PROPAGANDA

[SUB 20] Coritiba perde de virada para o Vitória na estreia do Campeonato Brasileiro



Na tarde desta quinta-feira (5), o Coritiba foi derrotado pelo Vitória pelo placar de 2 a 1 no Estádio Couto Pereira, em Curitiba. A partida marcou a estreia das duas equipes no Campeonato Brasileiro sub-20. No primeiro tempo, o time da casa jogou melhor e abriu o placar com Matheus Marcelo, mas o time baiano reagiu e virou o jogo com gols de Caíque, de pênalti, e Marco.



#BRASILEIRO SUB-20
Por Lucas Ravel

PRÉ-JOGO: Coritiba e Vitória se enfrentam em duelo pelo Grupo C, que ainda conta com São Paulo, Botafogo e Cruzeiro. A equipe alviverde é a atual vice-campeã do torneio, mas não teve boas participações nos campeonatos de base deste ano. Conta para a partida com o ataque titular da categoria sub-17. Já o Vitória aposta na geração que foi campeã da Copa do Brasil sub-17 em 2015 e tem em Caíque, jogador da seleção brasileira, o seu destaque.

O EMBATE – A primeira grande oportunidade do jogo veio aos 12 minutos e foi da equipe da casa. Igor Paixão cruzou rasteiro para Anderson, que finalizou de primeira e Yure fez grande defesa. No rebote, Igor Jesus chutou em cima do arqueiro. Com as melhores oportunidades, a equipe alviverde abriu o placar aos 32 minutos de jogo. Igor Paixão cobrou escanteio, Yure afastou mal e Matheus Marcelo cabeceou encobrindo o goleiro.


O Vitória chegou ao empate aos 9 minutos da segunda etapa, de pênalti.  Henrique Vermout derrubou David na área. Na cobrança, Caíque finalizou no canto direito, deslocando o goleiro, para empatar a partida. Se no primeiro tempo o Coritiba jogou melhor, no segundo o Leão passou a se impor em campo, ficando mais tempo no ataque e recuperando a bola com certa facilidade.

Igor Paixão, apagado durante o segundo tempo, voltou a aparecer em jogada aos 23 minutos. O atacante adentrou a área, pedalou para cima do adversário e finalizou na rede pelo lado de fora.  O time baiano chegou a virada com 42 minutos do segundo tempo. Elivelton arriscou de fora da área, Bruno Bertinato não conseguiu segurar e, no rebote, Marco completou para o fundo das redes. Próximo ao final do jogo, a equipe curitibana passou a atacar mais, buscando empatar a partida, mas não teve a qualidade suficiente para balançar as redes de Yure.

PRÓXIMAS PARTIDAS: Agora a equipe alviverde folga na competição e só volta a campo no dia 18, contra o São Paulo, em Cotia. Já o Vitória recebe o Tricolor Paulista no Barradão no próximo dia 11. 


CORITIBA: O time da casa apostava na manutenção da posse de bola, e jogava baseado nos passes curtos, trabalhando bem as suas jogadas. As principais oportunidades saíam dos pés da dupla Igor Paixão e Igor Jesus, jogadores com boa mobilidade. Porém, na segunda etapa, a equipe não conseguiu manter o domínio durante a maior parte do tempo, e voltou a jogar melhor apenas nos minutos finais.


FIQUE DE OLHO – Igor Paixão: O jogador de 18 anos foi o destaque da equipe alviverde com boas investidas pelo lado esquerdo e conseguia criar as principais jogadas de sua equipe. Mesmo sendo atacante, ajudava na marcação e foi uma peça fundamental para o esquema tático de Mozart.


VITÓRIA: A equipe baiana apostava nas jogadas pela direita, principalmente com Caíque e Eduardo, jogadores com passe refinado. Na parte defensiva, o time fazia marcação apertada no campo de ataque, dificultando a saída de bola do adversário, e fazendo com que Yure jogasse de líbero. A equipe rubro-negra também apostava na inversão de lado dos pontas Caíque e David para confundir a marcação.


FIQUE DE OLHO – Caíque: Jogador mais habilidoso da equipe baiana, o meia demonstrou durante a partida sua versatilidade. Iniciou jogando pela direita. Na metade da primeira etapa, foi deslocado para a esquerda e no segundo tempo jogou pelo meio. Além do drible, tem o passe como principal qualidade. O meia ainda coroou sua atuação marcando o gol de sua equipe, de pênalti.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

CORITIBA: 1- Bruno Bertinato; 2- Willian (13- Yan Santos); 3- Henrique Vermout: 4- Léo Andrade; 6- Kazu (19- Guilherme Pires); 8- Vinícius Araújo; 5- Matheus Marcelo; 10- Luizinho; 7- Anderson (18- Guilherme Biro); 9- Igor Jesus; 11- Igor Paixão; Técnico: Mozart

VITÓRIA: 1- Yure; 2- Edicarlos; 4- Jorginho; 5- Marco (14- Otávio); 6- Elivelton; 3- Carlos; 8- Bruno (20- Paulo Victor); 7- Caíque (15- João Gabriel); 10- Eduardo (19- Luan); 11- David (16- Gabriel Gomes); 9- Matheus (18- Lucas); Técnico: Laelson César

FICHA TÉCNICA – CORITIBA 1 X 2 VITÓRIA XXXXXXXXXXXXXXX

GOLS: Matheus Marcelo (32’ do 1°T) (Coritiba) Caíque (9’ do 2° T), Marco (42’ do 2° T) (Vitória)
CARTÕES AMARELOS: Luizinho, Henrique Vermout (Coritiba) Caíque (Vitória)
ARBITRAGEM: Edina Alves Batista
ASSISTENTES: Heitor Alex e Denise Akemi
LOCAL: Estádio Major Antônio Couto Pereira, Curitiba

ENTREVISTAS XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

drap
Tecnologia do Blogger.