PROPAGANDA

São Braz vence Shabureya e esquenta a briga pela ponta da tábua de classificação


Na tarde do último sábado (15), Shabureya e São Braz jogaram no Estádio José Germano da Costa, em Curitiba. Confronto válido pela sexta rodada da Divisão de Acesso da Suburbana de 2018, categoria adulta. A equipe do São Braz entrou ligada e no primeiro ataque surpreendeu o escrete da casa ao marcar o gol em menos de 30 segundos. Gol que deu tranquilidade para o restante da partida e com isso, o time do São Braz ampliou o placar e venceu o Shabureya pelo por 4 a 2.


#SUBURBANA 2018
Por @rafaelbuiar

PRÉ-JOGO: A equipe do Shabureya depois de apresentar um bom futebol e consequentemente resultados positivos, chegou ao confronto da sexta rodada com quatro derrotas seguidas e de goleadas. Ou seja, o duelo teve a premissa de recuperação na tábua de classificação e também alimentar o sonho da vaga à próxima fase. Na rodada anterior, o Shabureya perdeu em casa para o Vila Hauer de 4 a 2. Do outro lado, o escrete do São Braz, que ainda não sabe o que é perder no certame, está em um momento diferente do rival. Na rodada passada, o escrete do São Braz venceu o Urano pelo placar de 1 a 0 e está na cola dos líderes, Bangú e Vila Sandra. Portanto o triunfo à equipe do São Braz é fundamental para continuar na briga pelas primeiras posições do grupo A.

O EMBATE: O duelo iniciou sob forte chuva na região sul de Curitiba. Mesmo assim, o escrete do São Braz entrou ligado e em jogada iniciada por Castelli no meio de campo, Alan recebeu na ponta direita e cruzou na medida para Julio Cesar, que testou firme e abriu o placar aos 30’’ da etapa inicial. O gol deu ânimo e tranquilidade para a equipe do São Braz jogar. Ou seja, o ritmo continuou forte e aos 15’ em jogada pelo meio de campo, Julio Cesar recebeu e ficou de frente com o arqueiro Dida. O camisa 9 do São Braz tentou driblar o arqueiro e foi parado com falta dentro da área. O árbitro Julio Cesar Tessaro assinalou pênalti e o mesmo Julio Cesar cobrou e converteu, ampliando para 2 a 0 o placar.

A partir do segundo gol do São Braz, o duelo caiu de produção, já que a chuva aumentou e o gramado do Estádio José Germano da Costa não colaborou para que o jogo fosse com bola no chão. Ou seja, jogadas aéreas tornaram constantes neste período de jogo. Mesmo assim, a equipe visitante conseguiu ampliar o placar e novamente com Julio Cesar. Em jogada trabalhada pelo flanco esquerdo, o goleiro Dida defendeu parcialmente e no rebote o camisa 9 do São Braz em ótima posição aproveitou e colocou a bola para dentro do gol, aos 39’ da etapa inicial. Ainda nos minutos finais do primeiro tempo, o confronto teve mais um gol. Desta vez, em um dos poucos ataques do Shabureya, a equipe conseguiu diminuir em cobrança de pênalti. Vinicius cobrou e marcou aos 43’ e deu um animo para a segunda etapa.


No retorno à etapa complementar, a equipe do São Braz mesmo com o placar ao seu favor realizou alteração. Saiu Gui e entrou Davi. O troca-troca deu resultado e no primeiro ataque do segundo tempo a equipe do São Braz ampliou o placar em 4 a 2. Davi cobrou a falta no flanco direito à área e Iago desviou, enganando o goleiro Dida, que não conseguiu evitar o gol aos 4’ do segundo tempo. Depois do quarto gol do São Braz, o treinador Pedro José realizou alterações na sua equipe.

Após o quarto gol do São Braz, o confrontou esfriou e a chuva voltou a cair com intensidade alta, prejudicando o toque de bola. Por isso, o confronto ficou preso no setor de meio de campo e as ligações diretas foram aplicadas em grande volume. Mas sem sucesso, já que as duas defesas levaram vantagem. O duelo persistiu nessa tônica até os 40’ da etapa complementar. Próximo do fim, o time da casa aumentou o seu volume de jogo e conseguiu diminuir com Lucas Pereira, que aproveitou o rebote do goleiro Lê e fuzilou à meta aos 46’ do segundo tempo, dando números finais ao confronto entre Shabureya e São Braz.


PRÓXIMA PARTIDA: A equipe do São Braz irá desafiar no Estádio Monte Bérico o escrete do Vila Hauer, que venceu o Tanguá na sexta rodada pelo placar de 4 a 0. Já o Shabureya irá jogar no Estádio Esporte Clube Olímpico contra o Olímpico, que empatou em casa com o Vila Sandra em 1 a 1.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

SHABUREYA: 1 Dida; 2 Adson (16 Neguinho), 3 Isaac, 4 Lucas (21 Wesley) e 6 Madson (22 Serginho); 5 Murian, 8 Erick, 7 Gabriel (15 Jadson) e 10 Vinicius; 11 Graciano (13 Gibson) e 9 Dimas (20 Rodrigo).  Téc.: Pedro José dos Santos.

SÃO BRAZ: 1 Lê; 2 Alan, 3 Caíque, 4 Iago (13 Douglas) e 6 Lucas; 5 Felipinho (21 Eduardo), 8 Romulo (15 Pedro), 7 Castelli e 20 Gui (10 Davi); 11 Wellyson (Bruno) e 9 Julio Cesar (18 Michel). Tec.: Romildo Carignato

FICHA TÉCNICA – SHABUREYA 2 X 4 SÃO BRAZ XXXXXXXX

GOLS: Julio Cesar aos 30'', 16' e 39' do 1º tempo (São Braz), Vinicius aos 43' do 1º tempo (Shabureya), Iago aos 5' do 2º tempo (São Braz) e Lucas Pereira aos 46' do 2º tempo (Shabureya).
CA: Wesley, Lucas Pereira, Leandro, Adson, Allan e Wesley (Shabureya) e Castelli, Romulo, Iago e Wellyson (São Braz).
ÁRBITRO: Julio Cesar Tessaro.  
ASSISTENTES: Giovani Marlus Oliveira Massoquetto e Ariana Aline Floriano
LOCAL: Estádio José Germano da Costa, em Curitiba

ENTREVISTAS XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX


drap
Tecnologia do Blogger.