PROPAGANDA

Vem aí o Sul Brasileiro de Futebol Amador!

Atual campeão da Taça Paraná, o Iguaçu é o representante paranaense no campeonato
Neste feriado prolongado de Proclamação da República, Santa Catarina irá receber o Campeonato Sul Brasileiro Não Profissional. Entre os dias 16 e 18 de novembro, representantes de São Paulo e dos três estados da Região Sul se enfrentam em Nova Veneza em busca do troféu. Após cinco anos, a capital volta a representar o Paraná no torneio através do Iguaçu.

#PRÉ-JOGO

NÚMEROS: O Campeonato Sul Brasileiro começou a ser disputado há exatos 30 anos. De lá pra cá, o Rio Grande do Sul leva vantagem no número de conquistas, foram 13 títulos desde 1988 – o atual campeão é gaúcho, o 12 Horas de Porto Alegre. Dentre clubes, o Vila Fanny é o maior campeão com cinco taças, no entanto o Paraná não vence o torneio desde 2011, quando o Inter de Campo Largo levou a melhor. Confira a tabela do certame:


IGUAÇU (Paraná) – Essa será a segunda participação do Galo no campeonato, a primeira havia sido em 2013. O Alvinegro vem confiante após ter conquistado o bicampeonato da Divisão Especial e o título da Taça Paraná após 45 anos de espera. Na Suburbana 2018, o time chegou as semifinais e venceu o primeiro jogo contra o Novo Mundo por 3 a 0, dando um passo importante para chegar a mais uma final. O time do Butiatuvinha inscreveu 20 atletas para o campeonato, com destaque para as ausências de Feijão e Pedro Oldoni.

METROPOLITANO (Santa Catarina) – O Anfitrião da vez também vive um momento excelente. O Alvirrubro de Nova Veneza conquistou neste mês de novembro o tricampeonato catarinense de futebol amador, sendo dois de forma consecutiva (2017 e 2018). Já garantido no Sul Brasileiro de 2019, o Metrô busca o título inédito da competição, apostando em um elenco robusto de 25 atletas. Os destaques são o goleiro Passarela, o menos vazado do Catarinense com apenas um gol sofrido, e o atacante Beto Cachoeira, artilheiro do Estadual com três bolas na rede.

SERRARIA (Rio Grande do Sul) – A Federação Gaúcha de Futebol não organiza um campeonato estadual de futebol amador desde 2014, e desde então o 12 Horas representava o estado por ter sido o campeão mais recente do torneio. No entanto, nesta edição a Federação optou por enviar o campeão da Taça Serramar 2017, competição que é disputada desde 1985. O vencedor foi o Serraria de Santo Antônio da Patrulha, litoral gaúcho, que conquistou o seu segundo título na história (o primeiro havia sido em 2014).

O Auriverde chegou novamente à decisão da Serramar nesse mês de novembro, mas acabou perdendo nas penalidades para o Tramandaí. Dentre os 21 inscritos, destaque para o goleiro Gil, menos vazado da edição 2018 da Taça com cinco gols sofridos, o meia Wagner, um dos artilheiros com seis bolas na rede, e o atacante Julio Abu, campeão gaúcho pelo Novo Hamburgo em 2017.

FERROVIÁRIOS (São Paulo) – A equipe de Bragança Paulista foi vice-campeã do Campeonato Estadual de Amadores em 2017, mas o Corinthians de São Bernardo do Campo, que venceu o torneio, abriu mão da vaga por não conseguir conciliar o certame com as competições locais. Com isso, o Ferroviários volta a disputar o Sul Brasileiro após dois anos fora, e chega embalado por conquistar de forma invicta a edição 2018 do Paulista de Amadores – o quarto título do clube na história do campeonato. Dos 24 inscritos na competição, destaque para o atacante Henrique, artilheiro do Estadual 2018 com oito gols em 10 jogos.

COBERTURA: A Equipe DRAP estará presente em Nova Veneza acompanhando todas as partidas do Iguaçu no Sul Brasileiro. As duas primeiras rodadas serão duplas e os jogos acontecem no estádio Darci Marini – casa do Metropolitano. Os horários e locais da última rodada irão depender da situação do campeonato, já que dois times podem estar disputando o título e não se enfrentarem no último jogo.
drap
Tecnologia do Blogger.