PROPAGANDA

[SUB 20] Coritiba sofre a virada, perde para o Flamengo e se complica no Brasileirão


Coritiba e Flamengo se enfrentaram nessa quarta (12) no Estádio do Couto Pereira, pela quinta rodada da segunda fase do Brasileirão Sub-20. O Coritiba fez dois gols em 10 minutos de bola rolando em campo, mas o Rubro Negro empatou e virou contra o escrete do Alto da Glória. Com o resultado o Flamengo garantiu a sua vaga para a classificação na semifinal e o Coxa depende de outros resultados para se classificar semana que vem.

#SUB20
Por Letícia Oziecki

PRÉ-JOGO: As duas equipes chegaram na zona de classificação para as semifinais do Brasileiro. O Flamengo veio como líder do grupo F, com nove pontos, já o Coritiba chegou segundo colocado da chave, com seis pontos. Quem vencesse poderia garantir a vaga para a próxima fase. 

O EMBATE: O jogo começou bastante agitado, logo no primeiro minuto, Igor Jesus aproveitou cruzamento de Igor Paixão, que o goleiro Yago não cortou, e abriu o placar. Em pouco tempo, aos 9’, o Coritiba novamente, ampliou o placar, dessa vez com Pablo Thomaz, após um contra-ataque e passe de Igor Jesus, que deixou o companheiro na cara do gol, para chutar no lado esquerdo e balançar a rede.

O Flamengo acordou e, no primeiro escanteio do jogo, aos 14’, após tumulto na pequena área, a bola encontra Matheus Dantas em um pequeno espaço, que marcou o primeiro do time carioca. O Coxa seguia melhor e aos 17’, Luizinho tentou chute forte no meio do campo,  que foi em cima do goleiro Yago. O jogo esquentou e aos 38’ depois de cobrança de escanteio, Matheus Dantas teve que ser atendido pela equipe médica, após sofrer um choque com Igor Jesus e ter um sangramento no nariz. Já nos acréscimos, aos 46’, o Rubro Negro aproveitou contra-ataque e chute desviado de Michael para empatar o marcador antes do intervalo.


O Flamengo voltou para o segundo tempo atacando mais e, aos 4’, após cobrança de escanteio Matheus Dantas cabeceou para virar o placar.  O time da Gávea aproveitou o momento e aos 11’, Vitor Gabriel deu ótimo passe para Wendel que, na frente do gol, chutou muito forte e mandou para fora. 

O Coritiba se mostrou muito nervoso e chegava aos poucos. Aos 18' Igor Paixão, lançou Pablo, mas goleiro Yago se atencipou e impediu o ataque alviverde. O Flamengo seguia atacando bastante no segundo tempo, não deixando o Coritiba movimentar mais do que a linha do meio de campo, podendo apenas tentar com chutes altos e bolas paradas. Aos 28’, após escanteio, Pablo cabeceou e bola explodiu no travessão. Já aos 40’, em outro escanteio, o goleiro Yago subiu com dificuldade de alcançar a bola, mas evitou o gol de empate. O Verdão pressinou, mas não conseguiu evitar a derrota. Após término da partida, houve uma pequena confusão entre os atletas, que logo se apaziguou. 

PRÓXIMA PARTIDA: Na próxima rodada o Coritiba vai até o Rio de Janeiro e tem confronto marcado contra o Vasco, na próxima quarta-feira (19), ás 15h, precisando da vitória e de olho no jogo do Flamengo, que enfrenta o Fluminense, no mesmo dia e horários. Os locais do jogo ainda estão a confirmar. 


CORITIBA: O Verdão começou a partida com tudo, sendo muito agressivo, especialmente na ponta direita com Igor Paixão. O trio de ataque formado por Pablo Thomaz, Igor Jesus e Paixão infernizou a defesa carioca na primeira etapa porque, além de mostrar perigo atacando, ajudavam na marcação, subindo-a e evitando a saída de jogo dos visitantes. O empate antes do intervalo assustou o Verdão, que, após a virada, se mostrou muito nervoso, não conseguindo colocar a cabeça no lugar, forçando muitas jogadas e tendo poucas chances.


FIQUE DE OLHO – Igor Paixão: O jogador interferiu em vários ataques do time do Flamengo, ajudou em assistência ao time do Coritiba, jogou com entrada forte em cima do adversário, cobrindo toda a lateral do campo, defendendo os ataques do Flamengo. Além de fazer um grande trabalho pela ponta esquerda no ataque, principalmente na primeira etapa. 


FLAMENGO: O Rubro Negro da Gávea começou o jogo um pouco que perdido. O gol sofrido logo no primeiro lance de ataque e outro menos de dez minutos depois mostraram um nervosismo evidente nos flamenguistas. O gol logo em sequência acalmou os ânimos e, mesmo não fazendo uma boa primeira etapa, conseguiu chegar ao empate. Na volta do intervalo o sistema defensivo funcionou, freando as jogadas pela ponta direita, que eram a arma alviverde na etapa inicial, além dos jogadores de ataque fazerem uma boa marcação, evitando jogadas de ataque dos donos da casa. 


FIQUE DE OLHO – Matheus Dantas: O zagueiro foi o responsável por dois gols do Flamengo na partida. Dantas, além dos gols, foi bem na defesa e ajudou a equipe a impedir o avanço do time do Coritiba. E em todo o momento incentivou a equipe, mostrando porque é o capitão do grupo. 

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

CORITIBA: 1 Marco Antonio; 2 Willian (17 Matheus Oliveira), 3 Yan Santos, 4 Leo Andrade (Capitão) e 6 Vinicius Araújo; 5 Matheus Bueno, 8 Anderson (13 Yan Couto), e 10 Luizinho (20 Talysson); 11 Igor Paixão (21 Allexson), 9 Pablo e 7 Igor Jesus. Técnico: Mozart

Flamengo: 1 Yago Rafael; 2 Vitor, 3 Matheus Dantas (Capitão), 4 Patrick e 6 Michael; 5 Henrique (15 Vinicius), 8 Luiz Henrique (14 Matheus Alves) e 10 Reinier; 7 Fabricio (18 Yuri), 9 Vitor Gabriel (19 Rodrigo) e 11 Wendel. Técnico: Márcio Torres

FICHA TÉCNICA – CORITIBA 2 X 3 FLAMENGO XXXXXXXXXXXXXXXX

GOLS: Igor Jesus, aos 1’ do 1°T e Pablo, aos 10’ do 1ºT |Coritiba|; Matheus Dantas, aos 14’ do 1ºT, Michael, aos 46’ do 1ºT e Matheus Dantas, aos 4’ do 2ºT |Flamengo|
CA: Anderson; Matheus Bueno e Igor Jesus |Coritiba| Reinier, Michael, Luiz Henrique, Henrique, Vitor Gabriel e  Wendel |Flamengo|
ÁRBITRO: Luiz Alexandre Fernandes.
ASSISTENTES: Felipe Gustavo Schmidt e Heitor Alex Eurich. 
PÚBLICO TOTAL/RENDA: 154 total/1.280 reais
LOCAL: Estádio Couto Pereira, Curitiba

ENTREVISTAS XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX


drap
Tecnologia do Blogger.