PROPAGANDA

[JUVENIL] Fora de casa, Santíssima Trindade perde para o Operário Pilarzinho e segue sem vencer no certame


Operário Pilarzinho e Santíssima Trindade se enfrentam, na categoria juvenil, no último sábado (1), no Estádio Bortolo Gava, em Curitiba. Com os dois tempos dominados pelo time da casa e com a equipe do Trindade não jogando bem, o placar terminou em 5 a 0 para o tricolor do bairro do Pilarzinho, que permanece na zona de classificação. Enquanto que o Santíssima Trindade segue sem vencer no certame e na lanterna da competição.


#JUVENIL
Por @LarissaTurko

PRÉ-JOGO: Ambas as equipes chegaram para esta rodada com derrota no último embate e ambos fora de casa. Devido a isso, as dus equipes entraram com a expectativa de buscar uma recuperação com a vitória. A equipe do Operário Pilarzinho perdeu na última rodada para o Santa Quitéria por 3 a 2 e o Santíssima Trindade foi derrotado pelo Novo Mundo pelo placar de 3 a 1.

PRIMEIRO TEMPO: O jogo começou com a equipe do Santíssima Trindade pressionando e logo aos 2’ conseguiu um escanteio, mas na cobrança a bola passou longe do gol. Desde então, o Operário Pilarzinho não demorou para responder. O escrete da casa passou a usar as laterais do campo criou boas jogadas.

Aos 8’ chance de gol desperdiçada pelo camisa nove da equipe Leonardo Gasparin, na primeira tentativa. Minutos depois, em boa jogada pelo lado direito, Gasparin não voltou a desperdiçar e abriu o placar para o Operário. Após o gol, o time da casa passou a cadenciar o jogo e a ter as melhores chances.

Passados da metade da etapa inicial, o Santíssima Trindade voltou a assustar, mas foi o Operário Pilarzinho que aumentou o placar. Aos 31’ em jogada de falta para o Operário, a bola foi lançada na área. O camisa dez Leonardo Santos acreditou até o final da jogada e cabeceou fazendo o 2 a 0 para equipe da casa.

Na reta final, a equipe do Operário Pilarzinho segurou o embate, com troca de passes no setor de meio de campo e optou em jogadas rápidas pelo flanco, mas sem sucesso e ampliar o placar nos primeiros 40’ jogados.


SEGUNDO TEMPO: No retorno à etapa complementar, a equipe do Santíssima Trindade criou pouco ao longo do jogo e não soube aproveitar as chances de gol criadas. Enquanto que do outro lado, com o placar a seu favor, o Operário deixou a partida no seu ritmo e os gols saíram ao natural. Aos 4’ da segunda etapa, o camisa dezesseis, Arthur Carvalho, aproveitou de um erro da zaga do Trindade, roubou a bola e fez o terceiro gol do time da casa, ampliando o placar no Bortolo Gava em 3 a 0.

Mesmo com folga no placar, o Operário ainda fez o quarto gol aos 25’ com Lucas Panichi de falta, sem chances para o goleiro Mateus. Ainda assim, a equipe da casa teve a oportunidade de ampliar com gol de pênalti, mas Leonardo desperdiçou, pois, o goleiro Matheus Lopes defendeu. Minutos depois, em jogada iniciada pelo meio de campo, que só terminou com falta dentro da área. Desta vez, Gustavo Garcia cobrou e converteu o segundo pênalti, fechando o placar em 5 a 0.


PRÓXIMA PARTIDA: Na próxima rodada do juvenil, o Operário Pilarzinho enfrenta o Novo Mundo no Estádio Bortolo Gava. Já a equipe do Santíssima Trindade joga em casa, no Estádio Pedro de Almeida, contra o Fanny.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Operário Pilarzinho: 1 Christian Ramos; 2 Fabio Silva, 3 Gustavo Garcia, 4 Wesley Banas e 6. Edson Lara (13. Matheus Garcia); 5 Lucas Panichi (17. Maicon Diniz), 8 Ricardo Pires (20 Brayan Oliveira), 7 Andre Campos (18 Lucas Paulus) e 8 Ricardo Pires (20 Brayan Oliveira) e 10 Leonardo Santos; 9 Leonardo Gasparin e 11 Gustavo Chaerki (16 Arthur Carvalho). Tec: Elizeu Duarte

Santíssima Trindade: 1 Mateus Lopes; 2 Gustavo Santos, 3 Mateus Gomes, 4 Erick Marafiao e 6 Olair; 5 Marcelo Azevedo, 8 Kauan Andrade (15 Guilherme Gabris), 7 Juliano Vieira (18. Gabriel Marangoni) e 10 Edgar Araujo (17 Guilherme Henrique); 9 Nathan Franco e 16 Matheus Ferreira. Tec: Felipe Calixto Dacal.

FICHA TÉCNICA – O. Pilarzinho 5 X 0 S. Trindade XXXXXXXXX

GOLS: Leonardo Gasparin, aos 11’ do 1°; Leonardo Santos, aos 31’ do 1°; Arthur Carvalho, aos 4’ do 2°; Lucas Panichi aos 25’; Gustavo Garcia, aos 35’ do 2° (OPR).
CA: Christian Ramos, Arthur Carvalho e Matheus Ferreira (OPR); Erick Marafiao (SAN)
ÁRBITRO: Lauro Bernardo
ASSISTENTES: Ryan Chubter Ribeiro e Eduardo Luis Teixeira Furiatti
LOCAL: Estádio Bortolo Gava
drap
Tecnologia do Blogger.