PROPAGANDA

[JUVENIL] Últimos classificados para a próxima fase da Série B serão conhecidos neste sábado


Acontecerá neste sábado (05) a última rodada da Série B Juvenil da Suburbana. Seis equipes já chegam classificadas para os seus jogos, enquanto sete brigam pelas três vagas que ainda restam. Confrontos diretos deixam os jogos ainda mais emocionantes e colocam mais peso para os duelos derradeiros. 

#JUVENIL
Por Gabriel Sawaf

Após oito rodadas, 245 gols e muitas emoções, a Série B da Suburbana, categoria juvenil, vai conhecer os oito escretes que seguirão na briga pelo título. Seis deles já são conhecidos: Urano, Vila Sandra e Vila Hauer no Grupo A; Vila Torres, Bairro Alto e Nacional no Grupo B. São Braz, Olímpico, Bangú e Tanguá brigam pela vaga restante no primeiro grupo, enquanto União Ahú, Vasco e Renovicente pela que ainda está em aberta no segundo. 

       GRUPO A

Bangú (6°) x São Braz (4°)
É o confronto direto dessa rodada. O Bangu é o sexto colocado, com 12 pontos, e vindo de um momento de crescimento na competição. São quatro rodadas de invencibilidade, com duas vitórias seguidas nos últimos, que colocaram o Tricolor do Santo Inácio na briga pela classificação. Para passar de fase, o escrete banguense precisa vencer o seu jogo e torcer para que o Vila Hauer não perca para o Olímpico. Já o São Braz vem de duas derrotas significativas, contra o Hauer e o Alviverde do Xaxim, em embates diretos que adiaram a classificação do time da zona oeste. O Alvirrubro tem que fazer apenas sua parte para se classificar e ir para a fase de mata mata. 

Vila Hauer (3°) x Olímpico (5°)
Esse embate contempla equipes que estão de olho na classificação. O Vila Hauer já alcançou o objetivo, após golear por 11 a 2 o Desportivo Paranaense. O Tricolor chega agora com a oportunidade de assumir a liderança, caso triunfe em seus domínios e Urano e Vila Sandra empate o duelo entre si. O Olímpico foi a equipe que mais cresceu ao longo do torneio. Após um começo ruim, o escrete do Xaxim conseguiu pontos e venceu jogos diretos, como o contra o São Braz semana passada. Agora o Alviverde vai até o Hauer em busca de uma vitória que, somada a uma não vitória do Alvirrubro, lhe garante a classificação para a próxima fase. 

Tanguá (7°) x Desportivo Paranaense (10°)
O Rubro Negro é uma das equipes com a campanhas mais irregulares. Com três vitórias, três derrotas e dois empates, o escrete de Almirante Tamandaré figurou o G4 em algumas rodadas, mas se distanciou após perder para o Vila Sandra em casa. Voltando a atuar no Francisco Thiago da Costa, o Tanguá precisa vencer por mais de gols o lanterna do grupo, e torcer para que São Braz, Olímpico e Bangu não ganhem seus jogos, para assim passar de fase. Já o Desportivo é o único escrete que ainda não venceu na competição e vai até Tamandaré buscando a sua primeira vitória, com sua própria camisa, no juvenil da Suburbana. 

Vila Sandra (2°) x Urano (1°)
O Osório Claudino de Barros receberá em seu gramado o duelo de líderes do grupo. Com apenas um ponto de diferença entre os escretes, os times vem com dados que prometem esquentar esse jogão na zona oeste. O Vila vem de uma grande sequência de quatro vitórias. Já o líder Urano ainda não perdeu longe de seus domínios. A equipe do Xaxim chega em vantagem para tentar ficar com a primeira colocação. Em casa do empate, ambos os times podem ser ultrapassados pelo Vila Hauer. 

       GRUPO B

Nacional (3°) x União Ahú (4º)
É o único do duelo do grupo que contempla duas equipes que estão dentro G4. O Nacional garantiu sua vaga na última rodada, após vencer o Caxias fora de casa e chega a essa rodada buscando a liderança, caso vença seu jogo e Vila Torres e Bairro Alto tropecem. Já o Tricolor vai ao Boqueirão com a missão de carimbar sua vaga. Após a vitória na última rodada e o empate de Renove, o União entrou na zona de classificação e agora depende só de uma vitória para chegar as quartas de final. Caso não vença o seu embate, dependerá que não haja um vencedor no duelo entre Vasco x Renovicente. 

Vasco da Gama (6°) x Renovicente (5°)
Como mencionado no confronto acima, os dois escretes da zona norte estarão secando o União Ahú para ver quem consegue ficar com a vaga. Caso a notícia que venha do Boqueirão traga vitória do Nacional ou empate, quem vencer no Pilarzinho irá avançar para a próxima fase. O Vasco vem motivado, após vencer o Palmeirinha por 4 a 0. Já o Renove empatou em casa contra o Bairro Alto e precisa triunfar para sonhar em chegar as quartas de final. Caso o embate do Erondi Silvério não tenha um vencedor, ambas as equipes morrem abraçadas na competição. 

Vila Torres (1°) x Grêmio Ipiranga (8°)
A grande surpresa da competição é o Vila Torres. Estreante, o escrete do Prado Velho vem representado a força de sua comunidade nas categorias adulta e juvenil. Mesmo folgando na última rodada, a Águia se manteve na liderança e agora chega na última rodada dependendo de si mesma para se classificar na primeira colocação do grupo. Já o Grêmio Ipiranga chega já eliminado ao Mario Vendramel e quer encerrar sua participação no torneio com dignidade. 

Bairro Alto (2°) x Palmeirinha (9°)
Quem chega disputando a liderança com o Vila Torres é o Bairro Alto. O escrete da zona leste perdeu a chance de reassumir a primeira colocação na última rodada, quando a Águia folgou e o escrete do Pedro de Almeida empatou fora de casa com o Renove. Agora o Alvinegro, que é o único time que ainda não perdeu na competição, precisa vencer o duelo contra o Palmeirinha e torcer por um tropeço do Vila no Prado Velho. Se por um lado um time não sabe o que é perder, o outro sabe apenas o que é isto na competição. O Alviverde do Tatuquara perdeu todos os jogos que disputou e quer conquistar seu pontinho de honra na competição nesta última rodada. 



Os jogos acontecem todos as 13h30. O Caxias folgará na rodada. O embate entre Sergipe e Shabureya foi cancelado devido aos escretes não terem mais pretensão na competição. A equipe DRAP estará presente no embate entre Vila Torres x Grêmio Ipiranga.

drap
Tecnologia do Blogger.