PROPAGANDA

Operário vence o Tupi em casa e assume liderança do Grupo B da Série C


O Operário Ferroviário recebeu o Tupi-MG neste domingo (1), no Estádio Germano Krüger, em duelo válido pela 12ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. O Fantasma venceu por 2 a 0 e assumiu a liderança do Grupo B da competição. Com a vitória, a equipe de Vila Oficinas chega a seis partidas sem derrota e soma 26 pontos na liderança. O Tupi continua na 7ª posição, com 14 pontos somados.


#SÉRIE C                                                                      
Por Mariana Santos  

PRÉ-JOGO: Em momentos distintos na competição, Operário e Tupi se enfrentam pela 12ª rodada da Série C. O duelo pode dar ao Operário a chance assumir a liderança do Grupo B da competição, já que o líder do grupo, Botafogo-SP, perdeu para o Cuiabá na rodada. Para isto acontecer, o Fantasma só precisa da vitória neste confronto. A equipe de Vila Oficinas está a cinco jogos sem perder e vêm de vitória por 2 a 1 contra o Ypiranga. O Tupi está em 7º na tabela de classificação e foi com o objetivo de tentar se reabilitar neste confronto, já que chegou com derrota para Bragantino por 3 a 0 na última rodada. Para o duelo, o Fantasma não contou com Schumacher que se recupera de lesão, mas tem à disposição Erick e Xuxa, que voltaram de suspensão. A equipe do Tupi terá três mudanças, Marcel entrou no meio campo, Rodrigo Dias começou na lateral direita e João William completou o ataque. 

PRIMEIRO TEMPO: As primeiras iniciativas foram tomadas pelo Operário, que trocou passes no meio de campo para envolver o adversário. Ambas as equipes fizeram um jogo de muita movimentação e velocidade. As jogadas pelas laterais foram opções das equipes para infiltrar na defesa adversária. O Operário realizou com mais sucesso essas infiltrações e chegou com mais perigo no campo adversário. Aos 8’, o Fantasma chegou ao ataque e bola sobrou para Lucas Batatinha que não conseguiu completar para o gol.

Em mais uma chegada pela direita, Cleyton cruzou na área e no rebote, Índio empurrou para o gol e abriu o placar para Fantasma aos 16’. Após o gol, o Operário seguiu pressionando enquanto a equipe do Tupi tentou se defender e sair no contra-ataque, mas sem sucesso para continuar as jogadas. Com passes lentos e tentativas de lançamento, o Operário diminuiu o ritmo do jogo. Com isso, o Tupi até tentou chegar ao gol de Simão, mas errou muitos passes no campo de ataque.

Sem assustar o Operário, o Tupi permaneceu maior parte da primeira etapa no campo de defesa. O Fantasma diminuiu a intensidade da partida e com passes no meio de campo ofereceu pouco perigo ao adversário. Com um jogo mais cadenciado pelo Operário, o resultado criado no início do primeiro tempo não se alterou. Primeira etapa encerrou com vantagem do Fantasma no placar e superioridade durante toda etapa.


SEGUNDO TEMPO: Etapa final iniciou com mais pressão da equipe do Tupi, que com maior movimentação no ataque, empurrou o Operário para o campo de defesa. Apostando nas jogadas pela lateral, o Operário procurou espaços no ataque. Em escanteio cobrado por Robinho, Bruno Batata cabeceou e bola passou perto do gol de Vilar, aos 12’. A partir disso, o Fantasma começou a ter mais a posse de bola e retomou controle da partida após inicio mais lento na segunda etapa.

Aos 16’, Bruno Batata tomou a bola perto da área, tirou o zagueiro e bateu forte para defesa de Vilar, quase o segundo Fantasma. O Operário seguiu pressionando e não deu espaços para o adversário sair jogando. O Tupi errou muitos passes no campo de defesa e deu chances para o Fantasma iniciar novamente as jogadas. O Tupi começou a se lançar mais ao ataque para tentar o empate, com isso, o Operário passou a ter espaços para contra-atacar.

Após muitas tentativas no ataque, Xuxa cobrou escanteio certeiro na cabeça de Erick, que com precisão marcou o segundo do Fantasma, aos 39’. Com o resultado praticamente confirmado, o Operário passou a tocar a bola com mais tranquilidade no meio campo. Sem mais forças para reagir, a equipe do Tupi só acompanhou na marcação. Etapa complementar terminou sem muitos sustos para o Operário. Mais uma vitória do Fantasma na Série C.


PRÓXIMA PARTIDA: O Fantasma encara o Joinville fora de casa, domingo (8), na Arena Joinville, em duelo válido pela 13ª rodada da Série C. A equipe do Tupi enfrenta o Cuiabá em casa na próxima rodada, sábado (7), no Estádio Municipal Juiz de Fora, o Helenão.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

OPERÁRIO: 1-Simão, 2-Léo, 3-Alisson, 4-Sosa (14-Rodrigo), 5-Chicão, 6-Peixoto, 7- Lucas Batatinha (18-Erick), 8-Índio, 9-Bruno Batata, 10-Robinho (20-Xuxa), 11-Cleyton. Téc: Gérson Gusmão

TUPI: 1-Vilar, 2-Rodrigo Dias, 3-Sidimar, 4- Mateus, 5-Léo Costa (17-Andrey), 6-Magalhães, 7-João William, 8-Marcel, 9-Patrick, 10-Diego (20-João Vitor), 11-Paulinho (18-Potita). Téc: Eugênio Souza

FICHA TÉCNICA – OPERÁRIO X TUPI XXXXXXXXX

Gols: Índio, Erick (OFEC)
CA: Lucas Batatinha, Sosa, Índio (OFEC)
Árbitro: Bruno Rezende Silva
Assistentes: Marcio Soares Maciel (1), Tiago Gomes da Silva (2)
Local: Estádio Germano Krüger, Ponta Grossa.
Público/ Renda: 3.443 / 43.820,00

               
drap
Tecnologia do Blogger.