PROPAGANDA

Atlético goleia Sport e chega a 11ª vitória seguida na Baixada

Foto: Miguel Locatelli/Atlético Paraanense
Na noite deste domingo (14) o Atlético recebeu o Sport na Arena da Baixada. O Furacão dominou a partida e venceu por 4 a 0, com gols de Thiago Heleno, Bergson (duas vezes) e Rony. Com o triunfo, o Furacão alcançou a incrível marca de 11 vitórias consecutivas dentro de casa, somando Brasileiro e Sul Americana, chegando a oitava colocação na tábua de classificação. 


#SÉRIE A
Por @gabrielsawaf

PRÉ-JOGO: O Atlético chegou para o duelo na Baixada motivado pela sequência de 10 vitórias seguidas como mandante, sendo oito pelo Brasileiro e a última ontem contra o América/MG. Um novo triunfo colocaria o Furacão na oitava colocação. A única alteração atleticana foi a entrada no lugar de Bergson na vaga de Pablo, suspenso. Já o Sport vinha tentando engatilhar uma reação para tentar sair da zona de rebaixamento, após vencer o Internacional no último sábado (06), por 2 a 1, na Ilha do Retiro
                                                                                          
PRIMEIRO TEMPO- Assim como contra o América/MG, o Furacão começou a partida em cima e o Sport se defendia como podia. O primeiro susto foi aos quatro minutos, quando Lucho Gonzalez bateu escanteio fechado e Magrão salvou o que seria um gol olímpico. O goleiro pernambucano voltou a trabalhar aos 15'. Renan Lodi fez jogada pela esquerda e cruzou para Marcelo, que chutou de primeira e parou em grande defesa do arqueiro rubro negro. Na sobra, Lucho chutou no cantinho e o goleiro do Leão se esticou todo para evitar o gol. 

O Sport teve sua primeira chance dois minutos depois. Após cobrança de escanteio, a bola ficou com Michel Bastos, que chutou mal, mas a bola bateu na zaga e Jonathan salvou na pequena área. Só que a bola sobrou para Marlone, que ajeitou e chutou para fora. Porém era o Furacão que seguia em cima. Aos 21' Raphael Veiga tentou da entrada área, só que não pegou certo na bola e Magrão defendeu. 

O time da casa tinha o controle total do jogo, só não conseguia aproveitar suas oportunidades. Aos 35' Lucho Gonzalez cobrou escanteio na cabeça de Bergson, que testou e fez a bola tirar tinta da trave. O Atlético seguiu pressionando, mas não conseguiu transformar o domínio em vantagem no placar. 

SEGUNDO TEMPO- A pressão da primeira etapa deu resultado logo no primeiro lance da etapa final. Aos dois minutos, Raphael Veiga cobrou falta na área e Thiago Heleno subiu firme para testa e abrir o placar. E era o momento do Atlético fazer valer o seu domínio. Aos oito minutos Renan Lodi cruzou e Raul Prata cortou, só que com o braço. Pênalti que Bergson bateu e converteu. 

A pressão atleticana seguiu mesmo com a vantagem no placar. Aos 14' Raphael Veiga arriscou de fora da área e obrigou Magrão voar para fazer uma grande defesa. Aos 25' Jonathan cruzou, Magrão saiu e se chocou com Ronaldo Alves e a bola sobrou com Raphael Veiga, que chutou para fora. 

Com o 2 a 0 no placar, o Atlético segurou a vantagem e trabalhava a bola com calma. Só que o Sport se complicou mais ainda. Magrão se lesionou na dividida com Ronaldo Alves e não conseguiu mais seguir no jogo. Como o Leão tinha feito três alterações com 17 minutos do segundo tempo, Gabriel teve que ir para o gol. A improvisação fez com que o Furacão viesse para cima. Aos 37' Raphael Veiga arriscou de longe e a bola passou perto da baliza. No minuto seguinte Renan Lodi cruzou na área, a defesa cortou nos pés de Bergson, que dominou e fez o terceiro. 

O massacre não parou. Aos 40' Bergson puxou contra-ataque e tocou para Rony, que chutou colocado e, aproveitando da baixa estatura de Gabriel, colocou a bola no ângulo. Só que o massacre parou por aí e o placar se fechou em 4 a 0. 

PRÓXIMAS PARTIDAS: Após alcançar a décima primeira vitória seguida dentro de casa, o Atlético vai tentar tirar o pesadelo de jogar fora e conseguir a primeira vitória fora de Curitiba, contra o São Paulo, no Morumbi, na noite do próximo sábado (20). Na mesma data, o Sport recebe o Vasco na Ilha do Retiro, tentando correr contra o tempo na briga contra o rebaixamento. 

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

ATLÉTICO: 1- Santos; 2- Jonathan, 13- Paulo André, 44- Thiago Heleno e 12- Renan Lodi; 39 - Bruno Guimarães (20- Matheus Rossetto), 3- Lucho Gonzalez (5- Wellington), 7- Raphael Veiga e 11- Nikão (9- Rony); 10- Marcelo e 30. Bergson. TEC: Tiago Nunes.
SPORT: 1- Magrão; 23- Raul Prata, 3- Ronaldo Alves, 34- Adryelson e 40- Evandro; 77- Marcão (29- Nonoca), 5- Felipe Bastos, 22- Mateus (9- Hernane), 30 - Gabriel e 10- Marlone (15- Rafael Marques); 8- Michel Bastos. TEC: Milton Mendes.

FICHA TÉCNICA – ATLÉTICO 4 X 0 SPORT XXXXXXXXXX

GOLS: Thiago Heleno, aos 2 minutos do 2ºT e Bergson aos 10' e 38' minutos do 2º T e Rony, aos 40' do 2ºT (Atlético) 
CA: Felipe Bastos, Neto Moura e Ronaldo Alves (Sport)
ÁRBITRO: Wagner Reway
ASSISTENTES: Emerson Augusto de Carvalho e Eduardo Gonçalves da Cruz.
LOCAL: Joaquim Américo Guimarães, em Curitiba. 
drap
Tecnologia do Blogger.