PROPAGANDA

[SUB 17] Coritiba sai atrás, mas consegue o empate contra o Sport na abertura da Copa do Brasil

Foto: Cleiton da Cruz/Equipe DRAP

Na tarde desta terça-feira (02), o Coritiba estreou na Copa do Brasil da categoria encarando o Sport no Couto Pereira. Após um primeiro tempo bem truncado, o Leão voltou melhor na etapa final e abriu o placar com Pedrinho Caruaru. O Coxa demorou, mas se encontrou no jogo e empatou com gol de Yan Couto. Agora o Verdão vai ir para o Recife precisando vencer para passar de fase.


#SUB17

PRÉ-JOGO: Coritiba e Sport chegaram no Couto Pereira com pouco tempo de diferença do último encontro. Semana passada, pela Copa Carpina Sub-16, o Leão eliminou o Verdão nas quartas de final do torneio, e muitos jogadores que atuaram no agreste pernambucano estavam em campo no Alto da Glória. O Coxa foi eliminado logo no primeiro jogo ano passado na competição, contra o Internacional, e nesta temporada vem bem no Paranaense, sendo líder de seu grupo na segunda fase da competição. Já o time da Ilha do Retiro chegou até as oitavas dei final em 2017, quando foi eliminado pelo Vasco, e no Pernambucano avançou para as semifinais, eliminando o Carnaíba nas quartas. 


O EMBATE – O jogo começou movimentado com as duas equipes tentando buscar seus espaços. Aos quatro minutos o Coxa teve a primeira chance, com Messias chutando e Jaime defendendo sem maiores dificuldades. No minuto seguinte o Sport respondeu, com Jadson fazendo jogada individual pela direita, chutando, a bola desviando na defesa e quase enganando Rafael.  O Leão voltou a assustar aos 9', com Julio arriscando rasteiro de fora da área, mandando a bola pela direita do gol alviverde. 

Apesar do jogo movimentado, o nível caiu muito ao decorrer do tempo. Em 16 minutos jogados, o Coritiba teve cinco impedimentos marcados. Ambos os escretes erravam muito, não conseguindo criar chances de perigo. O Coxa voltou a assustar só aos 29'. Messias fez bem o pivô e tocou para Marcos Ulisses, que chutou rasteiro, com muito perigo, para fora. No lance seguinte, Messias recebeu, driblou Jaime, só que na hora de fazer o gol foi travado por Igor. A última chance da primeira etapa foi aos 45', com o Leão. Italo roubou a bola de Thomaz Carvalho, tentou o chute colocado e mandou para fora. 

Foto: Cleiton da Cruz/Agência DRAP
A segunda etapa começou um pouco mais calma do que a iniciai. A primeira oportunidade foi do Coxa aos 6', com Marcos Ulisses chutando rasteiro para defesa de Jaime. Depois disto o Sport foi quem conseguiu jogar melhor, chegando muito perto de abrir o placar. Aos 14' veio a grande chance. A bola encontrou Julio na área, o ponta girou e chutou, a bola bateu em Pedrinho Caruaru e Rafael se esticou para espalmar pela linha de fundo. 


A persistência do Leão deu resultado aos 20'. A defesa do Coritiba saiu errado, João Victor roubou a bola e, com um carrinho, tocou para Pedrinho Caruaru, que, na entrada da área, chutou rasteiro e abriu o placar. O Sport foi em busca da classificação. Aos 23' Italo invadiu a área pela esquerda e chutou na rede pelo lado de fora. 


O Coxa se mostrou inquieto estando atrás no marcador, só que não conseguia criar chances para chegar até o empate. Com  o passar do tempo veio a pressão alviverde. Aos 34' Morando arriscou de fora e a bola passou ao lado do gol. Dois minutos depois, em uma jogada muito bem trabalhada, Thomaz Carvalho lançou Guilherme Pires, que cruzou para Morando, que ajeitou para Yan Couto soltar o pé e empatar o jogo. O Verdão ainda foi em busca da virada, mas não conseguiu chegar ao gol de empate.

Foto: Cleiton da Cruz/Agência DRAP
PRÓXIMAS PARTIDAS: As equipes voltam a se enfrentar na próxima quarta (10), em Recife. Antes, o Sport em o clássico contra o Santa Cruz, pela semifinal do Pernambucano. O Coritiba volta a campo no sábado (06), encarando o Foz do Iguaçu, no CT da Graciosa. 

Foto: Cleiton da Cruz/Agência DRAP
CORITIBA: O Coritiba veio numa tática de atuar no 4-2-3-1, tendo cmo grande esperança o trio de meias, formado por Yan Couto, Alex Girolli e Eduardo, que foi substituído por Biel. Messias jogava mais avançado, tentando ganhar bolas nas costas da defesa. Só que a estratégia não funcionou muito, visto que, só na primeira etapa, foram sete impedimentos marcados contra o Alviverde. Atrás no placar, o Coxa se mostrou nervoso e, com uma jogada bem trabalhada, conseguiu o empate. 

Foto: Cleiton da Cruz/Agência DRAP
FIQUE DE OLHO – Yan Couto: Estrela é a palavra que define Yan Couto. Não foi o melhor dia do lateral direito, que jogou como extremo contra o Sport. Só que quem joga na seleção brasileira desde o ano passado e atuou já nos times Sub-15 e 17 do Verdão tem que aparecer quando precisa. E o Coxa precisou dele e ele compareceu. O gol de empate veio após Yan acompanhar a jogada e chutar sem piedade ao goleiro. O camisa 7 Alviverde tem muito potencial e a torcida Coxa Branca pode esperar muito dele. 

Foto: Cleiton da Cruz/Agência DRAP
SPORT: O time pernambucano veio com uma postura muito boa para dentro do Couto Pereira. Tentando ocupar bem o meio de campo e jogando bem compactado, a proposta era não dar muitos espaços para o time da casa. Na primeira etapa a postura defensiva foi muito boa, só que no ataque nem tanto. Só que na etapa final os visitantes apertaram e conseguiram, muito pelo trio de ataque formado por João Victor, Pedrinho Caruaru e Julio, pressionar o Coxa e chegar ao seu gol. Faltou ao escrete pernambucano ter calma para segurar a vitoria. 
Foto: Cleiton da Cruz/Agência DRAP

FIQUE DE OLHO – João Victor: O camisa 7 do Leão era explosivo pelo lado esquerdo. O extremo pernambucano se mostrava desde a primeira etapa um motor para o time da Ilha do Retiro. Só que na segunda etapa foi quando João Victor mostrou a força de seu futebol. Com excelentes arrancadas, passes precisos, inclusive a assistência para o gol, além de voltar e fazer uma ótima função defensiva. 


OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

CORITIBA: 
1- Rafael; 2- Fabio Bogler, (13- Natanael) 3- Luis Felipe (14- Lucas Paccola), 4- Thiago e 6- Angelo; 5- Thomaz Carvalho; 8- Marcos Ulisses; 7- Yan Couto, 10- Eduardo (17- Biel) e 11- Alex Girolli (19- Morando); 9- Messias (20- Guilherme Pires). Técnico: Gustavo Silva.

SPORT: 1- Jaime; 2- Rafael, 3- Misael, 4- Richard e 6- Vinicius; 5- Igor, 8- Jadson (15- Matheus) e 10- Italo; 7- João Victor (18- Jair), 9- Pedrinho Caruaru  (17- Marcondes) e 11- Julio (16- Thomaz). Técnico: Sued Lima.

FICHA TÉCNICA – CORITIBA 1 X 1 SPORT XXXXXXXXXXXX

GOLS: Yan Couto (36’ do 2ºT) (Coritiba)Pedrinho Caruaru (20’ do 2ºT) (Sport)
CARTÃO AMARELO: Jadson (Sport).
ARBITRAGEM: Edina Alves Batista. 
ASSISTENTES: Andre Luiz Severo e Heitor Alex Eurich.
PÚBLICO/RENDA: 119 pessoas/R$ 760,00.
LOCAL: Estádio Major Antônio Couto Pereira, Curitiba.

ENTREVISTAS XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX




Tecnologia do Blogger.