, mas o árbitro alegou empurrão de Índio em cima do zagueiro do Olinda no lance.

Aos 36’, o Olinda conseguiu boa chance com Gabriel, que recebeu passe em profundidade na ponta direita, finalizou tentando colocar no ângulo direito do goleiro, mas a bola subiu e passou longe do gol. Dois minutos depois, o Milan/Santa Mônica conseguiu descontar com Valdeir cobrando falta. O camisa 21 colocou a bola com maestria no ângulo esquerdo alto de Ronaldo, e ela chegou a tocar na trave antes de ir para o fundo das redes. Aos 47’, o Olinda chegou com perigo mais uma vez, agora com Gonzalo. O camisa 13 aproveitou cruzamento na área e cabeceou forte, mas a bola passou rente a trave direita de Carlos Henrique e foi para fora. Esse o último lance de perigo da partida: No estádio André Mulaski, Olinda 4x2 Milan/Santa Mônica.

PRÓXIMO JOGO: Na próxima partida, o Milan/Santa Mônica enfrenta o Santa Paula, enquanto o Olinda folga na rodada.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

MILAN/SANTA MÔNICA: 1- Carlos Henrique, 3- Luiz, 4- Leandro (6 Elifaz), 5- Cléber, 7- Jean Matheus (2 Aguinaldo), 9- Rodrigo (20 Índio), 10- Jhonatan (23 Gabriel Camargo), 11- Jean Peter (17 Jean Felipe), 13- Carlos Franco (21 Valdeir), 15- Cassiano, 22- Ericon (18 Ronny). Téc: Serafim.

OLINDA: 1- Ronaldo, 3- Ederson, 4- Carlos Alberto, 5- Danilo (13 Gonzalo), 6- Jonatan, 7- Gabriel (14 Joseph), 8- Kazu, 9- Josenei (17 Carioca), 10- Jonathan, 11- Elieser (16 Leandro Alves), 12- Elison (20 Leonardo). Téc: Marcos Barreto.

FICHA TÉCNICA - MILAN SANTA MÔNICA 2 X 4 OLINDA XXXXXXXXXX

GOLS: Jhonatan e Valdeir (Milan/Santa Mônica); Danilo (2x), Kazu e Josenei (Olinda).
CA: Jean Matheus e Jonathan (Milan/Santa Mônica); Danilo, Ederson e Kazu (Olinda).
ÁRBITRO: Gustavo Baggio Ratti.
ASSISTENTES: Sergio Luiz Roskosz (1) e Amazonas Mendes Filho (2).
LOCAL: Estádio André Mulaski, em Ponta Grossa.

ENTREVISTAS XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX



drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.