PROPAGANDA

Operário Pilarzinho goleia Santíssima Trindade e sobe na classificação da Suburbana 2018


Na tarde deste sábado (1), jogando no Estádio Bortolo Gava e com o apoio da torcida, o Operário Pilarzinho goleou o Santíssima Trindade pela sexta rodada da série A do amador. Com a vitória de 4 a 0, o tricolor do bairro do Pilarzinho se recupera da última derrota e ganha ânimo para a sequência do campeonato. Já o time do Santíssima Trindade segue sem vencer na competição e continua na zona de rebaixamento.


#SUBURBANA 2018
Por @LarissaTurko

PRÉ-JOGO: O Operário Pilarzinho entrou em campo na sexta colocação na tábua de classificação. A equipe do Pilarzinho sofreu uma derrota na última rodada para o Santa Quitéria no placar de 1 a 0 no Estádio Maurício Fruet. Por isso, a expectativa da vitória nesta rodada para seguir com o bom aproveitamento na competição. A equipe do Santíssima Trindade vem em sentido oposto ao seu rival, pois é a vice lanterna e ainda não venceu na competição. Uma vitória pode dar o ânimo que a equipe precisa para crescer e se manter na elite da Suburbana.

PRIMEIRO TEMPO: O jogo começou com boas chances para os dois lados, mas foi a equipe do Operário Pilarzinho que abriu o placar logo aos 4’ minutos iniciais da partida, com Rodrigo. Em jogada pelo flanco esquerdo, o camisa 10 da equipe da casa arrematou à meta do goleiro Vinicius. Com 1 a 0 no placar, o time da casa não parou e começou a pressionar o adversário em seu campo de defesa. Até que aos 7’ em boa jogada de Dionata, que recebe também no flanco esquerdo e arrematou à meta, marcando o segundo para o time da casa.

A pressão do Operário fez a equipe do Trindade recuar e começar a jogar mais na retranca. Ou seja, com dificuldades para jogar o Trindade pecou na marcação e acabou cometendo erros individuais que o prejudicaram durante a partida. A equipe ainda conseguiu ter boas chances de gol ao longo da partida, mas pecou na finalização. Enquanto que do outro lado, depois de abrir o placar, o Operário passou a cadenciar o jogo. Por isso, optou em jogar nos contra-ataques. Não deu outra, aos 29’ Bitoca recebeu na área em jogada rápida e chutou para as redes marcando o terceiro gol do Operário.

Depois de estar com três a zero no placar do Estádio Bortolo Gava, a equipe da casa administrou e trocou passes no setor de meio de campo, já que o time do Santíssima Trindade pouco ameaçou o goleiro Evandro. Devido a isso, o árbitro Robson Toloczko Coutinho apitou o fim da etapa inicial, que terminou com 3 a 0 para o escrete da casa.


SEGUNDO TEMPO: Na volta do intervalo, o Santíssima Trindade voltou pressionando o adversário e as substituições do técnico Valdo passaram a dar resultado, pois o time do bairro do Cajuru que passou a jogar mais rápido e a trabalhar melhor os passes. Entretanto, ainda errou na marcação em momentos cruciais.

Do outro lado, o escrete do Operário Pilarzinho tirou o pé e mesmo assim, teve duas boas chances de ampliar o placar. Mas também não soube aproveitar. Mas desta vez, mais ligada, a equipe do Santíssima Trindade melhou no setor de criação e com a presença ofensiva de Jacaré preocupou o sistema defensivo do Operário. Com isso, o Trindade arriscou alguns chutes de fora da área na direção do gol, o que causou trabalho para o goleiro Evandro. Mas em um jogada de contra-ataque do Pilarzinho, a zaga do Trindade acabou se atrapalhando e deixou a bola sobrar no pé do atacante Quintino. O camisa onze da equipe mandou em profundidade para Rodrigo que deu assistência para Bitoca, que só teve o trabalho de mandar a bola para o fundo das redes e marcar o quarto gol do Operário no jogo.

Depois do quarto gol o jogo seguiu sem chances claras e com muitas faltas. Em uma dessas, os jogadores do Trindade não gostaram de uma falta e partiram para cima do jogador. O árbitro entendeu o lance como agressão e expulso o jogador do Operário. Mesmo assim, com o final movimentado, as duas equipes terminaram o jogo de forma tranquila e com o placar de 4 a 0 para o time da casa.


PRÓXIMA PARTIDA: Na próxima rodada, o Operário Pilarzinho enfrenta o Novo Mundo no Estádio Bortolo Gava. Já a equipe do Santíssima Trindade joga em casa, no Estádio Pedro de Almeida, contra o Fanny.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Operário Pilarzinho: 1 Evandro; 2 Jhé, 3 Igor, 4 Thiago Gbur e 6 Dionata; 5 João Madureira (14 Diego), 8 Thomas Guedes (19 Sagui) 7 Bitoca e 10. Rodrigo; 9. Fabio (17. Giovane) e 11. Quintino. Tec: Peter

Santíssima Trindade: 1 Vinicius; 2 Baiano, 15 Juliano, 4 Queen e 6 Marcelo (14 Marcão); 7 Tosta, 19 Ander, 8 Jhonatan (3 Pe) e 11 Tom (16 Tupã); 10 Henrique (20 Jacaré) e 9 Remilson (18 Nando). Tec: Valdo

FICHA TÉCNICA –O. Pilarzinho 4 X 0 S. Trindade XXXXXXXXXX

GOLS: Rodrigo, aos 4’; Dionata, aos 7’; Bitoca, aos 29’ do 1° e aos 14’ do 2° Tempo (OPE).
CA: Juliano, Bahiano (SAN); Rodrigo (OPE).
CV: Cataplan (OPE)
ÁRBITRO: Robson Toloczko Coutinho
ASSISTENTES: Eduardo Luis Teixeira Furiatti e Ryan Chubter Ribeiro
LOCAL: Estádio Bortolo Gava, em Curitiba.

ENTREVISTAS XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

drap
Tecnologia do Blogger.