PROPAGANDA

Vila Sandra goleia Sergipe em 17 a 0 e aplica a maior goleada da história na Suburbana


Na tarde do último sábado (22), Vila Sandra e Sergipe jogaram no Estádio Ozório Claudino de Barros, em Curitiba. O duelo foi válido pela sétima rodada da Divisão de Acesso da Suburbana de 2018, categoria adulta. Com posições opostas na tábua de classificação – líder e lanterna, o resultado do embate seguiu a lógica, com vitória do Vila Sandra. Porém, com um placar atípico no cenário do futebol, que foi de 17 a 0 para o Vila Sandra. Sendo esse o maior placar registrado no futebol amador de Curitiba em toda a sua história, superando triunfos da década de 1990 que terminaram com o placar de 16 a 0.

#SUBURBANA 2018
Por @rafaelbuiar

PRÉ-JOGO: A equipe do Vila Sandra entrou em campo como líder do Grupo A, mas viu nas últimas rodadas a distância entre o segundo lugar diminuir. Na última rodada, o alvinegro da zona oeste de Curitiba empatou com o Olímpico em 1 a 1. Enquanto que do outro lado, o escrete do Sergipe chegou para o confronto da sétima rodada na lanterna na tábua de classificação e em seis jogos não somou nenhum ponto. Ou seja, as duas equipes entraram com a perspectiva da vitória para alcançar seus objetivos, o Vila Sandra manter a liderança e o Sergipe fugir da última posição do Grupo A.

O EMBATE: O duelo iniciou a 100% km/h, pois no primeiro lance do jogo, com 15’’, a equipe do Vila Sandra deu o ponta pé inicial e em jogada ensaiada já inaugurou o placar. Adriano aproveitou o momento exato, depois do bate-rebate dentro da área para arrematar e colocar o Vila Sandra na frente com menos de 1’ de jogo. O gol deu tranquilidade e o trio de ataque do Vila Sandra ficou mais leve do que o normal e passou a jogar com tranquilidade. Aos 7, em troca de passes com de Adriano, Djonathan e Maranhão, o camisa 7 finalizou cruzado e o goleiro Muro defendeu. Mas no arremate seguinte, Geovane aproveitou o espaço e a troca de passe para concluir fora da área e colocar a bola no fundo da rede.


Não deu outra, a equipe do Sergipe não conseguiu se encontrar na partida e o Vila Sandra aproveitou. Caíque ampliou aos 16’. Na sequência, Djonathan recebeu após troca de passes envolvendo o sistema defensivo do Sergipe e fez o quarto aos 17’. Nove minutos depois, Djonathan fez mais dois gols, um aos 26’ e outro aos 30’. Ambos o camisa 11 recebeu pelo meio da zaga. Depois do terceiro gol, Djonathan sentiu e deu o lugar à Bambu. Mas ainda na primeira etapa deu tempo de marcar mais dois gols. Um aconteceu com a jogada de Caíque pelo meio de campo e que terminou com Geovane, que ampliou em 7 a 0 aos 40’ da etapa inicial. Dois minutos depois, Natan testou firme, após escanteio cobrado por Robinho, e marcou o oitavo a favor do Vila Sandra. Após este gol, o jogo seguiu sem lance de perigo até os 45’, em que o árbitro Rafael Vinicius de Moura deu apito final da primeira etapa, que terminou em 8 a 0 para o time da casa.

No retorno para o segundo tempo, o treinador do Vila Sandra, Marcos Franco, realizou cinco alterações. Quem disse que o ritmo iria diminuir se enganou, pois aos 4’, Bambu aproveitou a jogada de Maranhão e concluiu em gol, marcando o nono. Dois minutos depois, Sabão fez desceu em profundidade, cruzou, Bambu recebeu e passou para Adriano, que marcou o décimo. Mesmo com 10 a 0 no placar, o duelo esteve seguro em relação aos números de faltas. O primeiro cartão saiu com 7’ do segundo tempo. Falta que Mineiro cobrou na entrada da área e ampliou o placar em 11 a 0 aos 7’ da etapa complementar. Com esta folga no placar, a equipe do Vila Sandra não diminuiu o ritmo. Resultado da cobrança do treinador Marcos Franco. Ou seja, os gols continuaram a sair. Aos 10’, a equipe do Vila Sandra teve um pênalti ao seu favor. Mas atacante Adriano cobrou e desperdiçou.


Mesmo assim, a oportunidade perdida pelo atacante Adriano não decepcionou o time da casa, pois aos 12’ o zagueiro Vinicius se aventurou no ataque e ampliou o placar em 12 a 0. Período em que os visitantes ficaram com dois a menos no time, pois saíram lesionados e a equipe não tinha ninguém no banco de reserva. Sabendo disso, a equipe do Vila Sandra não tirou o pé do acelerador e continuou. Aos 15’, Bambu cruzou e Mineiro aproveitou o rebote do goleiro Homero e ampliou o placar em 13 a 0. Dois minutos depois, Celso ampliou após cobrança de escanteio de Mineiro e cabeceou para fazer o décimo quarto.

Ainda teve mais, já que a equipe do Sergipe não proporcionou nenhum perigo ao gol de Pantera. Aos 21’, a equipe do Vila Sandra promoveu mais uma troca de passes, que iniciou no meio de campo, e Sabão terminou finalizando, marcando o décimo quinto para o time da casa. Seis minutos depois, Sabão bastante acionado na lateral esquerda cruzou à área e Celso aumentou para 16 a 0. No minuto seguinte, a bola beijou a trave do goleiro Homero após conclusão de Thiago. Mesmo assim, aos 33’, Marcos Paulo conseguiu marcar o décimo sétimo à equipe do Vila Sandra. Passados sete minutos do último gol, o duelo teve o seu fim, pois Diego levou o segundo amarelo e na sequência o vermelho após cometer falta no zagueiro Vinicius. Devido a isso, o placar do Estádio Ozório Claudino de Barros ficou em 17 a 0 para o time do Vila Sandra sobre o Sergipe.   


PRÓXIMA PARTIDA: O time do Vila Sandra irá até o Estádio Francisco Thiago da Costa, em Almirante Tamandaré, desafiar o Tanguá, que na rodada anterior perdeu para o Urano. Já o Sergipe irá desafiar o escrete do Urano, no Estádio Manoel Garcia de Andrade.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

VILA SANDRA: 1 Pantera; 2 Robinho (18 Sabão), 3 Natan (13 Thiago), 4 Vinicius e 6 Adson (14 Celso); 5 Gui (15 Marcos Paulo), 8 Geovane e 10 Caíque (17 Mineiro); 7 Maranhão, 11 Djonathan (16 Bambu) e 9 Adriano. Tec. Marcos Franco

SERGIPE: 1 Homero; 2 Alessandro, 3 Gustavo, 15 Daniel e 6 Everton; 8 Patrick, 7 Wesley, 14 Deivid e 16 Erlon; 9 Luis e 18 Diego. Tec. Maradona

FICHA TÉCNICA – VILA SANDRA 17 X 0 SERGIPE XXXXXXX

GOLS: Adriano aos 15’’ do 1º tempo e aos 6’ do 2º tempo, Geovane aos 11’ e 40’ do 1º tempo, Caíque aos 16’ do 1º tempo, Djonathan aos 17’, 26’ e 30’ do 1º tempo, Natan aos 42’ do 1º tempo, Bambu aos 4’ do 2º tempo, Mineiro aos 7’ e 15’ do 2º tempo, Vinicius aos 12’ do 2º tempo, Celso aos 17’ e 27’, Sabão aos 21’ do 2º tempo e Marcos Paulo aos 33’ do 2º tempo (Vila Sandra)
CA: Luis e Diego (Sergipe)
CV: Diego (Sergipe)
ÁRBITRO: Rafael Vinicius de Moura
ASSISTENTES: Andrey Valenga Guimarães e Matheus Andrade Pereira
LOCAL: Estádio Ozório Claudino de Barros, em Curitiba.

ENTREVISTAS XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX


drap
Tecnologia do Blogger.