PROPAGANDA

[ASPIRANTES] Coritiba pressiona o Santos, mas não consegue evitar a primeira derrota na segunda fase

Foto: Matheus Menezes/ Agência DRAP
Na tarde desta quarta-feira (3), Coritiba e Santos jogaram no Estádio Couto Pereira, em Curitiba, em confronto válido pela quarta rodada da segunda fase do Campeonato Brasileiro de Aspirantes de 2018. O confronto marcou o início do returno da competição. Em um duelo bem disputado entre as equipes e que prevaleceu a forte marcação, o Santos aproveitou o início sonolento do Coritiba no segundo tempo e marcou o único gol do confronto. Com o triunfo, o escrete alvinegro praiano empata com o Coritiba em pontos e acirra a briga por uma das vagas à semifinal do certame.


#BRASILEIRO ASPIRANTES
Por @rafaelbuiar

PRÉ-JOGO: O duelo marcou o início do returno do Campeonato Brasileiro de Aspirante de 2018. Na rodada anterior, ambos os escretes se enfrentaram e  o embate terminou com vitória para do time do Coritiba no placar de 1 a 0, na Vila Belmiro. Com o triunfo, o time alviverde divide a liderança com o Internacional. Enquanto que o Santos divide a lanterna com a Chapeconese. Ou seja, um triunfo importante para ambas as equipes na a sequência da competição, já que apenas duas seguem à fase semifinal do certame.

O EMBATE: As duas equipes iniciaram ligadas na partida e atacando pelos flancos. No escrete alviverde, Lalau foi o mais acionado e no lado do Peixe Anderson. Mas o primeiro arremate do confronto aconteceu somente aos 6’ e a favor da equipe do Santos. Porém, Calabres chutou sobre a meta do arqueiro Bertinato. Passados dos 10’, o confronto passou a ficar preso no meio de campo, devido a forte marcação das duas equipes. Mas o time da baixada paulista chegou a pressionar o sistema defensivo depois dos 10’ em três tentativas. A primeira aconteceu com Calabres, que novamente passou sobre a meta. Na sequência, Matheus Gabriel e Francisco desperdiçaram outras oportunidades, que foram criadas com trocas de passe pelo meio e envolveu o sistema defensivo do Coritiba.

Depois da pressão, a equipe do Coritiba entrou no jogo. Mas com dificuldades em furar a marcação do Santos. Devido a isso, o time do comandado pelo treinador Mozar teve que criar alternativas pelos flancos. Lalau e Pablo Thomaz foram os jogadores que tomaram iniciativa pela equipe casa. Deu resultado, pois aos 24’ aconteceu a primeira jogada trabalhada do Coritiba, mas que acabou com o sistema defensivo do Santos afastando. Mas não durou por muito tempo o volume de jogo do alviverde, pois passados da metade da etapa inicial, o confronto voltou a ter a tônica de momentos anteriores, preso no meio de campo. Mas quando pintou lance de ataque, o Coritiba foi quem assustou mais. Novamente com Lalau e Pablo Thomaz. Mas nada que alterasse o placar da primeira etapa, que terminou em 0 a 0.

Foto: Matheus Menezes/ Agência DRAP

No retorno para o segundo tempo, as duas equipes entraram com os mesmos times que terminaram a primeira etapa. Mas o time do Santos entrou mais motivado e pressionou nos primeiros minutos. Deu resultado, pois aos 10’ Anderson aproveitou o bate-rebate dentro da área após jogada de escanteio e marcou o gol a favor do Peixe.

Passados dos 20’, o jogo caiu de produção e as alterações de ambos os times não surtiram efeitos. Ou seja, um festival de passes errados e poucos arremates no gol das duas equipes. Mas em raros momentos, quando o time do Coritiba atacou e colocou a bola no chão, Pablo Thomaz foi o mais acionado e respondeu. A maioria das jogadas foram pelo flanco de jogo, destacando a característica do jogador. Dentre elas, o camisa 9 alviverde recebeu pela ponta sozinho e chutou cruzado, o arqueiro alvinegro praiano afastou para fora.

Nos minutos finais da partida, pressão do escrete alviverde. Dentre os ataques, Pablo Thomaz quase surpreendeu o goleiro John aos 41’, que novamente protegeu bem o sistema defensivo. Devido a isso, as jogadas de contra-ataque ficaram exposta para o time visitante. Não deu outra, Patrick quase ampliou o placar aos 43’. Ainda deu tempo do camisa 9 do Coritiba tentar mais duas vezes, mas o dia não foi mesmo para o escrete alviverde que conheceu a primeira derrota na segunda fase do Campeonato Brasileiro de Aspirantes de 2018.

Foto: Matheus Menezes/ Agência DRAP
PRÓXIMA PARTIDA: A equipe do Coritiba irá desafiar o escrete do Internacional no Estádio Beira Rio, em Porto Alegre, no próximo dia 10. Já a equipe do Santos irá desafiar o escrete da Chapecoense na Arena Condá.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

CORITIBA: 1 Bruno Bertinato; 2 William Nascimento (13 Yan Santos), 3 Geovane, 4 Léo Andrade e 6 Araújo; 5 Matheus Bueno, 8 Julio Rusch, 10 Luizinho (16 Anderson)e 11 Talysson Lalau (18 Igor Paixão); 7 Igor Jesus (19 Gustavo Indio) e 9 Pablo Thomaz. Tec. Mozart

SANTOS: 1 John; 2 Kaíque, 3 Emerson (15 William da Silva ), 4 Fernando e 6 Matheus Gabriel; 5 Juliano, 8 Gabriel Calabres (13 Jeferson), 10 Francisco (17 Patrick) e 7 Anderson (18 Nicolas ); 11 Diego Cardoso e 9 Yuri Alberto (16 Antonio ). Tec. Leandro Mehlich

FICHA TÉCNICA – CORITIBA 0 X  1 SANTOS XXXXXXXXXXXXXXX

GOLS: Anderson aos 7’ do 2º tempo (Santos)
CA: Fernando (Santos) | Bueno, Igor Paixão (Coritiba)
ÁRBITRO: Lucas Paulo Torezin
ASSISTENTES: Daniel Cotrim de Carvalho e Luiz Alexandre Fernandez
LOCAL: Estádio Couto Pereira, em Curitiba

ENTREVISTAS XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX


drap
Tecnologia do Blogger.