PROPAGANDA

[SUB 17] Londrina vence Flamengo em casa, e leva vantagem no confronto de volta

Foto: Gustavo Oliveira/ Londrina Esporte Clube
Na tarde desta terça-feira (2), o Londrina recebeu o Flamengo em casa em jogo válido pela Copa do Brasil Sub-17. O Tubarãozinho se defendeu bem, soube aproveitar os espaços e venceu pelo placar mínimo. Agora o time paranaense vai ao Rio de Janeiro, com a vantagem do empate para se classificar.


#COPA DO BRASIL
Por @viniciuseira

PRÉ-JOGO: Londrina e Flamengo chegam a Copa do Brasil para tentar abrilhantar ainda mais o ano de 2018. O Tubarão venceu o Campeonato Regional Juvenil da categoria, no primeiro semestre, de forma invicta. Já o time Carioca conquistou três títulos no ano, dois deles internacionais, a Adidas Generation Cup, disputada nos Estados Unidos, e a Evergrande Cup, que ocorreu na China, além da Taça Guanabara. O Londrina chega ao certame pela segunda vez. No ano passado a equipe caiu na primeira fase para o Corinthians com duas derrotas. Já o Flamengo participou de todas as edições, mas nunca foi campeão do torneio. A melhor campanha do Rubro-Negro foi a vice colocação em 2013.

O EMBATE: O jogo foi marcado pela forte pressão dos cariocas e um Londrina muito bem postado. O primeiro tempo se mostrou um pouco emocionante para quem gosta de gols. O Flamengo até finalizou, mas demonstrou má pontaria e também parou nas mãos do arqueiro Higor, muito bem na partida. Já no segundo tempo as chances aumentaram. E mesmo diante da forte pressão flamenguista, foi o Londrina que mostrou as melhores chances com contra-ataques afiados, nos primeiros minutos. Logo aos 17’2T, Cirilo, que havia entrado no intervalo, recebeu na ponta esquerda, cortou para o meio e bateu com estilo, cruzado, sem chances para Pedro Vitor. 1 a 0 Londrina.

Após o gol, o Flamengo modificou o time, partiu para cima. E os cariocas não podem reclamar da falta de oportunidades. Aos 26’, a equipe perdeu a melhor chance da partida. Luis Gustavo fez grande jogada pela direita, levou para o fundo e cruzou rasteiro, a bola atravessou a extensão da área passando por toda a defesa, e sobrou na frente de Yuri Oliveira, que finalizou de carrinho e mandou para fora. No apagar das luzes, o Flamengo passou a fazer chover bola na área, mas Higor estava muito seguro na partida. Aos 40’, a última grande chance Daniel finalizou de fora, mas o arqueiro londrinense defendeu, no rebote a bola rebateu em vários jogadores na área e sobrou para Pedro Arthur, mas o goleiro fez boa saída de bola e impediu o empate.

Foto: Gustavo Oliveira/ Londrina Esporte Clube
PRÓXIMA PARTIDA: A partida de volta está marcada para a próxima terça-feira (9), no Estádio da Gávea, no Rio de Janeiro. Com o resultado de hoje, o Londrina tem a vantagem do empate. O vencedor do duelo encara ou América-MG ou Chapecoense.  

LONDRINA: O Londrina entrou em campo muito bem postado em um 4-2-3-1, que as vezes se modificava para duas linhas bem compactadas atrás e só o atacante avançado. A equipe passou a levar muito perigo nos contra-ataques. Quando saía jogando de trás, conseguia chegar bem a frente quando a bola passava pelos meias Maykon e Marcos Vinicius, ou quando os pontas Thauan (Cirilo) e João Nascimento aproximavam para triangulações.

Defensivamente, a equipe não demonstrou muito nervosismo durante a partida. As laterais fecharam bem as pontas do Flamengo, uma das principais armas do time carioca, além dos zagueiros, que conseguiram ganhar a maioria dos jogos aéreos. O goleiro Higor não começou a partida tão bem, mas se solidificou no jogo e salvou o Londrina no final do jogo.
  
FIQUE DE OLHO – Cirilo (Londrina): O Londrina apresentou alguns bons destaques no jogo de hoje, como o próprio goleiro Higor, e o lateral Danilo, que impediu a maioria dos ataques de Lázaro, uma das joias Rubro-Negras pela ponta esquerda. Mas o destaque fica com o artilheiro da equipe no dia, o atacante Cirilo. O camisa 17 do Tubarão entrou no intervalo, e modificou a postura da equipe no inicio da segunda etapa. Além de aproveitar a chance que teve, o atacante é rápido, tem bom drible, e já demonstrou uma certa maturidade. Além do gol de hoje, ele marcou oito no Campeonato Regional que o Tubarãozinho ganhou no início do ano, sendo artilheiro do certame.

FLAMENGO: Já o Flamengo se apresentava em um 4-3-3 bastante ofensivo. A equipe utilizada bem seu meia armador Yuri, e abusava das pontas com Lázaro e Luis Gustavo. Mas travou muito na forte marcação que o Londrina colocava em suas laterais. O escrete Carioca passou a levar um pouco mais de perigo a meta londrinense quando fez algumas modificações após o gol de Cirilo, e povoou bem o meio campo, deixando Rhyan e Yuri Oliveira mais soltos para atacar.

FIQUE DE OLHO – Luis Gustavo (Flamengo): Luis Gustavo começou o jogo como ponta, e terminou como lateral direito, e foi o jogador que mais deu dor de cabeça a meta adversária. Como o Flamengo abusa muito de jogadas pelo lado do campo, ele se mostrou um bom apoiador, e explorou as jogadas pelo lado mais fraco da defesa do Lec. A jogada mais importante do Flamengo saiu dos pés dele, além de correr muito durante o jogo todo.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

LONDRINA: 1 Higor; 2 Danilo (16 Bhrayan), 3 João Vilaça, 4 Kauan, 6 Guilherme (14 Isaque); 5 Joãozinho (15 Kesa), 8 Marcos Vinicius, 7 Thauan (17 Cirilo), 10 Maykon (18 Renan Dantas), 11 João Nascimento e 9 Jefferson (19 Pedrinho). Téc: Silvinho.

FLAMENGO: 1 Pedro Vitor; 2 Braian (18 Bruno), 3 Natan, 4 Lucas Freitas, 6 ítalo; 5 Lucas Gabriel (16 Daniel), 8 João Gomes; 7 Luis Gustavo, 10 Yuri Oliveira (19 Weverton), 11 Lázaro (14 Pedro Arthur) e 9 Rhyan. Téc: Phelipe Leal.

FICHA TÉCNICA – LONDRINA 1X0 FLAMENGO XXXXXXXXXXXX

GOL:  17’2T – Cirilo (Londrina)
ARBITRAGEM: Leonardo Ferreira Lima.
ASSISTENTES: Pedro Martinelli Christino e Denise Akemi Simões de Oliveira.
LOCAL: Estádio do Café, Londrina.
drap
Tecnologia do Blogger.