PROPAGANDA

[FEMININO] Penúltima rodada pode definir clube classificado a Série A2 do Brasileiro


Na próxima sexta-feira (12), a bola rola para a penúltima rodada do Campeonato Paranaense de Futebol Feminino. As equipes irão concluir o certame ainda nessa semana, visto que a última rodada será no domingo (14), mas a definição do classificado a Série A2 do Brasileiro pode ocorrer no dia do feriado nacional. Para isso, o Toledo precisa vencer e torcer por um tropeço do Grecal.

#PRÉ-JOGO

Com quatro rodadas já disputadas, o torneio registrou 50 bolas na rede em seis embates, média de pouco mais de seis gols por partida. Com o Foz Cataratas sendo o único invicto até aqui, a competição registrou o primeiro empate no duelo entre Grecal e Imperial, com os mandantes tendo predomínio no número de vitórias (foram cinco contra dois triunfos de times visitantes). Confira os embates da quinta rodada do Campeonato Paranaense Feminino de 2018.



Grecal (3º) x Foz Cataratas (1º) – Estádio Atílio Gionedis
O escrete campo-larguense não terá vida fácil nesta rodada. Para chegar ao domingo com chances de classificação a Série A2, o time precisará fazer dois feitos inéditos no campeonato: vazar a defesa do Foz e derrotar o clube da fronteira. Caso isso não ocorra, o Grecal precisará torcer para que o Imperial não perca para o Toledo.

O adversário vem com a moral de uma campanha impecável, com mais uma goleada aplicada – dessa vez fora de casa: 8 a 0 sobre o Toledo. A volante Veronica Riveros fez mais um e ampliou a vantagem na artilharia (oito gols marcados), mas a atleta que se destacou no jogo foi a sua companheira de posição, Thaynara, que balançou a rede em quatro oportunidades. Se o Foz empatar a partida, garante o título antecipado do Paranaense Feminino.

Imperial (4º) x Toledo (2º) – Estádio Octávio Silvio Nicco
O Tricolor do Mossunguê não tem outra opção nas próximas duas rodadas: é vencer ou vencer se quiser chegar a Série A2. Após empatar no confronto chave da semana passada frente ao Grecal, o time precisa melhorar a pontaria no setor ofensivo, visto que é o pior ataque da competição com cinco gols feitos. O treinador Diego Borges não poderá comandar a equipe na beira do campo, pois foi expulso no sábado anterior.

Se o problema do Imperial é do meio pra frente, no Toledo a zaga requer mais atenção, já que é a mais vazada do certame com 18 gols sofridos. No primeiro turno, o mérito da equipe do oeste do estado foi ter vencido os confrontos diretos disputados no 14 de Dezembro, e o time espera repetir os bons resultados na região de Curitiba para conquistar a vaga a Série A2 do Brasileiro.


A Equipe DRAP estará presente nas duas partidas da penúltima rodada e nos dois jogos que fecham o campeonato. No próximo domingo (14), o Grecal recebe o Toledo no estádio Atílio Gionedis, enquanto que o Imperial joga contra o Foz Cataratas no estádio Octávio Silvio Nicco. Todas as partidas começam às 15h30.
drap
Tecnologia do Blogger.