PROPAGANDA

Santíssima Trindade comemora aniversário nesse mês de julho


O Santíssima Trindade, equipe da zona leste de Curitiba irá completar 32 anos de idade no próximo 20 de julho. Um clube movido pela fé até mesmo no nome. Os anos 2000 foram uma época títulos e campanhas positivas, e sua mais recente conquista é o retorno à elite do amador da capital paranaense. O clube encontra forças na oração e na amizade para vencer em campo.


#ESPECIAL

Santíssima Trindade - Data de aniversário: 20/07/1986

Um clube que tem as origens na fé e vida cristã. O Santíssima Trindade Futebol Clube iniciou suas atividades no dia 20 de julho de 1986. O time tem como cores o amarelo, azul e branco. O Trindade é mandante no Estádio Parque Linear, no bairro Cajuru, na rua Santa Lúcia, 1155. Parece coincidência o nome da rua e do time, mas tudo indica que o clube está protegido por uma força divina.

Santo Agostinho, que viveu aproximadamente em 430 d.c. diz sobre o significado da Trindade: “O Espírito Santo procede do Pai enquanto fonte primeira e, pela doação eterna deste último ao Filho, do Pai e do Filho em comunhão”.

No ano 2000, o Trindade conquistou o acesso na suburbana. Um dos jogadores nessa época é Jean Noronha, ex-goleiro, hoje vice-presidente. Foi atleta entre os anos 1999 e 2003.  O clube foi vice-campeão pelo adulto em 2008, ganhou o título invicto pelo juniores em 2010, segundo lugar pelo juvenil em 2013. Além ser vice na primeira edição da copinha em 2014.

Jean foi treinador do Santíssima nos títulos do juniores (2004 a 2008). A partir de 2009 assumiu o adulto, chegando a ser vice da Copinha, e deixou o cargo em 2016.  “Para eu que comecei uma trajetória em 1999, [o sentimento] é dever cumprido, me sinto realizado”, explicou o vice-presidente. Em 2020 ele assumirá presidência do clube, já que o atual presidente é Genivaldo Pinto.

Em 2018, o clube estará na elite do futebol amador. O escrete conquistou acesso em 2017, sendo campeão da série B da Suburbana de Curitiba, um ano de conquista e sofrimento para o Trindade.  
Ao longo de 2017, aconteceu uma fatalidade. Rodolfo, atleta do clube faleceu no dia 25 de agosto, vítima de um acidente enquanto trabalhava com a manutenção de um elevador. Rodolfo era o camisa 10 do clube, gostava de ser chamado de Raí, pois era fã do futebol do meio-campo do São Paulo da década de 1990. Rodolfo será o eterno 10 e estará nos corações dos amigos e familiares. “Valeu por você existir amigo, amizade é tudo”, dizia em uma das camisetas feitas em homenagem ao jogador. 


Os jogadores do Trindade se uniram mais ainda no decorrer da competição, e a força da amizade e da oração, criaram um time vencedor. De superação. Mesmo com a dor, o time foi além. Com sete vitórias, um empate e cinco derrotas. Na semifinal venceu o Bangú nos pênaltis por 4 a 2 e conquistou o acesso. Na final foi superior ao Fortaleza, no primeiro jogo decisivo 2 a 0 para o Trindade e no segundo 1 a 0 para o Fortaleza. Entretanto, o maior saldo de gols nas finais, garantiu o caneco ao clube do Santíssima Trindade.

“O título representa muito por ser o único time a representar o bairro Cajuru [o único time filiado do bairro]. O objetivo é chegar o mais longe possível na série A, vamos surpreender muito time”, comentou Jean. 


drap
Tecnologia do Blogger.