PROPAGANDA

[SUB 19] Com gol no último minuto, Coritiba vence Paraná e garante vaga na semifinal do Paranaense

Foto: Cleiton da Cruz/Equipe DRAP
Na tarde desta quinta (01) o Coritiba fez o clássico diante o Paraná no CT da Graciosa. O jogo era decisivo para as duas equipes, que buscavam a classificação para a semifinal. O Tricolor foi melhor na primeira etapa, mas quem marcou primeiro foi o Coxa, com Matheus Bueno. Na segunda etapa o escrete paranista buscou o empate, marcando com Silva e Warley. O Verdão fez o seu com Léo Andrade. Quando tudo se encaminhava para para o empate, Pablo Thomaz mostrou seu faro de artilheiro, e aos 46' decretou a vitória e a classificação alviverde. 

#SUB19
Por Gabriel Sawaf

PRÉ-JOGO: O clássico dessa tarde era decisivo demais. Com o Coritiba liderando a chave com quatro pontos e o Paraná com três pontos, e um joga e menos, o clima era de muita expectativa. O Verdão precisava apenas empatar para conseguir sua vaga na semifinal. O Coxa contava com muitas alterações em relação a equipe que empatou em 3 a 3 com o Londrina no último sábado (27), sendo as principais as voltas de Pablo Thomaz e Luizinho. O Tricolor vem mordido da eliminação da Copa Sul, na tarde da última terça (30). O escrete paranista vinha sem Keniddy, suspenso, e Rodrigo Carioca, que passou a integrar o time principal, dando vaga para Vitinho. 

O EMBATE – O Coxa começou mais com a bola, só que quem assustou primeiro foi o Paraná. Aos cinco minutos Thawan arrancou pela direita e cruzou para Keslley, que fechou na área, mas chutou por cima do gol. Dois minutos depois o Coxa teve sua primeira chance e não desperdiçou. Paulo Henrique tocou para Matheus Bueno, que dominou e chutou firme, a bola ainda desviou na marcação antes de morrer no canto direito de Murilo.

O Tricolor ficava mais com a bola, porém não conseguia criar chances. O Verdão quando descia, assustava. Aos 17' Luizinho cobrou falta na cabeça de Geovane, que testou por cima da meta. O Paraná assustou aos 22', quando Warley cobrou falta da entrada da área e a bola bateu na rede pelo lado de fora. Os visitantes voltaram a dominar o jogo e chegaram novamente em bola parada, aos 35', quando Warley cruzou na cabeça de Paulo Fales, que testou para fora.  A última oportunidade paranista foi aos 43', após Thawan tabela com Vitinho e finalizar por cima do gol de Bruno, indo para o intervalo com vantagem coxa branca.

Foto: Cleiton da Cruz/Equipe DRAP
O segundo tempo começou mais truncado, com o Paraná tentando fazer o seu jogo. Só que quem criou a primeira oportunidade foi o Coxa. Aos nove Pablo Thomaz recebeu na entrada da área, girou e chutou para a defesa de Murilo. Mas a pressão paranista deu resultado aos 19'. Andrade fez a jogada na esquerda, tocou para Vitinho que cruzou para dentro, Silva se antecipou na área, testando para empatar o jogo. 

Com o gol empatado o Coxa teve que se soltar mais. Aos 29' Matheus Bueno arriscou outra de fora dá área e obrigou Murilo a fazer grande defesa, espalmando para fora. Na cobrança de escanteio Luizinho colocou na cabeça de Léo Andrade, que testou firme para desempatar a partida. Só que seis minutos depois o Tricolor deixou o placar igual de novo. Wilson deu ótimo lançamento para Bruno Luiz, que foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro para Warley chegar chutando e fazer o segundo paranista. O Coxa queria matar a classificação e foi para cima. No último lance, após bate rebote na área, a bola sobrou para Pablo Thomaz, que, com faro de artilheiro, chutou no canto e deu a vitória para o escrete alviverde. 

PRÓXIMAS PARTIDAS: Com a classificação garantida, o Coxa fica no aguardo da última rodada, na qual folga. Boa parte do elenco volta as atenções para o Brasileirão de Aspirantes, onde vai encarar o São Paulo pela semifinal, tentando reverter a situação de 3-0 fora de casa. Já o Paraná precisa da vitória fora de casa, contra o Londrina para conseguir sua classificação. 


Foto: Cleiton da Cruz/Equipe DRAP
CORITIBA: O Coxa veio para o clássico com seu tradicional esquema 3-4-3, dessa vez com a novidade de Paulo Henrique caindo na esquerda, puxando Vinicius Araújo para o meio. Luizinho, assim como no jogo de Aspirantes contra o São Paulo, fechou o trio de ataque com Pablo e Igor Paixão. Na frente do placar, o Coritiba não conseguiu fazer uma boa primeira etapa, segundo palavras do próprio Mozart. Na segunda etapa o esquema foi alterado para 3-5-2, com a pretensão de fechar mais os espaços do adversário. A estratégia não deu muito certo, pois o Tricolor conseguiu fazer dois gols, mas o time da casa soube aproveitar suas chances para ficar com a vitória. 

FIQUE DE OLHO – Matheus Bueno: O meia alviverde sempre chama atenção por sua mobilidade. Com uma ótima condução de bola e ótima visão de jogo também, acompanhado também da força do chute. Por duas vezes Bueno arriscou de fora da área. Na primeira fez, na segunda o goleiro defendeu, saindo o gol no escanteio. O camisa 5 vai amadurecendo, para tentar ganhar oportunidades no principal em 2019. 

Foto: Cleiton da Cruz/Equipe DRAP
PARANÁ: Precisando da vitória, o Paraná veio para cima desde o começo do jogo. Apesar de ficar mais com a bola, o Tricolor não conseguia fazer de sua pressão chances de gol. Na segunda etapa Luciano Simm tirou Xaxim, que já estava pendurado, colocando Kruger, fazendo o esquema de jogo passar para 4-4-4-2, trazendo Marcelo para esquerda, Vitinho para lateral e dando mais liberdade para Silva e Bruno Luiz na meia. A tática deu resultado. Explorando as pontas, o empate veio com gol de Silva e, posteriormente, assistência para o outro. Porém a desatenção no final custou e a derrota veio no último lance. 

Foto: Cleiton da Cruz/Equipe DRAP
FIQUE DE OLHO – Bruno Luiz Outro camisa 5 que vem ganhando nossas atenções. No clássico desta quinta, Bruno mostrou sua qualidade quando está mais solto. Com a entrada de Kruger na segunda etapa, o volante pode se soltar mais, subindo na marcação, mostrando muito fôlego e também no campo ofensivo, dando assistência para o segundo. 

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX


CORITIBA: 1- Bruno Bertinato; 3- Henrique, 2- Mateus Moura e 4- Léo Andrade;  6- Paulo Henrique (14- Mateus Moura), 5- Matheus Bueno, 8- Vinicius Araújo e 10- Luizinho; 7- Maycon, 9- Pablo Thomaz e 11- Igor Paixão (18- Guilherme Biro). Técnico: Mozart

PARANA CLUBE: 1- Murillo; 2- Thawan, 3- Mateus Xaxim (16- Kruger), 4- Paulinho, 6- Marcelo; 5- Bruno Luiz, 8- Silva (18- Wilson) e 10- Warley (20- Lucas Borges); 7- Keslley e 9- Andrade (17- Sacoman) e 11- Vitinho. Técnico: Luciano Simm.

FICHA TÉCNICA – CORITIBA 3 X 2 PARANÁ XXXXXXXXXXXX



GOLS: Matheus Bueno, aos 7' do 1ºT e Léo Andrade, aos 29' do 2ºT e Pablo Thomaz, aos 46' do 2ºT (Coritiba) Silva, aos 19' do 2ºT  e Warley, aos 35' do 2ºT (Paraná).

CARTÕES AMARELOS: Matheus Bueno  (Coritiba) Matheus Xaxim,  Andrade e Bruno Luiz (Paraná)
ARBITRAGEM: Diego Henrique Bueno Paschoal. 
ASSISTENTES: Sergio Henrique Monteiro Gomes (1) e Diogo Ferreira de Abreu (2).
LOCAL: CT da Graciosa, Colombo. 
drap
Tecnologia do Blogger.